Concurso CGU: saiba como serão as provas e distribuição de vagas por estados

599

O concurso CGU (Controladoria Geral da União) contará com 375 vagas, sendo 300 para o cargo de auditor e 75 para técnico de finanças e controle

O aguardado novo concurso CGU (Controladoria Geral da União) segue em fase de escolha da banca e tem a publicação do edital de abertura de inscrições prevista para ocorrer até novembro, com aplicação das provas em fevereiro, segundo o ministro Wagner Rosário. Porém, novas informações de interesse dos candidatos acabam de ser divulgadas, por meio do projeto básico, utilizado para a escolha da banca organizadora. Seis empresas foram convocadas para apresentar propostas.

Ao todo serão oferecidas 375 vagas, sendo 300 para o cargo de auditor fiscal de finanças e controle e 75 para técnico de finanças e controle. Para concorrer a técnico será necessário possuir apenas ensino médio, com inicial de R$ 7.283,31. Para as vagas de auditor será exigido nível superior, com iniciais de R$ 19.197,06. O certame já está autorizado desde 27 de julho pelo Ministério da Economia e a previsão é de que, uma vez publicado o edital em novembro, a nomeação dos aprovados possa ter início em maio.

💡📚 Conheça nosso curso online e GRATUITO para o concurso CGU: Auditor Federal de Finanças e Controle

Além da remuneração básica, os aprovados também contarão com R$ 458 de auxílio-alimentação, elevando os ganhos para R$ 7.741,31 para os técnicos e R$ 19.655,06 para auditor.

De acordo com o projeto básico a carreira de auditor contará com oportunidades nas seguintes áreas de atuação:

  • tecnologia da informação
  •  fiscalização
  • auditoria
  • direito
  • finanças
  • contabilidade pública

👉 Leia mais: Carreira Fiscal: o que você ainda não sabe sobre a área

Concurso CGU: veja distribuição de vagas por estados

O projeto básico do concurso CGU também indica a distribuição das vagas imediatas por estados.

As 75 oportunidades serão distribuídas da seguinte forma:

  • Distrito Federal (51 vagas, sendo 10 para negros)
  • Acre (2 para ampla concorrência)
  • Amazonas (4, sendo 1 para negros)
  • Amapá (4, sendo 1 para negros)
  • Pará (4, sendo 1 para negros)
  • Rondônia (4, sendo  1 para negros)
  • Roraima (3, sendo 1 para negros)
  • Tocantins (3, sendo 1 para negros)

Já as 300 de auditor serão distribuídas da seguinte forma:

  • Distrito Federal (254, sendo 52 para negros)
  • Acre (6, sendo 1 para negros)
  • Amazonas (7, sendo 1 para negros)
  • Amapá (6, sendo 1 para negros)
  • Pará (10, sendo 2 para negros)
  • Rondônia (5, sendo 1 para negros)
  • Roraima (6, sendo 1 para negros)
  • Tocantins (6, sendo 1 para negros)

💡📚 Conheça nosso curso online e GRATUITO para o concurso CGU: Técnico de Finanças e Controle

De acordo com o projeto básico, a aplicação das provas deverá ocorrer na localidade escolhida no ato da inscrição. Porém, o ministro anunciou, recentemente, que avalia a possibilidade de aplicação das provas em todas as capitais, condição que, para se concretizar, dependerá de revisão deste critério, indicado no projeto básico, com a banca contratada.

O ministro já antecipou, ainda, que as disciplinas ainda estão sendo definidas, mas não deverão contar com muitas mudanças em relação ao concurso anterior.

Também confirmou que haverá vagas voltadas para a área de conhecimentos específicos em direito, mas sem necessidade de graduação na área e que o certame contará com oportunidades para todos os estados da região norte do país.

Além disso, segundo ele, para a carreira de técnico, a seleção contará com prova única, sem áreas de conhecimentos diferenciadas.

Concurso CGU: saiba como serão as provas

No concurso CGU, de acordo com o projeto básico, a seleção contará com quatro etapas:

  • provas objetivas
  • provas discursivas
  • perícia médica para candidatos com deficiência
  • verificação da condição declarada para candidatos negros

👉 Leia mais: Como se preparar para Concurso para Carreira Fiscal

A prova objetiva deverá versar sobre conhecimentos básicos e conhecimentos especializados. A seleção poderá contar com 120 questões do tipo certou ou errado ou, ainda, 70 de múltipla escolha, com cinco alternativas

Na prova discursiva, para os técnicos, o exame contará com uma redação de 30 linhas sobre atualidades.

