Concurso INSS: estudos para novo edital de efetivos em 2021

546

Com a expectativa de um  novo concurso INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) para preenchimento efetivo de vagas após o término da validade dos contratos temporários, em andamento, o órgão confirmou, recentemente, que se programa para realizar levantamento da necessidade de servidores em 2021. Com isto, a solicitação poderá ser encaminhada ao Ministério da Economia para que o certame seja considerado no orçamento do ano seguinte, prazo em que também deverão ser encerrados os contratoos do pessoal contratado em regime temporário.

De qualquer forma, a necessidade de pessoal é grande e o próprio presidente do órgão, Leonardo Rolim, confirma a intenção de realizar novos concursos. “Vamos precisar fazer concursos, mas agora não é o momento”, disse, em entrevista ao jornal O Globo.

O último pedido autorização para o concurso INSS, enviado em 2019 para o Ministério da Economia, foi para 7.888 vagas, sendo 3.984 para o cargo de técnico (área meio), 1.692 para analista (diversas formações) e 2.212 para perito.

A carreira de técnico do seguro social é uma das mais visadas no processo seletivo do INSS, ainda mais que exige apenas ensino médio completo e apresenta salário inicial de R$ 5.344,87, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458.

O emprego de analista exige formação superior em diversas áreas de atuação (incluindo serviço social, administração, engenharia, direito, pedagogia, psicologia, comunicação, ciências sociais, arquitetura e letras, entre outras), sendo que a remuneração corresponde a R$ 7.954,09 por mês, contado o benefício alimentação.

Já a posição de perito destina-se aos profissionais com graduação em medicina e registro no respectivo conselho regional. O inicial é de R$ 8.988,41, também no auxílio.

Concurso INSS: último edital

No final de 2015, foi lançado o edital do concurso INSS com o objetivo de preencher 950 vagas. Um total de 800 oportunidades era na função de técnico e as outras 150 para analista – serviço social.

A banca organizadora do concurso INSS foi o Cespe/UnB e os participantes passaram por uma prova com questões no estilo certo ou errado.

O último certame, cujo resultado foi publicado no dia 4 de agosto, foi um dos mais concorridos da história. Ao todo, a seleção registrou nada menos que 1.087.789 inscrições, sendo 1.043.807 somente para técnico do seguro social – em número de inscritos, perdeu apenas para duas outras seleções: a da Caixa Econômica Federal (CEF) realizada 2014, com 1.156.744 candidatos; e a da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) promovida em 2011, com 1.120.393 participantes.

Considerando foram oferecidas 800 oportunidades para técnico, é possível concluir que a concorrência foi de aproximadamente 1.304 candidatos por vaga.

Secao: Concursos

Esfera: Federal

Estados: AC,AL,AM,AP,BA,CE,DF,ES,GO,MA,MG,MS,MT,PA,PB,PE,PI,PR,RJ,RN,RO,RR,RS,SC,SE,SP,TO

Áreas: Administrativa

Organizadora:

Órgão: INSS

Descrição: O novo concurso INSS (Instituto Nacional de Serviço Social) conta com último pedido ao Ministério da Economia com 7.888 vagas

Cargos: Técnico,Analista,Perito

Escolaridades: Ensino Médio,Ensino Técnico,Ensino Superior

Vagas: 8230

Salario: de R$ 5344.00 até R$ 7900.00

Data Noticia: 15/06/2020