Depoimentos dos aprovados nas Carreiras Policiais

3242
  • Jessica Fernanda de Salles Francisco – Aprovada na PC MS 2017

“Meu nome é Jessica Fernanda de Salles Francisco, tenho 26 anos, moro em Jales/SP e fui aprovada na 1ª fase do concurso da PC MS. Decidi estudar para concurso público buscando estabilidade.

Eu me preparei por 60 dias, dando prioridade para as matérias de direito administrativo, constitucional, penal, processo penal, leis especiais, legislação institucional; assistia as vídeo aulas, lia os PDF’s, lia bastante lei seca e resolvi muitas questões e fiz simulado de provas anteriores da banca FAPEMS. Faltando 1 mês pra prova, tirei férias e consegui estudar umas 10 horas por dia. Conciliava trabalho e estudos.

Estudava após o trabalho, porém faltando 1 mês para o dia da prova, consegui férias para me dedicar exclusivamente para o concurso.

Para potencializar a minha preparação, utilizei o VADE MECUM, vídeo aulas da AlfaCon, os PDFs de apoio que vem com as vídeo aulas que tinham todo o conteúdo necessário. Estive sempre motivada, porém quando vi o grande número de inscritos, confesso que fiquei assustada! Mas orei muito a Deus e continuei firme nos estudos!

Eu estudava aos finais de semana, inclusive a noite, teve feriados que via todos postando fotos aproveitando os dias nos clubes, piscinas, em festas, e eu estava sempre estudando, não saí de casa e toda minha família entendia! Acho que valeu a pena!

Sou noiva e moro com meu pai e irmão. Meu noivo super me apoia, ele foi meu maior incentivador! Minha família me entendeu sem problema nenhum, apenas minha mãe foi difícil de entender porque ela me chamava muito para sair e não entendia o porquê de eu estar de férias e só dizer não a ela, mas agora ela sabe.

Eu sou concursada do Detran MS e para esse concurso da PC MS eu fiz uma prova de agente penitenciário para ver como me sairia e tive um bom resultado! Confesso que comecei a estudar para valer mesmo apenas quando o edital abriu.

Sobre o AlfaCon, já conhecia a equipe pelo Evandro. Assistia as aulas dele pelo YouTube e sempre tive vontade de adquirir um curso do AlfaCon. Este me ajudou por ter todo conteúdo organizado, pronto para eu só sentar e estudar.Os professores são excelentes, são diretos, ensinam apenas aquilo que é cobrado em concurso, não nos faz perder tempo!

Eu mesma crio os meus mnemônicos que para mim funcionam muito bem. Só consigo estudar em apostilas impressas, não gosto de ler nada em mídias, até porque preciso grifar, escrever, então preciso de um material impresso. Faço anotações do que acho importante e colo até nas paredes se necessário! Gravo áudios para ouvir em momentos que não posso ler…dentre outras coisas.

Minha maior dificuldade foi dominar o sono. Quando começava a sentir muito sono, eu parava um pouco, levantava, andava, para despertar. Às vezes mudava até o que estava estudando. Estudei até o último segundo. Os últimos dias foram os que mais me dediquei, fiquei muito nervosa e no dia da prova quase não dormi. Orei muito para Deus me ajudar.

Acredito que durante essa época consegui estudar durante o dia inteiro e com qualidade, foi muito bom! Meu noivo, Renan, me ajudou muito, ele me incentivou a todo momento, eu falhei em esperar o edital abrir para começar estudar, esse é um erro que não vou mais cometer porque eu poderia ter ficado melhor classificada se tivesse estudado mais!

Tenha fé em Deus! Ele tem feito milagres na minha vida. Esse é o segundo concurso que eu presto, primeiro foi o do Detran e eu passei e hoje estou nele e tudo isso não é porque sou uma gênia, mas sim porque sempre coloquei meus planos nas mãos de Deus e tive muita fé! Tenha fé que ele vai te ajudar! Mas tem que fazer sua parte, é claro! Faça o possível. Estude, se dedique, ore e confie que o impossível Deus fará!”


