Concurso IBGE: sai resultado da classificação para PSS

627

O edital do concurso IBGE 2017 contou com 24.984 vagas temporárias, totalizando as 26.023 para o Censo Agropecuário (as outras 1.039 vagas compõem o primeiro edital), que não é feito desde 2006. A autorização do concurso foi efetivada no dia 17/03, por meio de uma publicação do DOU (Diário Oficial da União). O destaque foi o cargo de Recenseador, que exigiu apenas o nível fundamental e com 18.845 vagas. A remuneração variou de acordo com o número de coletas feitas, e os contratos, no caso dessa função, possuem duração de até cinco meses, com avaliações mensais. A carga de trabalho será de, no mínimo, 25 horas semanais.

>>Estude gratuitamente

Vagas e cargos 

Este primeiro edital ofertou 1.070 vagas, sendo 349 para agente censitário regional, exigindo nível médio e CNH (Carteira Nacional de Habilitação), 377 são destinadas para o cargo de censitário administrativo (nível médio), 174 de agente de informática ( médio/técnico), e 171 vagas de analista censitário (nível superior), onde será dividido em 18 especialidades.

>>Curso para Agente de Pesquisa e Mapeamento – IBGE

Remuneração e benefícios

Esse edital contou com oportunidades também para quem possui o nível médio. São 6.139 vagas, sendo 1.272 para agente censitário municipal (nível médio e R$2.358), 23 no Rio, e 4.867 para agente censitário supervisor (médio e R$2.058), 81 no Rio. Para ambos, os contratos terão duração de até sete meses, também com avaliações mensais, porém, não há direito a auxílio-alimentação, 13º salário e férias remuneradas.

Para agente censitário regional, o inicial é de R$ 2.958,00. Para agente censitário administrativo, R$ 1.958,00. Agente de informática, tem a remuneração inicial de R$ 2.158,00, e para analista censitário, que pede nível superior, o inicial é de R$ 4.458,00. A carga de trabalho é de 40 horas semanais, sendo oito diárias. Para esses cargos, há direito a auxílios-alimentação de R$458 e transporte, além de 13º salário e férias remuneradas.

Contrato de trabalho

Para Analista Censitário, a duração do contrato está previsto para 13 meses, 10 meses para a função de Agente Censitário Administrativo, 9 meses para a função de Agente Censitário Regional e 7 meses para a função de Agente Censitário de Informática.

 

Data da prova
As provas objetivas ocorreram no dia 16 de julho. Foram 50 questões para os candidatos a agente censitário e 40 no caso do recenseador.

Disciplinas 
As disciplinas e o número de questão foram respectivamente:
Analista Censitário, exceto Métodos Quantitativos – Língua Portuguesa (10), Conhecimentos Específicos (30) e Raciocínio Lógico Quântico (10).

Analista Censitário, área de conhecimento Métodos Quantitativos – Língua Portuguesa (15) e Conhecimentos Específicos (35).

Agente Cencitário Administrativo – Língua Portuguesa (15), Noções de Administração (25) e Raciocínio Lógico Quântico (10).

Agente Censitário Regional  – Língua Portuguesa (15), Noções de Administração e Situações Gerenciais (25) e Raciocínio Lógico Quântico (10).

Agente Censitário de Informática – Língua Portuguesa (10), Raciocínio Lógico (10) e Noções de Informática (30).

Banca organizadora

O instituto Brasileiro de Geografia e Estatística escolheu a banca FGV (Fundação Getúlio Vargas) como organizadora do concurso. A banca FGV é muito conhecida por organizar as provas da OAB.

 

Comentários

comentarios