O Governo do Estado pode abrir um novo processo seletivo ainda este ano, depois de 5 anos após a última realização de concurso público para a contratação de Policiais e Bombeiros Militares. Com base na solicitação que foi encaminhada pelo próprio Comando da Polícia Militar ao Poder Executivo, no qual foi realizado o pedido de inclusão de 4 mil novos profissionais, de acordo com Mauro Moraes, presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, há grande probabilidade de lançamento do edital e realização da primeira etapa do concurso ainda em 2017.

Entretanto, o deputado destaca que o Governo já sinaliza uma contratação de 1.500 novos soldados, número inferior ao solicitado pela PM. O deputado ainda afirma que o Governo pretende repor as baixas ocasionadas com aposentadorias e demissões, mas há ainda uma grande mobilização por parte da Comissão de Segurança Pública pela ampliação das vagas a serem oferecidas em novo concurso.

As contratações deverão ocorrer, gradativamente, conforme as condições financeiras que o Estado apresenta. O edital do último concurso, lançado em 2012, ampliou o efetivo policial em 5 mil profissionais. De acordo com o Moraes, “é um número ainda tímido para um grande projeto de reconstrução da segurança pública. O Paraná, infelizmente, assistiu a um crescimento desenfreado da violência nos últimos anos, sobretudo o interior do Estado. O superávit de policiais ainda é insuficiente para garantir policiamento adequado em todas as regiões, por isso a necessidade de uma ampliação ainda maior do efetivo”.

>> CURSO SOLDADO PM-PR

POLICIAL MILITAR
Atribuições: desempenho do policiamento ostensivo e outras missões necessárias à preservação da ordem pública.
Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão do Ensino Médio em escola pública ou particular reconhecida pelos órgãos oficiais de ensino
Regime Jurídico: estatutário, em conformidade com a legislação constitucional e infraconstitucional aplicável.

BOMBEIRO MILITAR
Atribuições: desempenho de atividades de defesa civil, além de outras atribuições definidas em lei.
Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão do Ensino Médio em escola pública ou particular reconhecida pelos órgãos oficiais de ensino.
Regime Jurídico: estatutário, em conformidade com a legislação constitucional e infraconstitucional aplicável.

Distribuição de vagas do último concurso:

 1ª TURMA – (POLICIAL MILITAR)

 1ª TURMA – (BOMBEIRO MILITAR)

Requisitos:

São requisitos básicos para a posse:

  • Para ser nomeado o candidato deverá ter sido aprovado em todas as fases do concurso público e encontrar-se dentro do número de vagas previstas nas respectivas turmas;
  • Ter sido aprovado em todas as fases do concurso, nos termos regulados no presente Edital;
  • Ter nacionalidade brasileira;
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais;
  • Estar em dia com as obrigações relativas ao serviço militar;
  • Comprovar conclusão do ensino médio;
  • Ter no máximo 30 anos de idade na data do primeiro dia da inscrição (não ter completado 31 anos no primeiro dia das inscrições);
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo.
  • Edital específico estabelecer prazo e condições para apresentação dos documentos elencados, sendo que a não apresentação implicará na desclassificação do candidato.
  • Havendo dúvidas quanto à sanidade física e mental do candidato este não tomará posse e/ou não entrará em exercício e será submetido à inspeção médica.
  • Não haverá reserva de vagas para candidatos julgados inaptos, mesmo que temporariamente, para a posse ou exercício do cargo.

Remuneração:

Disciplinas do último concurso:

A previsão é da oferta de algumas vagas, sendo elas:

Enquanto o edital não abre comece seus estudos com os seguintes conteúdos básicos:

Etapas do concurso:

>> APOSTILA POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ

Comentários

comentarios