  • Felipe Paulo Silva de Lira – Aprovado na PM AL 2017

“Meu nome é Felipe Paulo Silva de Lira, tenho 24 anos e fui aprovado PM AL na primeira fase do concurso, cargo de soldado, em 2º lugar e obtive a 2ª maior nota. Decidi estudar para concurso para ter estabilidade financeira. Estudei focado para esse certame da PM Alagoas por volta de um ano e meio.

Trabalho em turno de 12h/36h. No dia que trabalhava mal dava para estudar, mas no outro dia eu compensava trancado no quarto estudando cerca de 6 à 8 horas. Foquei muito em português, informática e acertei 28 das 29 das questões de língua portuguesa e gabaritei a matéria de informática. Estudei com materiais do AlfaCon online e outros materiais que já tinha em casa junto com as aulas que o Alfa disponibiliza gratuitamente pelo YouTube.

Nunca me desmotivei, pois, a cada 1 hora de aula eu olhava o canal do Evandro da ”Fábrica de Valores” e isso me fez estudar cada dia mais! Abdiquei de sair com amigos, namorada (brigamos algumas vezes por isso) e família, mas valeu o esforço.

Já prestei outros concursos antes desse que fui aprovado atualmente. Fiz Polícia Militar de Pernambuco e fiquei na nota de corte de matemática por 1 questão, fiz também a Polícia Militar da Bahia e passei. Aliás, foi a partir desse concurso da PM BA que decidi estudar de verdade.

Conheci o AlfaCon através de um vídeo do Evandro Guedes no YouTube. Vi aquele ”maluco” falando tudo o que ninguém queria ouvir, porém só falava verdades. Foi nesse momento que a ficha caiu e comecei a gostar de estudar e sempre ouvia os vídeos motivacionais dele durante os estudos.

O Alfa me ajudou de todas as formas. Os professores são os melhores, cada um na sua matéria, o PDF é inigualável e tudo o que o professor fala e faz na aula está no PDF. É incrível! Eu utilizava uma técnica específica para memorizar o conteúdo. Todas as dicas que o professor passava eu anotava e espalhava pela casa pois assim ficava mais fácil de aprender e memorizar.

Minha maior dificuldade foi trabalhar 12 horas seguidas, sem contar as duas horas que eu tinha para ir ao trabalho e voltar. O que fiz para superar e continuar firme? Sempre pensava no meu futuro e na minha família.

Quando o concurso estava se aproximando, nos últimos 3 dias, eu não conseguia estudar nada. O que me salvou foi a super revisão de véspera do AlfaCon que reabriu a minha memória! Acredito que o que tenha sido efetivo na minha preparação foi a minha vontade de vencer que me fez superar todas as barreiras junto com o melhor curso do Brasil que é o AlfaCon!

A dica que eu deixo para todos é que não existe NINGUÉM burro. Existe gente que já nasce com um dom, mas nada que força de vontade para vencer não possa superar. Alô, você!”


  • Jhonata da Silva Lopes – Aprovado na PM AL 2017

“Meu nome é Jhonata da Silva Lopes, fui aprovado no concurso da PM AL, sou de Aracaju e tenho 27 anos. Estou cursando Engenharia Civil, sou casado e pretendo ter filhos. Vi no concurso público uma oportunidade de estabilidade financeira, minha meta é a PRF assim que me formar.

No começo tentei conciliar, mas o ramo do concurso público hoje em dia está muito profissionalizado, ou o candidato aposta todas as fichas nesse sonho, ou dificilmente vai lograr êxito. O meu sonho era seguir a carreira militar e depois de muito planejamento e conversa com minha esposa, decidir mergulhar por completo nesse mundo, onde só saio quando alcançar meu principal objetivo que é a PRF ou PF.

