Aprovados PM CE – Ronaldo Silva

23

aprovado_pm_ce_ronaldo_silva

Sobre o Alfartano

Meu nome é Ronaldo, tenho 21 anos, sou de Limoeiro do Norte, moro numa comunidade pequena. Acabei de ingressar no ensino superior, estou cursando Educação Física. Ser Policial Militar sempre foi um sonho, desde criança. É por esta profissão que meu coração acelera só de pensar, e exatamente por isso eu quis estudar para concurso público, para realizar um sonho.

O começo
Eu vinha há quase 2 anos me dedicando, mas há apenas 1 ano eu realmente caí na real e entendi que precisava estudar ainda mais. Passei a estudar diariamente de 3 a 5 horas, fora cursinhos que fazia à noite. Por gostar bastante de Leis, eu deixei as específicas de lado um pouco cedo, pensando já saber o suficiente, para dar maior ênfase às básicas. Desta vez deu certo, mas em outro concurso eu não deixaria mais as específicas de lado porque tudo faz diferença na hora de fazer uma prova.

Os estudos
Durante meu período de estudo eu não precisei trabalhar, apenas estudava, minha família me deixou bem à vontade para isso. Eu tinha meus afazeres, como todo mundo tem, mas nada disso atrapalhou o estudo.
Estudava com materiais do AlfaCon, AEP e outros, todos completos, com exatamente o que eu precisava estudar para conquistar essa aprovação. Manter a motivação é difícil, ninguém se mantém motivado 24 horas por dia, 7 dias por semana. Tive, sim, meus altos e baixos, momentos em que eu quis largar tudo para tentar outra profissão. Pensava em deixar o estudo de lado devido à demora na publicação do edital, comecei a pensar que talvez aquilo não fosse para mim e que eu precisava de um emprego o mais rápido possível. Felizmente enfrentei estes momentos com a ajuda da minha família, que apoiou e me manteve firme. Deu tudo certo!

>>Comece a estudar agora!

Os desafios
Quando assumi o compromisso de estudar, fui bem claro comigo mesmo, eu sabia que não conseguiria me isolar do mundo, mas também tinha consciência de que não podia sair, festar o tempo todo porque desta forma a aprovação não viria. Consciente disso, estipulei algumas regras de saídas, que consistiam em uma ou duas saídas por mês porque fazendo isso eu não afastava as pessoas e relaxava um pouco, que também faz bem.

Incentivo
Eu tive um incentivo a mais para manter o foco, eu namoro e minha namorada também é concurseira, mas infelizmente não foi aprovada neste concurso. Minha família sempre me apoiou e deu o suporte que precisei, minha mãe ficou um pouco assustada pela profissão que escolhi – Carreira Policial – mas sempre me incentivou a continuar na luta.
Meu sonho é tão grande que eu fui até o Pará para tentar ser Policial Militar, foi lá que eu tive um choque de realidade e comecei a me cobrar muito mais. Fiz inúmeras provas de concursos passados para tentar entrar no ritmo e não desisti, meu maior incentivo sempre foi o meu sonho. 

Motivação
Eu tentava colocar na cabeça que iria conseguir, que a aprovação era uma realidade, e que eu estava fazendo minha parte, que era estudar o máximo que podia.
O recado que eu tenho para quem está estudando é: Não desista! O caminho é longo, por muitas vezes é chato ver seus amigos saindo, se divertindo enquanto você não pode, mas é importante saber que é preciso passar por isso para alcançar o sonho. Foco, força, e fé na missão, soldado!

>>Seja um Alfartano você também

Comentários

comentarios