Para os auditores versarão sobre conhecimentos específicos, com uma dissertação ou peça técnica de até 90 linhas e duas questões, com até 15 linhas cada.

Notícias Anteriores

10/09/2021

Concurso CGU: veja quais bancas participam da disputa para novo edital

O concurso CGU (Controladoria Geral da União) contará com 375 vagas, sendo 300 para o cargo de auditor e 75 para técnico de finanças e controle

O novo concurso CGU (Controladoria Geral da União) deve contar com publicação do edital em novembro, com aplicação de provas em fevereiro, segundo o ministro Wagner Rosário. Para isto, uma vez já autorizado o certame, o próximo passo é definir o nome da banca organizadora, que deve ser anunciada nas próximas semanas. Neste sentido, de acordo com as últimas informações, seis empresas receberam convite para apresentação de propostas.

Ao todo serão oferecidas 375 vagas, sendo 300 para o cargo de auditor fiscal de finanças e controle e 75 para técnico de finanças e controle. Para concorrer a técnico será necessário possuir apenas ensino médio, com inicial de R$ 7.283,31. Para as vagas de auditor será exigido nível superior, com iniciais de R$ 19.197,06. O certame já está autorizado desde 27 de julho pelo Ministério da Economia e a previsão é de que, uma vez publicado o edital em novembro, a nomeação dos aprovados possa ter início em maio.

💡📚 Conheça nosso curso online e GRATUITO para o concurso CGU: Auditor Federal de Finanças e Controle

As bancas em disputa são as seguintes:

  • IBFC
  • Cebraspe
  • FCC
  • FGV
  • Cesgranrio
  • Iades

💡📚 Conheça nosso curso online e GRATUITO para o concurso CGU: Técnico de Finanças e Controle

Um ponto ainda em estudos é se a seleção contará com provas em todas as capitais. Inicialmente, o ministro havia afirmado que a aplicação ocorreria somente nos estados com oferta de vagas. Porém, mais recentemente disse que avalia a possibilidade de alterar isso, para que ocorra a aplicação em todas as capitais.

O ministro já antecipou, ainda, que as disciplinas ainda estão sendo definidas, mas não deverão contar com muitas mudanças em relação ao concurso anterior.

👉 Leia mais: Carreira Fiscal: o que você ainda não sabe sobre a área

Também confirmou que haverá vagas voltadas para a área de conhecimentos específicos em direito, mas sem necessidade de graduação na área e que o certame contará com oportunidades para todos os estados da região norte do país.

Além disso, segundo ele, para a carreira de técnico, a seleção contará com prova única, sem áreas de conhecimentos diferenciadas.

Notícias Anteriores

02/09/2021

Concurso CGU: segundo ministro, provas poderão ocorrer em todas capitais

O concurso CGU (Controladoria Geral da União) contará com 375 vagas, sendo 300 para o cargo de auditor e 75 para técnico de finanças e controle

Nesta quinta-feira, 2 de setembro, o ministro Wagner Rosário voltou a esclarecer dúvidas de candidatos sobre o novo concurso CGU (Controladoria Geral da União), por meio de suas redes sociais. Uma boa novidade é que, segundo ele, está sendo avaliada a possibilidade de aplicação das provas em todas as capitais. No último dia 27, também em resposta a candidatos, havia dito que os exames ocorreriam apenas nos estados com oferta de vagas. Porém, em atendimento aos interessados, já cogita alterar esta condição. O ministro já havia antecipado que a publicação do edital deve ocorrer até dezembro, com aplicação de provas entre janeiro e fevereiro.

Ao todo serão oferecidas 375 vagas, sendo 300 para o cargo de auditor fiscal de finanças e controle e 75 para técnico de finanças e controle. Para concorrer a técnico será necessário possuir apenas ensino médio, com inicial de R$ 7.283,31. Para as vagas de auditor será exigido nível superior, com iniciais de R$ 19.197,06. O certame já está autorizado desde 27 de julho pelo Ministério da Economia e a previsão é de que, uma vez publicado o  edital até dezembro, a nomeação dos aprovados possa ter início em maio.

💡📚 Conheça nosso curso online e GRATUITO para o concurso CGU: Auditor Federal de Finanças e Controle

É importante ressaltar que, em 27 de agosto, foi publicada a portaria 10.352, assinada pelo secretário especial de desburocratização, gestão e governo digital, Caio Mário Paes de Andrade, que autoriza a redução do prazo de aplicação das provas do certame para dois meses após a publicação do edital,  no sentido de agilizar o certame. O prazo, definido por lei, é de quatro meses, com possibilidade de redução, mediante aval do Ministério da Economia.