Estudei única e exclusivamente pelo material do AlfaCon. O desânimo é uma realidade na vida do concurseiro, mas pensar em desistir nunca deve ser uma opção, aprendi com os professores do AlfaCon que concurso é como uma fila, se você permanecer firme, uma hora sua vez vai chegar. Eu larguei tudo por esse sonho: trabalho, faculdade, lazer, família e amigos no começo não foi fácil, pois a excelência é um hábito que não é fácil de alcançar, mas o desejo de dar uma qualidade de vida melhor para minha família sempre comandou meus sentimentos e vontades. Agora vou retomar minha faculdade para alcançar meu objetivo maior que é a PRF ou PF.

Sou casado, eu só estava preocupado com a opinião das pessoas que eram afetadas diretamente por minha decisão, estava pouco me lixando para a opinião de amigos e familiares distantes. Minha esposa, que era quem era afetada diretamente e que dividia os ônus e bônus de minhas escolhas. Demorou um pouco a entender o quanto estava determinado a alcançar esse objetivo, mas sempre me deu total apoio.

Quando estava com 2 meses de estudo levei pau na PM Bahia, onde fiz 75% da prova e isso foi um estimulo para mim, pois me dediquei ainda mais, chegando a estudar 9 horas por dia de domingo a domingo, sempre seguindo o planejamento da AlfaCon. Como o edital da PM AL saiu quando eu ainda estava estudando para a PM BA, foi mais tranquilo só fiz da continuidade nos estudos.

Conheci o AlfaCon pesquisando na internet, eu vi que o AlfaCon era a empresa do ramo especializado em aprovação na área que eu queria, carreiras policiais, aí não pensei duas vezes. O AlfaCon me ajudou de todas as formas possíveis, com um material extremamente atualizado e organizado, com professores extremamente capacitados e acima de tudo, empenhados no sucesso do aluno, o AlfaCon foi importante desde as aulas até as mensagens motivacionais de Evandro Guedes.

Como método de estudo, utilizo a técnica da escada do sucesso que aprendi com Evandro Guedes, pdf + vídeo aulas + exercícios + simulados = sonhos realizados. Criar o habito de aproveitar cada segundo e oportunidade do dia a dia para estudar. Simplesmente não desistir, me mantive sempre com os olhos na minha aprovação e na melhor qualidade de vida de minha família. Eu estudei até o último minuto antes de entrar na sala para realizar a prova.

Em alguns momentos da caminhada sempre falhamos, principalmente quando o desânimo bate, mas isso não pode demorar muito, quando percebia essa situação eu já tratava logo de encontrar uma solução, a solução que eu dava para meu caso era parar e pensar no quão bom seria quando já estivesse nomeado no meu cargo.

Desistir nunca deve ser uma opção, pois quem continuar na fila, certamente sua vez chegará.”


  • Allan Caio da Cruz Gouveia Sousa – Aprovado na PM AL 2017

“Meu nome é Allan Caio da Cruz Gouveia Sousa, tenho 26 anos, sou de Monteiro – PB e fui aprovado no concurso da Policia Militar de Alagoas. Possuo formação em Tecnologia em Construções de Edifícios.

Comecei a estudar para concurso por causa de estabilidade. Estudo para concurso a 1 ano e meio. Fora de edital, estudava as básicas e alguns direitos básicos, depois do edital focava nas matérias pertinentes e na revisão de todas as disciplinas. Conciliava os estudos com preparação física.

Estudava principalmente PDF, vídeos só as vezes quando o assunto era mais complexo de entender. Pensei em desistir algumas vezes, mas continuei firme e forte. Me distanciei um pouco de alguns amigos, mas conheci outros nessa caminhada. Abdiquei muito de alguns lazeres, mas a atividade física me renovava muito.

Moro com meus pais e tenho namorada, todos me apoiaram muito. Fiz 4 concursos na mesma linha, passei para bombeiro em Pernambuco, mas reprovei no TAF, pois não estava suficientemente preparado. Estudei fora de edital, minha motivação era que não estava perdendo nada, ganhando conhecimento cada vez mais.

Conheci o AlfaCon com colegas e nas redes sociais. O AlfaCon me ajudou disponibilizando materiais de ótima qualidade. Estudava a teoria, e depois respondia questões, minha fórmula magica é essa, nada sobrenatural.

