Concurso Marinha: inscrições abertas para 508 vagas em todo o Brasil

4481

Distribuídas entre funções de níveis fundamental e médio/técnico, ofertas no concurso Marinha pagam até R$ 3,3 mil e estão espalhadas por 20 Estados e o DF. Veja o passo a passo de como participar

Estão abertas as inscrições para o concurso Marinha destinado a preencher 508 vagas temporárias para o Serviço Militar Voluntário (SMV) como praça de segunda classe nos nove Distritos Navais do país.

Há cargos para profissionais de níveis fundamental e médio/técnico de escolaridade, com vencimentos iniciais de R$ 2.320 e R$ 3.380, respectivamente.

Os editais oferecem oportunidades para atuação em quatro áreas: industrial, administrativa, de saúde e de apoio. Os candidatos devem possuir idade entre 18 e 40 anos.

Conheça nosso curso GRATUITO: Escola de Aprendizes-Marinheiros Navais – Marinha do Brasil 

Além do Distrito Federal, o processo seletivo tem vagas em 20 Estados: Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

Como se inscrever

Com taxa de R$ 60, as inscrições para o concurso Marinha vão até 4 de março, mediante o preenchimento de formulário disponível no site https://www.marinha.mil.br.

Ao acessar a página, os candidatos devem selecionar o Distrito Naval de seu interesse para completar o cadastro. São eles:

Concurso Marinha: o que vai cair na prova

Prevista para 2 de maio, a prova objetiva cobrará a resolução de 50 questões de múltipla escolha sobre língua portuguesa e conhecimentos militares-navais. As demais etapas incluem:

  • verificação de documentos;
  • inspeção de saúde;
  • teste físico (natação e corrida);
  • e análise de títulos.

Conheça nosso curso GRATUITO: Básico para Carreiras Militares

Situação após a incorporação

Após a conclusão de todas as provas do concurso Marinha, os candidatos habilitados para o SMV cumprirão estágio inicial, dividido em duas etapas, ao longo de 12 meses.

Os aprovados na primeira fase, que consiste na instrução militar-naval e tem duração de 60 dias, serão promovidos a marinheiro especializado (cargos de nível fundamental) e cabo (ensino médio/técnico).

O período restante de treinamento será destinado à aplicação de conhecimentos técnico-profissionais na Organização Militar escolhida pelos recrutas para servir.

De acordo com os editais, os praças temporários poderão permanecer por até oito anos na Marinha. A renovação do tempo de serviço ocorre anualmente, a critério de cada Distrito Naval.

| Veja mais notícias aqui! |