O ministro já antecipou, ainda, que as disciplinas ainda estão sendo definidas, mas não deverão contar com muitas mudanças em relação ao concurso anterior.

💡📚 Conheça nosso curso online e GRATUITO para o concurso CGU: Técnico de Finanças e Controle

Também confirmou que haverá vagas voltadas para a área de conhecimentos específicos em direito, mas sem necessidade de graduação na área e que o certame contará com oportunidades para todos os estados da região norte do país.

Além disso, segundo ele, para a carreira de técnico, a seleção contará com prova única, sem áreas de conhecimentos diferenciadas.

Notícias Anteriores

30/08/2021

Concurso CGU: “provas em janeiro ou fevereiro”, anuncia ministro Wagner Rosário

O concurso CGU (Controladoria Geral da União) contará com 375 vagas, sendo 300 para o cargo de auditor fiscal de finanças e controle e 75 para técnico de finanças e controle

Quem pretende participar do novo concurso CGU (Controladoria Geral da União) deve intensificar os estudos. Após a publicação, no último dia 27 de agosto, da portaria 10.352, assinada pelo secretário especial de desburocratização, gestão e governo digital, Caio Mário Paes de Andrade, que autoriza a redução do prazo de aplicação das provas do certame para dois meses após a publicação do edital, agora foi a vez do próprio ministro Wagner Rosário se posicionar à respeito. Em resposta a candidatos em suas redes sociais, sobre a possibilidade de aplicação das provas ainda em 2021, o ministro disse que “o mais prudente é dizer que será em janeiro ou fevereiro de 2022“. No entanto, isto reforça que a publicação do edital deve ocorrer, no mais tardar, até dezembro, para que a aplicação dos exames ocorra, no máximo,  em fevereiro.

💡📚 Conheça nosso curso online e GRATUITO para o concurso CGU: Auditor Federal de Finanças e Controle

Além disso, reforçou que as disciplinas ainda estão sendo fechadas. “Estamos em fase de contratação da banca. Mas a maioria das matérias não tem como mudar muito. Vão focando naquelas que não têm erro”, disse.

O concurso CGU contará com uma oferta de 375 vagas, sendo 300 para o cargo de auditor fiscal de finanças e controle e 75 para técnico de finanças e controle. Para concorrer a técnico será necessário possuir apenas ensino médio, com inicial de R$ 7.283,31. Para as vagas de auditor será exigido nível superior, com iniciais de R$ 19.197,06. O certame já está autorizado desde 27 de julho pelo Ministério da Economia e a previsão é de que o edital de abertura de inscrições seja divulgado até dezembro, com nomeação dos aprovados em maio.

De acordo com o último levantamento funcional, a real necessidade da CGU é bem superior ao total solicitado. O órgão conta com 3.146 vagas em aberto para estas carreiras, sendo 1.681 para técnicos e 1.465 para auditores.

👉 Leia mais: Carreira Fiscal: o que você ainda não sabe sobre a área

Notícias Anteriores

O concurso CGU (Controladoria Geral da União) contará com 375 vagas, sendo 300 para o cargo de auditor fiscal de finanças e controle e 75 para técnico de finanças e controle

O edital do novo concurso CGU (Controladoria Geral da União) está cada vez mais próximo de ser publicado. O órgão tem pressa em realizar o certame, tendo em vista a grande necessidade de pessoal. Mais um passo neste sentido ocorreu nesta sexta-feira, 27 de agosto, como a publicação, no diário oficial da União, da portaria 10.352, assinada pelo secretário especial de desburocratização, gestão e governo digital, Caio Mário Paes de Andrade, que autoriza a redução do prazo de aplicação das provas do certame para dois meses após a publicação do edital.

💡📚 Conheça nosso curso online e GRATUITO para o concurso CGU: Auditor Federal de Finanças e Controle

Vale ressaltar que o decreto 9739, de 28 de março de 2019, assinado pelo presidente Jair Bolsonaro, determina um prazo de quatro meses entre a publicação dos editais e aplicação das provas objetivas nos concursos públicos federais. Porém, tal regra admite exceções, de acordo com a urgência e necessidade do órgão em contratar servidores, mediante autorização do Ministério da Economia, o que se concretiza agora no concurso CGU.