O mais difícil foram as dificuldades financeiras para bancar minhas viagens para os locais de prova. Meus pais se esforçaram muito, e essa aprovação não é só minha, é deles também.

Na última semana relaxei os estudos, a ansiedade eu senti apenas nos primeiros concursos. Eu acho que qualquer tempo investido nos estudos é válido, não acredito que falhei, mas tinha dias que não estudava o suficiente e não me culpava, pois é uma rotina pesada.

Eu penso que a aprovação só vem com insistência, e muitos que caem no meio do caminho é porque desistiram. Então se caiu, levanta e sacode a poeira, continua sua caminhada atrás de seus sonhos.”


  • Wendson Ribeiro de Lemos – Aprovado na PM AL 2017

“Meu nome é Wendson Ribeiro de Lemos, tenho 19 anos, sou de Gravatá- PE e fui aprovado no concurso da Polícia Militar de Alagoas. Atualmente curso Direito e resolvi começar a estudar para concurso púbico porque sempre foi meu sonho trabalhar na área policial, além da estabilidade que o concurso público dá.

Minha preparação começou um mês antes de sair o edital, mas como já tinha sido aprovado na PM PE, tinha uma certa bagagem e sabia que se eu me esforçasse novamente eu teria o mesmo êxito ou uma colocação até melhor que o concurso anterior (e foi o que aconteceu).

No mês que antecedeu o edital, minha rotina era mais leve e um pouco confusa, por muitas vezes eu deixei de estudar as matérias mais “chatas” para as matérias que eu gosto. Contudo, ao sair o edital eu criei um plano de estudo com algumas estratégias que eu sabia que iria funcionar comigo. Minha rotina era de domingo a domingo, sem descansar os feriados, cheguei a estudar 12 horas por dia em alguns momentos.

Família e namorada não me entenderam no começo, mas após longas conversas eles passaram a me apoiar, diria até que sem minha mãe e minha futura noiva nada disso seria possível, foram meus alicerces para aprovação, visto que nos momentos mais difíceis elas estavam lá para me levantar e me dar forças para continuar. Não foi fácil, mas eu consegui.

Só precisava conciliar faculdade com o concurso. Consumi vídeos-aulas do AlfaCon o tempo todo, além de material de apoio da própria vídeo-aula. Não gosto de apostilas, sou um cara com extrema dificuldade de aprendizagem e preciso de um professor explicando, senão não aprendo quase nada. Contudo, sou um cara extremamente dedicado, e quando coloco algo na cabeça… Rapaz… Polícia Federal que me aguarde!

Acredito que seja impossível se manter motivado todos os dias, sempre vai ter alguns dias que bate aquela tristeza, aquela angústia de “será que vou conseguir?” “será que tudo isso é em vão?”. Porém, no meu caso, todos os dias que aconteciam isso, minha mãe e minha namorada não me deixavam ficar para baixo, foram meus alicerces para que eu pudesse continuar na caminhada.

Abdiquei de quase tudo, meu tempo de lazer era assistir um filme domingo à noite com a namorada. Vida de concurseiro não é fácil!

Namoro e moro com meus pais. Minha família e minha namorada me apoiaram, porém, vários amigos acabaram se distanciando de mim, acho que não entendiam muito bem quando eu dizia “não!” para os “vamos sair hoje?”.

Faço concurso público desde dos 17 anos, levei pau em dois EsSA, até que enfim consegui a aprovação na PM PE. Contudo, apesar de preparado, acabei escorregando na barra e levando um baque. Parece engraçado, mas na hora foi bem triste, perder o concurso por uma fatalidade. Essa tristeza perdurou por algum tempo, mas aqui estou eu firme e forte. E com sonhos muito maiores!

Estudei próximo ao edital (1 mês antes), com uma rotina leve. Após sair o edital, intensifiquei minha rotina de estudos. Cheguei a estudar 12 horas por dia em alguns momentos e fiz mais de 10 mil questões em 3 meses.

