Receita Federal: 1.312 vagas solicitadas

352

receita_federal_concurso

O Ministério da Fazenda já recebeu a demanda de realização de concurso da Receita Federal. De acordo com uma fonte no órgão, foi formulado um pedido “bastante realista”, para que a proposta seja de fato atendida. Por conta disso, foi solicitado apenas concurso para os cargos de Assistente Técnico Administrativo, de nível médio, e Analista Técnico Administrativo, de nível superior, pertencentes à área de apoio.

O orçamento da União foi aprovado no dia 15 de dezembro pelos deputados e senadores e segundo a Secretaria Executiva da Comissão do Orçamento do Congresso Nacional, a parte de informações complementares também está inclusa na aprovação, que prevê a realização de diversos concursos no ano de 2017, incluindo o da Receita Federal. 

O Ministério da Fazenda enviou ao Ministério do Planejamento, em 25/05, o pedido de 1.312 vagas. São 904 para Assistente Técnico Administrativo, 408 vagas para cargos de nível superior, destacando a oferta de 257 vagas apenas para Analista Técnico Administrativo. A quantidade de vagas solicitadas é inferior à carência da Receita, que chega em torno de 4 mil servidores. 

Com um impacto menor no orçamento, a expectativa é de que o concurso possa ser autorizado. Uma das preocupações é com a aceleração das aposentadorias, por conta da reforma da previdência que está em discussão no Congresso Nacional. Vale lembrar que no começo de 2016 o órgão já havia solicitado um novo concurso e teve o pedido rejeitado, pois a ordem era conter os gastos públicos, por isso, há grandes chances de ser autorizado em 2017. 

>> Confira algumas dicas para sua preparação

Vagas

Para os interessado em fazer o concurso da Receita Federal, fica cada vez mais claro que a hora de começar a estudar é agora. Nas informações complementares consta o pedido de 1.312 vagas para a área administrativa, com contratações via regime estatutário, que prevê estabilidade. 

As vagas são para a área administrativa, para os cargos de Assistente Técnico Administrativo, que tem exigência apenas de nível médio completo, com remuneração inicial de R$4.137,97, já incluindo o auxílio-alimentação, de R$458; e Analista Técnico Administrativo, sendo necessária a formação de nível superior em qualquer área, o cargo possui remuneração inicial de R$5.490,09.

O último concurso para Assistente Técnico Administrativo ofertou 1.026 vagas em 2014, e a seleção mais recente para Analista Técnico Administrativo, ofertou 192 vagas, ocorrendo em 2013. Nos dois casos, a banca organizadora foi a Esaf (Escola de Administração Fazendária), que realiza os concursos no âmbito do Ministério da Fazenda.

receita_federal_CARGO_1

>> Comece agora sua preparação

Déficit

Hoje, o déficit de servidores na Receita Federal chega a mais de 25 mil, por isso, a realização de uma nova seleção será de extrema importância. 

O déficit se divide em 5 mil para as áreas administrativas, e mais de 20 mil para área fiscal, considerando a quantidade de vagas prevista em lei. Isso, sem contar que, na área administrativa, há a possibilidade de acontecerem cerca de 1.300 aposentadorias, dos 4 mil servidores que estão em atividade. Essa falta de pessoal pode causar sérios problemas na Receita Federal, é o que diz o presidente do sindicato nacional dos servidores administrativos (Sindfazenda), Luís Roberto da Silva.

O Tribunal de Contas da União (TCU) já apontou, em auditoria sobre as fronteiras, a defasagem de servidores da Receita. O reforço de pessoal, pode ajudar o país a sair da crise financeira, em razão do potencial de arrecadação dos servidores.

info_de_deficit

Por que estudar para a receita? 

A Receita Federal tem as remunerações mais altas dentre os concursos públicos para nível superior. E os vencimentos para nível médio também não ficam pra trás. Além da remuneração, os cargos chamam a atenção.
Outros cargos da Receita Federal:

  • Auditor-Fiscal

Confira as disciplinas cobradas no último concurso:

receita_federal_concurso01

As provas discursivas valiam 60 pontos e poderiam versar sobre as disciplinas: Direito Tributário ou Comércio Internacional e Legislação Aduaneira. Dentro da Disciplina de Direito Tributário, também são cobrados alguns pontos de Direito Previdenciário, essa mudança ocorreu a partir do concurso de 2012.

  • Analista-Tributário

Confira as disciplinas cobradas no último concurso:

blog_recceita_federal_analista_materias

As provas discursivas valiam 100 pontos e poderiam versar sobre as disciplinas: Direito Constitucional, Administrativo e Tributário, Administração Geral, Legislação Tributária e Legislação Aduaneira. 

>> Comece estudar gratuitamente 

receita_federal_BANCA

Comentários

comentarios