CONCURSO PC – MG: autorização em negociação

63

concurso_pc_mg

PC-MG já negocia com o governo do estado para a realização de um novo concurso. A expectativa só cresce, por isso os futuros candidatos devem começar a se preparar o quanto antes, principalmente pelo fato de ser um concurso muito concorrido. As vagas oferecidas serão para os cargos de Escrivão e Delegado, ambos de nível superior

Vagas
Para o cargo de delegado é necessário graduação em Direito e a remuneração atual está em torno de R$ 12.500,00. Sobre a quantidade de vagas, as localidades de trabalho e cronograma do concurso, ainda não há informações. Atualmente a remuneração para o cargo de escrivão é R$ 4.098,43, mais vale-alimentação.

Requisitos
Alguns dos requisitos para o concurso da PC – MG: Estar em dia com os direitos políticos e eleitorais; Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino; Ter idade mínima de 18 anos completo; Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo; Possuir CNH (Carteira Nacional de Habilitação), categoria “B” ou superior em plena validade; Apresentar declaração de bens e valores patrimoniais; O candidato deverá declarar, na ficha de inscrição, que tem ciência e aceita que, caso aprovado, deverá entregar os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o cargo por ocasião da matrícula no Curso de Formação Profissional.

>> CURSO FREE PC MG

Último concurso
​O último concurso foi em 2011 e a banca organizadora foi a Fumarc (Fundação Mariana Resende Costa). Na época foram oferecidas 205 vagas imediatas para escrivão e 144 para o cargo de delegado. As remunerações foram de R$ 2.041,72 e R$ 5.716,87, respectivamente, com jornada de trabalho de 40 horas semanais para ambos os cargos.

Houve uma prova objetiva, avaliação psicológica, exames biomédicos e biofísicos, investigação social e curso de formação policial, para todos os cargos. Ocorreu também prova discursiva, oral e avaliação de títulos para delegado, e os candidatos a escrivão realizaram uma prova de digitação.

A prova objetiva para Escrivão tinha 60 questões e de Delegado 70, distribuídas em Língua Portuguesa, Noções de Informática, História Geografia, Medicina Legal, Direitos Humanos, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Civil, Direito Penal e Direito Processual Penal, de acordo com o cargo. A validade do concurso para Escrevente foi de seis meses e para Delegado de dois anos. O regime de contratação para ambos foi o estatutário.

Os assuntos que mais são cobrados pelo órgão, são: a Segurança Pública, os Direitos e Garantias Fundamentais, Constantes do Título II da Constituição, Funções Essenciais à Justiça, além do conhecimento da literidade do Art.144 da CRFB.

>> CURSO DE INVESTIGADOR DA PC MG

Comentários

comentarios