Conheci o AlfaCon no YouTube. O AlfaCon além de me oferecer as melhores aulas e mais atualizadas, a motivação que vocês passam para o aluno é essencial para qualquer ser humano que almeja ser um servidor público.

Meus métodos de estudo foi o famoso tripé de concurso público: teoria + questões + revisão. A maior dificuldade foi em me manter motivado, mas superei tudo isso com meu sonho de ser policial.

Acho que já aceitei que qualquer concurso que eu faça vou ficar muito nervoso. Na última semana tirei apenas para resolver vários simulados e corrigir meus erros, além daquela revisão leve. Um dia antes da prova eu descansei, meu nervosismo e ansiedade aumenta se eu estudar em véspera de prova.

Acredito que o essencial para minha aprovação foi ter resolvido muitas questões, quando peguei a prova parecia que eu já tinha resolvido aquelas questões.

Por mais que as coisas agora não sejam fáceis, não desistam! Não há coisa melhor que ver o seu nome no DOE, e eu tenho certeza que você verá o seu. Estude até passar! Alô você!”


  • Pedro Gabriel da Silva Bento – Aprovado na PM AL 2017

“Meu nome é Pedro Gabriel da Silva Bento, tenho 19 anos, sou de Arapiraca – AL e fui aprovado em 6º lugar na Polícia Militar de Alagoas.

Resolvi começar a estudar para concurso público porque eu sempre gostei das Carreiras Policiais. Estudei durante 6 meses, comecei antes do edital, quando comecei a estudar conheci o AlfaCon e comecei a estudar para PM BA, consegui a aprovação lá também e continuei estudando para PM AL (o edital saiu 1 semana antes da PM BA), a divisão das matérias foram 2 por dia, seguindo os passos do AlfaCon e no final eu comecei a estudar mais pela minha dificuldade na matéria e respondendo muitas questões.

Pedi demissão do trabalho para somente estudar. Estudei com o material do AlfaCon, pois é completo. Tive altos e baixos, minha motivação era ouvir os vídeos do Evandro para mudar de vida.

Eu estudava durante todo o dia, perdi festas e abdiquei de tudo no período da minha preparação, até festas da minha família mais próxima eu perdi.

Moro com meus pais. No começo foi difícil aceitar porque eu passava o dia todo estudando no quarto, muitos me chamavam de louco.

Fiz dois concursos. O primeiro foi PM BA e o segundo PM AL. Graças a Deus consegui a aprovação no segundo. Mas meu foco era PM AL. Comecei a estudar antes do edital, porém como o edital da PM BA saiu antes fiz a prova lá e depois foquei aqui.

Conheci o AlfaCon pelo YouTube quando estava à procura de aprender como passar em concurso. O AlfaCon me ajudou com aulas no YouTube e materiais completos. Como método de estudo, eu gostava de fazer mapas mentais.

A maior dificuldade foi no começo, quando tinha que aprender tudo desde o início. Mas com muito foco no último mês, estava me sentindo confiante, fazendo muitos simulados e tentando diminuir a ansiedade. Acredito que o que tenha sido essencial para minha aprovação foi fazer muitas questões e olhar meus erros.

Nunca desista, uma hora chega sua vez!”


  • Luis Felipe Lima de Souza – Aprovado na PM PA 2017

“Meu nome é Luis Felipe Lima de Souza, tenho 25 anos e moro em Dom Eliseu-PA. Fui aprovado no concurso PM-PA e estou concluindo um curso tecnólogo, com objetivo de prestar o concurso da PRF.

Decidi estudar para concurso público por causa da estabilidade. Na verdade, nunca estudei especificamente para o concurso da Polícia Militar, quando saiu o edital estudei por cerca de 2 meses as matérias específicas pois já tinha um conhecimento razoável de outros concursos, como o do meu cargo atual (Agente de Trânsito), estudava cerca de 2 a 3 horas por dia. Sempre trabalhei e estudei, no começo estudava somente a noite depois do serviço, mas com o passar do tempo fui aumentando a carga horária e comecei a estudar durante a madrugada e finais de semana. Estudei com vídeo-aulas e comprei uma apostila da PRF, todos os materiais do AlfaCon, material de ótima qualidade focado no conteúdo cobrado pela banca.

