Depoimento aprovado no concurso da PC SP e PRF – Fábio Junior Taneno

712

Estudar é difícil, nós sabemos! Mas quanto mais recebemos depoimentos de aprovados, mais nós temos certeza do quanto vale a pena este esforço. Confira a história do Fábio Junior Taneno, aluno do presencial AlfaCon São Paulo e aprovado na PRF e PC/SP.

“Iniciei meus estudos comprando pela internet algumas apostilas e passei a estudar o conteúdo somente por elas. Meu primeiro concurso foi em 2008 e continuei estudando sozinho, não resolvia nenhuma questão e lia somente o conteúdo, pois achava suficiente. O tempo foi passando e o nível das provas aumentando, foi então que percebi que deveria frequentar algum curso preparatório. Em 2009 vi notícias que iria sair o edital da PF e iniciei imediatamente meus estudos em outro curso preparatório. Quando cheguei na prova não sabia resolver nenhuma questão e nenhum colega de sala conseguiu a aprovação. Comecei a achar que era impossível! Passei a estudar somente quando o edital era publicado e continuei reprovando.

O tempo foi passando e depois que perdi meu pai desisti de estudar para cuidar dos negócios da família. Após 5 anos passei a viver na infelicidade e fiquei depressivo. Foi quando minha mãe chegou e perguntou o que me traria felicidade e respondi que era ser policial Federal. A partir daí sabia que havia a necessidade de um cursinho que me preparasse para a redação e me desse orientação para fazer a prova.

Procurei na internet e achei o AlfaCon, mas vi que tinha somente em Cascavel. Pesquisando um pouco mais observei que abriria uma sede em SP.  Assisti algumas aulas e já percebi o diferencial! Comecei a seguir todas as orientações, montei meu plano de estudos —  coisa que nem tinha noção que existia — e passei a resolver centenas de questões.  Não tinha noção do quanto isso me ajudaria. Comecei a fazer resumos para facilitar minha revisão, ou seja, passei a utilizar de inúmeras ferramentas para otimizar meus estudos que o AlfaCon me proporcionou criar.

Comecei a ver meus colegas serem aprovados, vi que era possível e intensifiquei ainda mais meus estudos. Lembro que estava há apenas 3 meses no AlfaCon e veio uma série de concursos. Fui reprovado na PF pela quarta vez, mas percebi que em apenas 3 meses no AlfaCon meu resultado foi ótimo. Fui aprovado na PRF como cadastro reserva sem qualquer expectativa de ser convocado, pois foram somente 1000 vagas e no final de todas as etapas eu estava mais ou menos na posição 2000.

Nesse mesmo ano de 2013 fui aprovado na Polícia Civil de SP nos cargos de escrivão e investigador, mas como em concurso nada é previsível até a posse, continuei estudando. Foi quando no final de 2015 passei a enfrentar sérios problemas financeiros. Estava desempregado e com dívidas, e para ajudar a crise em nosso país se complicou com cortes no orçamento e nos concursos. Desesperado, minha primeira reação foi procurar a monitoria do AlfaCon para continuar nos estudos. Um dia após a conversa, fui nomeado na Polícia Civil. E no início de 2016 a PRF convocou todos os excedentes.

Foram anos na batalha estudando de forma totalmente errada, enfrentando inúmeros problemas, mas a persistência e inclusive a paciência no sonho de assumir um cargo federal me fizeram prosseguir. Hoje me sinto realizado e a felicidade de ter conquistado essas aprovações vai muito além do sacrifício. Obrigado AlfaCon por contribuir para a realização desse sonho!”

 

Para mais informações sobre concursos, dicas e aulas gratuitas, acompanhe-nos nas redes sociais:

Comentários

comentarios