💡📚 Conheça nosso curso online e GRATUITO para o concurso CGU: Técnico de Finanças e Controle da Controladoria Geral da União

Concurso CGU: veja publicação oficial

PORTARIA SEDGG/ME Nº 10.352, DE 24 DE AGOSTO DE 2021

O SECRETÁRIO ESPECIAL DE DESBUROCRATIZAÇÃO, GESTÃO E GOVERNO DIGITAL, tendo em vista o disposto no § 2º do art. 41 do Decreto nº 9.739, de 28 de março de 2019, e a delegação de competência de que trata o inciso IV do art. 27 da Portaria ME nº 406, de 8 de dezembro de 2020, resolve:

Art. 1º Autorizar a redução, para dois meses, do prazo de antecedência mínima entre a publicação do edital do concurso público e a realização da primeira prova no certame, autorizado pela Portaria SEDGG/ME nº 8.949, de 26 de julho de 2021, para provimento de 375 (trezentos e setenta e cinco) cargos do quadro de pessoal da Controladoria-Geral da União.

Art. 2º A responsabilidade pela edição dos atos necessários à efetiva realização do concurso e ao provimento dos cargos será da Controladoria-Geral da União, a quem caberá editar as respectivas normas, mediante a publicação de editais, portarias ou outros atos administrativos necessários, de acordo com as disposições do Decreto nº 9.739, de 28 de março de 2019.

Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

CAIO MÁRIO PAES DE ANDRADE

👉 Leia mais: Carreira Fiscal: o que você ainda não sabe sobre a área

Notícias Anteriores

O concurso CGU (Controladoria Geral da União) contará com 375 vagas, sendo 300 para o cargo de auditor fiscal de finanças e controle e 75 para técnico de finanças e controle

Cresce a expectativa pela realização do novo concurso CGU (Controladoria Geral da União). O certame já está autorizado desde 27 de julho pelo Ministério da Economia e a previsão é de que o edital de abertura de inscrições seja divulgado até dezembro, com nomeação dos aprovados em maio. Para isto, o processo segue em fase de escolha da banca organizadora, que deve ser anunciada nas próximas semanas. Novas informações devem ser confirmadas em breve.

Ao todo serão oferecidas 375 vagas, sendo 300 para o cargo de auditor fiscal de finanças e controle e 75 para técnico de finanças e controle. Para concorrer a técnico será necessário possuir apenas ensino médio, com inicial de R$ 7.283,31. Para as vagas de auditor será exigido nível superior,  com iniciais de R$ 19.197,06.

💡📚 Conheça nosso curso online e GRATUITO para o concurso CGU: Auditor Federal de Finanças e Controle

De acordo com o último levantamento funcional, a real necessidade da CGU é bem superior ao total solicitado. O órgão conta com 3.146 vagas em aberto para estas carreiras, sendo 1.681 para técnicos e 1.465 para auditores.

Concurso CGU: saiba como foi a última seleção

O último concurso CGU ocorreu em 2012, quando foram oferecidas 250 vagas para o cargo de analista de finanças e controle. A seleção foi destinada para as seguintes áreas de atuação: administrativa (18 vagas), correição (12), comunicação social (4), auditoria e fiscalização – infraestrutura (22), auditoria e fiscalização – geral (118), TI – sistemas (32), TI – infraestrutura (14) e prevenção e ouvidoria (30). A lotação foi no Distrito Federal e estados de Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima.

💡📚 Conheça nosso curso online e GRATUITO para o concurso CGU: Técnico de Finanças e Controle da Controladoria Geral da União

A seleção contou com provas objetivas de conhecimentos básicos, conhecimentos específicos e conhecimentos especializados A parte de conhecimentos básicos contou com temas sobre língua portuguesa (20), administração pública (5), língua inglesa ou espanhola (5) e raciocínio lógico, quantitativo e analítico (5). Em conhecimentos específicos, direito constitucional (10), direito administrativo (10) e AFO (10). Já em conhecimentos especializados, o total variou de acordo com o cargo.

Resumo do Concurso

Vagas: 375
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Técnico, Analista
Áreas de Atuação: Administrativa
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 7283,00 Até R$ 19197,00
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

126 Comentário

  1. The best compliments are geniuine compliments. Say what you really think if you think she has a fucking amazing body just say it.You got nothing to loose.
    Comments can make or break someone’s mood as it can do for someone’s impression as well. Language plays the most important part in human communication. Success in this area depends on your idea of interaction, 
    카지노사이트

  2. the frequency you share with the other person, how you choose to form your ideas into words that would convey the meaning and also how you perceive things to form ideas.
    Many might think that commenting on anything about a girl can be very tricky, but that shouldn’t be something to worry about as long as you are being genuine, good-natured, amiable and decent.
    개츠비카지노

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here