Durante a preparação sempre surge a incerteza e a motivação vai diminuindo, então sempre procuro vídeos no YouTube com depoimento de aprovados e vídeos de curso de formação especificamente da PRF isso sempre me dá um ânimo.         

Sempre encontrei um tempinho para relaxar um pouco e tirar a tensão dos estudos. Sou casado, mas não tenho filhos, minha esposa sempre me deu apoio. Tentei a aprovação nos concursos MP-MA, TRT-PA, TJ-PA, BM-PA e alguns municipais, obtive aprovação no concurso municipal, no TJ-PA fui aprovado fora do número de vagas (139) e aprovação na PM-PA.

Já sabia que esse concurso da PM-PA iria sair, porém só comecei a estudar quando abriu o edital. Conheci o AlfaCon porque um amigo falou que tinha uns caras bons no YouTube um tal de “ALFA”, aí fui pesquisar e encontrei um vídeo do Evandro. O AlfaCon me ajudou de todas as formas, mas o essencial foi a motivação.

A maior dificuldade foi a motivação e falta de estrutura para estudar, sem nenhuma pessoa para conversa sobre concurso a única coisa que restava era apelar para a internet. Superei através do investimento e recursos, como internet e materiais de estudo.

Na véspera da prova tento relaxar o máximo possível pois a ansiedade não me deixa dormir direito e isso atrapalha no dia da prova. O passo principal para a aprovação foi a escolha de um curso de qualidade e a principal falha foi ficar tentando vários concursos.

A dica principal é foco, escolha uma área de concurso e siga em frente. Não tente ficar mudando de área por qualquer concurso, o foco é o principal para uma aprovação mais rápida.”


  • Silmara Cristina de Souza Pantoja – Aprovada na PM PA 2017

“Meu nome é Silmara Cristina de Souza Pantoja, tenho 20 anos e moro em Ananindeua-PA. Decidi estudar para concurso em razão da estabilidade financeira, a qual muitas vezes a iniciativa privada não traz. Estudei por 3 meses direto. Parece pouco tempo, mas irei explicar o motivo. Na verdade, sou graduanda no curso de Direito, então, quando o edital do concurso público da PM do estado do Pará foi lançado, estava no período de provas na universidade, assim que as conclui comecei a me preparar para o concurso. Vi que tinham muitos tópicos relacionados principalmente ao Direito, o qual já tinha visto, então nesses, apenas fazia revisar, através de questões. O mesmo se deu com matérias como português, matemática, história e geografia, em razão de ter concluído meu ensino médio em 2014, alguns pontos ainda estavam muito recentes, por isso, revisada novamente fazendo questões. Com relação ao conhecimento específico, foi justamente onde me dediquei mais. Costumava fazer resumos e esquemas para conseguir assimilar mais rápido num curto período de tempo. Também adorava ir aos aulões, testava o meu conhecimento e também via o nível dos concorrentes. Como foi meu primeiro concurso, tinha medo de estar estudando pelo método errado, fazendo resumo, mas na verdade, isso me auxiliou bastante, porque consigo aprender mais rápido escrevendo, e novamente fazendo o máximo de questões que podia. E com relação a rotina de estudos, de manhã cedo fazia um curso preparatório e a tarde mais a noite assistia vídeo-aulas e pegava materiais do AlfaCon. Parando sempre para descansar. E tirava um dia da semana para sair. Nesse período, estudei apenas para o concurso.

Estudei por vários materiais, entre eles materiais do AlfaCon, que sempre tiveram todo o conteúdo pedido no edital, para não me dispersar e saber o que deveria estudar. A minha meta era cumprir os tópicos do edital. Sempre estive motivada porque recebi muito apoio dos meus pais, e certamente isso foi essencial. Nunca pensei em desistir, mas teve um período que me questionava, pois poderia está aproveitando minhas férias, mas estava afundada nos livros. Mas valeu muito a pena. A abdicação faz parte justamente desse momento. Exclui algumas redes sociais que me tiravam tempo, como Facebook. Também não podia ir ao cinema, sempre. Nesse período também namorava e via bem raramente meu namorado, justamente para me dedicar mais. Sabia que a disciplina seria fundamental.

