Concurso Anatel: agência pretende preencher 333 vagas em 2021

1547

Um novo concurso Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) pode ser autorizado para preenchimento de vagas em diversos cargos

Segue em pauta a realização de um novo concurso Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) ainda em 2021. Para isto, a agência aguarda apenas parecer, por parte do Ministério da Economia, de um pedido em análise desde maio, que visa preencher 333 vagas em seu quadro de pessoal.

Do total de postos, 183 são para cargos com exigência de ensino médio com formação técnica, e 150 para cargos com exigência de nível superior, com remunerações iniciais de até R$ 15.516,12. Novas informações devem ser confirmadas em breve.

Conheça nosso curso: Técnico Administrativo – ANATEL

Para quem possui ensino médio o pedido é para 99 vagas para o cargo de técnico administrativo e 84 para técnico em regulação de serviços públicos de telecomunicações. Para os técnicos administrativos, o inicial é de R$ 7.474,67 e para os técnicos em regulação, R$ 7.846,47, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458.

Para nível superior são 46 postos para o cargo de analista administrativo e 104 para especialista em regulação de serviços públicos de telecomunicação. Para analista administrativo, o inicial é de R$ 14.265,57, enquanto para os especialistas, é de R$ 15.516,12, já considerando os R$ 458.

Leia mais: Carreira Administrativa: concursos previstos para 2021

O pedido equivale ao total de vagas em aberto na ocasião do envio do pedido que, de um total de 1.600 postos, apenas 1.357 estavam ocupados. Desde então, a carência de pessoal tende a ter se intensificado ainda mais.

Concurso Anatel – Saiba como foi a última seleção

O último concurso Anatel ocorreu em 2014, quando foram oferecidas 100 vagas, sendo 20 para técnico administrativo, 12 para técnico em regulação, 20 para analista administrativo e 48 para especialistas. A banca organizadora, na ocasião, foi o Cespe/UnB, atual Cebraspe.

Leia mais: Cebraspe: conheça as principais características da banca

No caso de técnico administrativo, as oportunidades foram para as áreas de administração e comunicação.  Para analista administrativo, as opções foram para arquitetura, direito, tecnologia da informação e engenharia civil e para especialistas, em diversas áreas, incluindo mídia digital, economia, contabilidade, engenharia, direito e métodos quantitativos.

| Veja mais notícias aqui! |