Concurso Senado Federal: em breve edital

81

concurso-senado-federal-em-breve-novo-concurso-alfacon

Vem aí, logo mais, o concurso do Senado Federal! Isto porque, o último certame expirou em julho de 2014, o que significa que há grande necessidade de um novo concurso para suprir os 1200 cargos vagos de nível médio e superior. Os cargos esperados no concurso Senado Federal são para Técnico Legislativo, Policial Legislativo, Consultor Legislativo e Analista Legislativo. Destes cargos citados, o mais esperado é para Policial Legislativo! Isto porque a remuneração inicial é de R$ 16.014,16, podendo chegar a  R$ 19.173,75 na classe especial.

>> Confira todos os concursos para as Carreiras Policiais 

Níveis

  • Técnico Legislativo: MÉDIO
  • Consultor Legislativo: SUPERIOR
  • Analista Legislativo: SUPERIOR

Cargos

Técnico Legislativo: Áreas/Especialidade

  • Polícia Legislativa
  • Apoio Técnico ao Processo Legislativo;

    • Processo Legislativo
  • Apoio Técnico-Administrativo; 

    • Administração
    • Arquivologia
  • Saúde e Assistência Social;

    • Enfermagem
    • Odontologia
  • Instalações, Equipamentos, Ocupação e Ambientação de Espaço Físico;

    • Eletrônica e Telecomunicações
  • Apoio Técnico ao Processo Industrial Gráfico. 

    • Processo Industrial Gráfico

Remunerações: inicial para todas as áreas/especialidades de R$ 16.014,16. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais!

Consultor Legislativo: Áreas/Especialidades/Subáreas​

  • Consultoria e Assessoramento Legislativo

    • Assessoramento Legislativo

      • Agricultura
      • Comunicações e Tecnologia da Informação 
      • Defesa Nacional, Segurança Pública e Relações Internacionais 
      • Desporto e Cultura  
      • Direito Civil, Processual Civil e Agrário 
      • Direito Constitucional, Administrativo, Eleitoral e Processo Legislativo 
      • Direito do Trabalho e Direito Previdenciário 
      • Direito Econômico e Regulação, Direito Empresarial e do Consumidor
      • Direito Penal, Processual Penal e Penitenciário 
      • Direito Tributário e Direito Financeiro 
      • Direitos Humanos e Cidadania 
      • Economia do Trabalho, Renda e Previdência 
      • Economia Regional e Políticas de Desenvolvimento Urbano 
      • Educação
      • Meio Ambiente 
      • Minas e Energia
      • Política Econômica e Finanças Públicas 
      • Política Econômica e Sistema Financeiro 
      • Políticas Microeconômicas 
      • Pronunciamentos 
      • Saúde 
      • Transportes
  • Consultoria e Assessoramento em Orçamentos

    • Assessoramento em Orçamentos

Remuneração: inicial para todas as áreas/especialidades/subáreas  de R$ 27.582,21. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais!

Analista Legislativo: Áreas/Especialidades/Subáreas​

  • Apoio Técnico ao Processo Legislativo;

    • Processo Legislativo
    • Taquigrafia
    • Biblioteconomia
  • Apoio Técnico-Administrativo;

    • Administração
    • Arquivologia
  • Controle Interno; 

    • Contabilidade
  • Saúde e Assistência Social; 

    • Assistência Social
    • Medicina

      • Neurologia
      • Cardiologia
      • Gastroenterologia
      • Pneumologia
      • Psiquiatra
      • Otorrinolaringologista
      • Radiologia
      • Urologia
      • Ginecologia
      • Medicina do Trabalho
    • Nutrição
    • Farmácia
    • Fisioterapia
    • Psicologia
    • Enfermagem
  • Instalações, Equipamentos, Ocupação e Ambientação de Espaço Físico

    • Arquitetura
    • Engenharia

      • Civil
      • Elétrica
      • Mecânica
      • Telecomunicações
  • Redação e Revisão de Textos Gráficos; 

    • Redação e Revisão
  • Comunicação Social 

    • Comunicação Social

      • Jornalista
      • Comunicação Social
      • Produtor de Multimídia
  • Tecnologia da Informação.

    • Informática Legislativa

      • Análise de Sistemas
      • Análise de Suporte de Sistemas

Remunerações: inicial em todas as áreas/especialidades/ subáreas de R$ 21.347,32. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais!

Último Concurso Senado Federal

O último concurso do Senado aconteceu em 2012 sob organização da Fundação Getúlio Vargas, a FGV. Foram ofertados no edital 246 vagas, porém o número de nomeados foram bem maiores devido a aposentadorias e falecimento de servidores.

Tudo sobre o cargo de Policial Legislativo do Senado Federal

Baseado no último edital do Senado Federal (2012)!.

O que faz um Policial Legislativo?

§ 1º. São consideradas atividades típicas de Polícia do Senado Federal:

I – a segurança do Presidente do Senado Federal, em qualquer localidade do território nacional e no exterior;

II – a segurança dos Senadores e autoridades brasileiras e estrangeiras, nas dependências sob a responsabilidade do Senado Federal;

III – a segurança dos Senadores e de servidores em qualquer localidade do território nacional e no exterior, quando determinado pelo Presidente do Senado Federal;

IV – o policiamento nas dependências do Senado Federal;

V – o apoio à Corregedoria do Senado Federal;

VI – as de revista, busca e apreensão;

VII – as de inteligência;

VIII – as de registro e de administração inerentes à Polícia;

IX – as de investigação e de inquérito.

Etapas do concurso

  • PRIMEIRA ETAPA

Provas Escritas Objetivas de Múltipla Escolha e Provas Escritas Discursivas, de caráter eliminatório e classificatório.