Agora sou solteira e moro com minha mãe. Todos da minha família me apoiaram, alguns diziam que ia ficar louca se não parasse de estudar, que deveria estar descansando, mais ou menos isso. Mas não me desestimulei. Esse foi o primeiro concurso público que realmente me preparei, mas já havia feitos outros para treinar. O primeiro foi do TJ-PA, na época do meu convênio, em 2014. Eu gostei muito. Sabia que se eu tivesse estudado conhecimento específico poderia ter passado, mas não tive tempo, pois me dedicava para a prova do vestibular, que naquele instante era prioridade. Mas a experiência foi excelente!

Conheci o AlfaCon através de um amigo. O AlfaCon me ajudou por meio das vídeo-aulas e dos materiais. Tirei muitas dúvidas principalmente com relação a legislação específica. O entendimento era sempre claro.

Quanto as técnicas que utilizava para meus estudos, gostava de fazer frases. Até desenhos para lembrar. Montava tabela, mas sempre escrevendo. Acho isso fundamental para maior fixação. A maior dificuldade foi o cansaço. De me perder com muito conteúdo. Precisava ter disciplina, por isso montava um calendário de estudos. Sempre pensava que aquele período ia passar, precisava saber que o cansaço era às vezes até psicológico, que não poderia me encher de barreiras. É preciso supera-las, principalmente quando se trata de concurso público.

Eu me sentia segura. Então estava mais calma próximo da prova. Sabia que tinha estudado o necessário e sempre pensava que eles não poderiam cobrar algo que não estava no edital. Falhei quando confiei de mais no que eu sabia e nos últimos momentos antes da prova não revisei. Lembro que troquei o gabarito de três questões de Direito por insegurança. E o pior, mudei para o errado.

É difícil, não é um caminho fácil. É o momento que você abre as redes sociais e vê um monte de gente indo as melhores festas, restaurantes, tendo os melhores carros e você está ali, abarrotada de livros para estudar. Mas devemos pensar que somos sempre capazes. Esse ainda é meu primeiro concurso, pretendo fazer da polícia civil para delegada e da polícia federal, que é minha meta desde já. E sei que perseverar e acreditar que somos capazes faz com que consigamos.”


  • Paulo Henrique Marciel Souza – Aprovado no concurso PM GO 2017

“Meu nome é Paulo Henrique Marciel Souza, moro em Bom Jardim de Goias e tenho 19 anos. Possuo formação em Gestão em Segurança Privada e decidi estudar para concurso público por ser algo que é para vida toda, carreira de vida e estabilidade, mas minha meta é PRF ou PF, quero ir além de um Policial Militar, porém tudo começa de baixo, então vamos subir degrau por degrau.

Estudei muito tempo, apenas uns 3 meses antes da prova, porém peguei firme mesmo no último mês estudando todo dia na parte da manhã até a noite, parando apenas para comer. Estudei apenas as matérias especificas focando nas que estava tendo mais dificuldade, que seria Direito Administrativo. Estudei bastante também pelo amor que adquiri pelas matérias de Direito Penal e Constitucional por conta dos professores Adriane Fauth e o professor Evandro Guedes.             

Não estava trabalhando, estava só por conta dos estudos, por esse motivo acho que meu desempenho na prova deveria ter sido melhor. Consegui comprar a apostila do AlfaCon da PM-GO, estudei por ela e pelos vídeos no YouTube do AlfaCon. Como era meu primeiro concurso não sabia direito como estudar, nem de quais materiais precisava, mas no fim deu tudo certo. Durante todo o período estive motivado, pois sempre quis seguir carreiras policiais, as vezes acordava com preguiça de estudar, mas lembrava que a prova estava chegando, e me sentia obrigado a passar, pois tinha na cabeça que minha vida de verdade só começaria após passar nesse concurso.

