Aprovados Caixa 2014: confira o depoimento de Jessé Rodrigues

21

Jessé Rodrigues foi aprovado no concurso da Caixa Econômica Federal, confira o depoimento completo:

jessé_caixa“Alfartanos, é difícil saber por onde começar a minha história. Fui largado na rua por meus próprios pais aos 18 anos de idade, sem ter para onde ir, sem dinheiro, tinha apenas um trabalho num restaurante como Atendente e não conseguia entender porque estava naquela situação. Fui morar numa casa da minha vó. Casei com a Tatiane, minha esposa, mesmo sem nada e sem ter casa própria.
Estava me conformando de que tudo na minha vida tinha de dar errado, que eu nunca iria conseguir nada, que jamais iria sair daquela vida e sem perceber deixei de acreditar que a minha vitória era possível. Em 2013 me inscrevi em um concurso, comprei uma apostila na banca, sabia que não iria passar naquele concurso, de fato não passei, mas foi ai que abri os olhos e percebi que eu era capaz de conseguir qualquer coisa em minha vida, desde que, tivesse força de vontade, coragem e acima de tudo perseverança.
Poucos meses depois, conheci o AlfaCon na internet, não esqueço da primeira aula que vi no Youtube, era o professor Pablo dando aula de Colocação Pronominal. Me escrevi no site, e, como muitos, assistia as aulas Free. Nessa época eu trabalhava à noite, saia 13 horas de casa e chegava mais ou menos 2 horas da madrugada, o pior de tudo é que eu andava 3 quilômetros a pé da parada até em casa. Eu sabia que minha vida tinha de mudar, não podia me conformar com aquela situação, e acreditava que meu sonho ia se realizar um dia. Tamanha a minha força de vontade e o apoio que minha esposa deu. Eu a colocava pra abrir a aula em casa (porque eu estava trabalhando) e segurar o telefone perto do computador só pra escutar os aulões.
Comprei o curso da Caixa em outubro de 2013. Ouvia as palavras de motivação do Evandro, Che e o resto da turma. Pra mim parecia um absurdo quando o Evandro dizia a seguinte frase: “ larga emprego, vende carro, vende tudo e vai estudar”. Depois de um tempo percebi, que, para alcançar o sucesso, você deve fazer sacrifícios. Foi então que a Tati -minha esposa- me disse: “Estuda que eu pago as contas”. Parte de mim não queria fazer aquilo, e se eu não passasse? E as pessoas, o que iam pensar de mim? Mas eu queria arriscar e tive a coragem de investir tudo de mim (tempo,lazer, dinheiro com estudos) porque acreditava em mim, acreditava que eu era capaz. Mas além disso, estava ainda mais motivado, isso porque larguei meu emprego de cobrador de ônibus para mudar de vida e pra aquela vida eu não queria voltar.
As consequências foram certas! A família me criticou, os amigos me chamaram de “Vagabundo”. Alguns comentários como: “Concurso é difícil passar, tem que estudar muito tempo e ainda passa com sorte”; “isso ai é marmelada, só passa quem tem dinheiro”.
Eu sou a prova, alfartanos, de que podemos alcançar qualquer sonho apenas acreditando em nós mesmos. Dia 14 de Mail saiu o resultado do concurso da caixa, o resultado definitivo me trouxe uma boa colocação.
A iniciativa é nossa! Mas precisamos de apoio, precisamos de fontes e de instrumentos que nos auxiliem. O AlfaCon foi o esse instrumento, foi acreditando no Alfa que meu sonho se tornou possível. Então acredite na vitória e invista nela que um dia sua vez vai chegar. Abraço a todos!”

Comentários

comentarios