  • Provas Escritas Objetivas de Múltipla Escolha
PROVAS POR ÁREA DE CONHECIMENTO NÚMERO DE QUESTÕES PONTOS POR QUESTÃO
P1 Língua Portuguesa 20 (vinte) 2 (dois)
P2 Conhecimentos Gerais 10 (dez) 1 (um)
P3 Noções de Informática 10 (dez) 1 (um)
P4 Conhecimentos Específicos 30 (trinta) 2 (dois)
TOTAIS 70 (setenta) 120 (cento e vinte)

São considerados aprovados somente os candidatos que alcançarem o mínimo de 50% (cinquenta por cento) de aproveitamento do total de pontos de cada prova (P1, P2, P3 e P4)

>> Aprenda a Estudar para Carreiras Policiais – FREE

  • Provas Escritas Discursivas
QUADRO DE TEXTOS MÍNIMO DE LINHAS MÁXIMO DE LINHAS TOTAL DE PONTOS
T1 Redação 25 (vinte e cinco) 30 (trinta) 20 (vinte)
T2 Questão discursiva 30 (trinta) 20 (vinte)
TOTAL DE PONTOS DA ETAPA 40 (quarenta)

Será desconsiderado, para efeito de avaliação, qualquer fragmento de texto que for escrito fora do local apropriado ou ultrapassar a extensão máxima de linhas estabelecida.

  • SEGUNDA ETAPA

Prova de Aptidão Física, de caráter apenas eliminatório, somente para os candidatos aprovados na Primeira Etapa.

Mais informações, no edital do último concurso!

  • TERCEIRA ETAPA

Avaliação Psicológica, de caráter apenas eliminatório, somente para os candidatos aprovados na Segunda Etapa.

Consiste na aplicação coletiva de bateria de testes psicológicos, dinâmica de grupo e anamnese, que visa apurar as condições necessárias para uma perfeita adaptabilidade e um bom desempenho do candidato no exercício do cargo, como:

  • Equilíbrio Emocional  
  • Resistência a Fadiga
  • Comunicação
  • Sociabilidade
  • Flexibilidade
  • Iniciativa
  • Motivação
  • Administração de Conflitos
  • Disciplina
  • Ética  
  • Análise e Interpretação  
  • Atenção
  • Memória

Serão convocados para a Avaliação Psicológica os candidatos considerados APTOS na Prova de Aptidão Física.

Mais informações, no edital do último concurso!

  • QUARTA ETAPA

Investigação Social Documental, de caráter apenas eliminatório, somente para os candidatos aprovados na Terceira Etapa.

A Investigação Social Documental, de caráter apenas eliminatório, verificará a conduta irrepreensível e a idoneidade moral necessária ao exercício do cargo e os candidatos. Os candidatos, nesta fase, terão seus resultados expressos como INDICADO ou CONTRAINDICADO.

  • QUINTA ETAPA

Os candidatos aprovados em todas as etapas anteriores serão submetidos a Curso de Formação de 80 (oitenta) horas/aula, de caráter apenas eliminatório.

Requisitos para o cargo

  • a) ter sido classificado no concurso público, na forma estabelecida neste edital, seus anexos e eventuais retificações;
  • b) ter nacionalidade brasileira e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do §1º do art. 12 da Constituição da República Federativa do Brasil e na forma do disposto no art. 13 do Decreto 70.436, de 18 de abril de 1972;
  • c) ter idade mínima de 18 anos completos;
  • d) estar em gozo dos direitos políticos;
  • e) estar quite com as obrigações eleitorais e se do sexo masculino, também com as militares;
  • f) possuir Carteira Nacional de Habilitação, categoria “B” ou superior;
  • g) apresentar declaração do órgão público a que esteja vinculado, se for o caso, registrando que o candidato tem situação jurídica compatível com nova investidura em cargo público federal, haja vista não ter incidido no disposto nos artigos 132, 135 e 137, parágrafo único, todos da Lei 8.112/90 e de suas alterações (penalidade de demissão e de destituição de cargo em comissão), nem ter sofrido, no exercício de função pública, penalidade por prática de atos desabonadores;
  • h) apresentar declaração quanto ao exercício ou não de outro cargo, emprego ou função pública e sobre recebimento de provento decorrente de aposentadoria e pensão;
  • i) apresentar declaração de bens e valores que constituam patrimônio e, se casado (a), a do cônjuge;
  • j) possuir o(s) requisito (s) exigidos para o cargo, conforme discriminado no item 2.3 deste edital;
  • k) firmar declaração de não estar cumprindo sanção por inidoneidade, aplicada por qualquer órgão público ou entidade da esfera federal, estadual ou municipal;
  • l) ser considerado apto em todos os exames médicos e psicológicos pré-admissionais do Senado Federal, devendo o candidato apresentar os exames clínicos e laboratoriais solicitados, os quais correrão às suas expensas. Caso o candidato seja considerado inapto para as atividades relacionadas ao cargo, por ocasião dos exames médicos e psicológicos pré-admissionais, não poderá tomar posse. Essa avaliação terá caráter eliminatório. A relação desses exames será fornecida por posterior edital de convocação;
  • m) cumprir as determinações no edital.

Estará impedido de tomar posse o candidato:

  • a) ex-servidor demitido ou destituído de cargo em comissão, na vigência do prazo de incompatibilidade para investidura em cargo público federal, conforme previsto no artigo 137 da Lei 8.112/90;
  • b) que tenha praticado qualquer ato desabonador de sua conduta, detectado por meio dos documentos referentes à investigação social documental de que trata o item 10 deste edital, ou por diligência realizada.

>> Curso para Policial Legislativo Federal 

Comentários

comentarios