Abri mão de muita coisa mesmo, parei de sair, de beber, jogar bola, que é algo que gosto muito. Afastei de todos os amigos, apenas consegui conciliar meu relacionamento pois minha namorada estava estudando comigo e me dando força sempre.

Eu namoro e moro com meus pais, todos me apoiaram inclusive minha namorada até estudou junto comigo com a intensão de passar também, porém não conseguiu, mas isso não a desmotivou, vai continuar tentando. Alguns amigos acabaram se afastando um pouco. Além de tudo meu pai por ser Policial Militar me deu muita força também.

As únicas provas que tinha feito em maior nível foi ENEM, este foi o meu primeiro concurso e apenas comecei quando abriu o edital, pois surgiu este curso de Gestão em Segurança Privada que me fornecia condições de prestar o concurso, porque antes disso eu não tinha graduação necessária.           

Conheci o AlfaCon na internet, procurando vídeo-aulas para estudar, então achei um vídeo de direito penal do Evandro Guedes e adorei, então pesquisei por mais vídeos do AlfaCon. O AlfaCon me ajudou de todas as formas, com material, motivação e suporte de estudos.         

Minha técnica de estudo é apenas leitura, o que acho importante transcrevo, e resolvo bastante questões, sempre as corrigindo para saber onde estou errando.

Minha maior dificuldade foi ficar sem trabalhar e dentro de casa o tempo todo. Mas procurava fazer com que o tempo passasse mais rápido possível, então eu estudava bastante e procurava me interessar pelas matérias.

Quando a prova se aproximou, potencializei os estudos, um pouco ansioso, mas não nervoso. Sempre fui muito calmo em questões de prova, acho que por isso me saia bem.

Acredito que pelo tempo que tinha livre poderia ter estudado mais e tirado uma nota mais alta. Mas não desistam, estudem bastante, tenham foco força e fé. E lembrem do que o nosso professor Evandro Guedes diz “Pensar alto e pensar baixo dá o mesmo trabalho, então vamos pensar alto”. Mesmo que venha as dificuldades do dia a dia, passe por cima delas que no fim do túnel sempre haverá uma luz para te acolher.”


Paulo Cezar Grigio – Aprovado no concurso PC PR

“Minha preparação para o Concurso da Policia Civil do PR iniciou-se no AlfaCon, onde encontrei professores especialistas em concursos públicos. Com aulas dinâmicas e material sintetizado meus estudos renderam muito. Através da equipe do AlfaCon percebi que o estudo fora de sala de aula tem de ser programado, então elaborei meu cronograma estudando em média 4h por dia durante 2 meses. Ainda aprendi a interpretar a banca elaboradora da prova.

Minhas expectativas antes da prova eram boas, pois, participei de 2 simulados do AlfaCon que me deixaram mais confiante na minha aprovação. Depois do resultado positivo no concurso acabei diminuindo meu ritmo de estudos por um período de um mês até passar a ansiedade das próximas etapas do concurso. No momento estou voltando ao meu ritmo de estudos para o próximo certame.

O AlfaCon foi e está sendo essencial na minha preparação. Com uma equipe de retaguarda organizada que dá todo o suporte para o bom funcionamento do curso e professores focados nos editais mostrando aos alunos a maneira correta de se preparar para concursos o AlfaCon vem auxiliando muitos alunos a alcançarem a aprovação.

Para quem está iniciando agora nessa luta de concurseiro fica algumas dicas:
– Escolha e foque a área de preferência: Tribunais, Carreira Policial etc;

– Organize seus estudos: reserve um horário para estudar em casa elaborando um cronograma para não estudar muito uma disciplina só;
– Decifre a banca que irá elaborar a prova: resolva provas anteriores da mesma banca;
– Sintetize seu material de estudos: estude o que será cobrado;
– Por fim, procure um curso preparatório onde poderá ser orientado com maior precisão. Eu recomendo o AlfaCon.

Aos professores e a equipe do AlfaCon fica meus agradecimentos a motivação e apoio nessa caminhada!”

 

Comentários

comentarios