Confira os alunos AlfaCon que foram aprovados PRF 2013

43

imbatível_prf_blog (1)Saiu ontem (02), o resultado do concurso da Polícia Rodoviária Federal, e mais uma vez o AlfaCon aprovou muitos alunos. Foram 1249 classificados para a segunda fase do concurso. E além disso, o Primeiro Lugar Nacional é do AlfaCon, o aluno Ricardo Alves Pereira, foi o primeiro colocado da PRF 2013. Confira abaixo alguns depoimentos:

Jhon Nandi – Aprovado PF e PRF.
“Fala Alfartanos! mais uma vez estou aqui pra dizer que passei! Depois das aprovações na PF e na PRF é hora de acalmar os ânimos né? Alguns dizem que não vale a pena estudar por tanto tempo, alguns taxam seus sonhos e limitam seus horizontes. Só uma dica: feche-se para o mundo, estude o que os professores disserem para você estudar, seja forte, chore se precisar chorar, grite se precisar gritar mas não deixe ninguém dizer o que você pode ou não pode fazer! Seja um realizador de sonhos! forte abraço!”

Erlan Azevedo:
“E aí galera do AlfaCon, fui classificado, porém muito acima, em torno de 3500.
Acho muito difícil entrar, estou mal pra caramba por ter batido na trava na PF e na PRF, mas quero agradecer a todos vocês por todo o apoio, e em especial ao Pablo, conseguir tirar 16,75 na redação, coisa que nunca tinha acontecido comigo.”

Fabiano Junior Taneno:
“Deixo aqui meu depoimento, após anos de batalha para a tão sonhada aprovação, eu espero que sirva de inspiração para todos. Iniciei os estudos em 2006 quando fui aprovado na Polícia Civil de Santa Catarina, mas não obtive êxito no teste físico, desde então vi que poderia alcançar a PF. Em 2008 e 2010 fiz alguns cursinhos preparatórios, os quais não me adaptei, pois sequer entedia o que era “habeas corpus” ou até mesmo o que eram princípios, estava totalmente perdido, fui reprovado na Civil de SP diversas vezes, no meio do caminho perdi meu pai e daí pra frente vi meu sonho começar a desaparecer, problemas financeiros e familiares colaboraram para que eu desistisse de tudo. Em 2012 achei que fosse minha primeira e última tentativa de entrar para a PF, fui fazer a prova muito nervoso e com a obrigação de passar, foi aí que tive outra decepção e passei a viver infeliz e sem nenhuma perspectiva de vida.
Minha mãe foi a pessoa que mais me motivou pois mesmo com tantos problemas ela dizia que seria feliz se eu fosse feliz, demorei a perceber o quanto eu era capaz e em 2013 voltei aos estudos e encontrei a AlfAcon. No início achei que seria só mais um curso para relembrar o que tinha estudado, mas já na primeira semana veio o Daniel com sua excepcional motivação e em seguida simulados e provas, não tinha nem tempo de pensar em desistir era só porrada, confesso que fraquejei e muitos colegas desistiram mas a vontade de ser policial e ajudar minha família foi maior, reprovei na PF e no concurso de Escrivão e Investigador da Civil de SP, passei como remanescente de Agente da Civil, mesmo assim continuei firme nos estudos, resolvia em média 300 questões por dia, sem deixar de me preparar para o físico. Enfim, a aprovação é só o início e todo o sacrifício será recompensado proporcionalmente ao seu esforço.”

Rafael E. Leandro:
“Sou Rafael E. Leandro, eu comecei a estudar no alfa em 2010 cheguei a estudar durante um período, mas no entanto fiz a burrada de parar por um tempo, umas das piores decisões da minha vida. Eu sempre me achei muito burro, pois tive um ensino médio fraco e via amigos pegando conteúdo com uma facilidade que acreditava eu não ter. Mas a sensação de ter começado algo e não ter terminado é a pior do mundo, por isso resolvi voltar a estudar depois de quase um ano, decido a não parar mais, vendi meu carro me mudei para cascavel e acreditei de verdade que só pararia depois que conquistasse meus objetivos. Às vezes parece que não vai dar certo, mas durante esse período no alfa eu vi muitas pessoas mudando de vida, isso era muito motivador e me fazia acreditar que ia dar certo. Por fim passei, para bombeiro, Agente Penitenciário Estadual e agora para a PRF, percebi que por mais dificuldade que eu tinha no final dar certo é só acreditar e o principal estudar.”

Comentários

comentarios