Concurso Ministério da Justiça: autorizado novo edital para o preenchimento de 350 vagas

50

Um novo concurso Ministério da Justiça deverá ter início em breve. A seleção foi autorizada nesta quarta-feira, 8 de julho, pelo secretário especial de desburocratização, gestão e governo digital do Ministério da Economia, Paulo Spencer Uebel. De acordo com a portaria 16.017, a seleção será destinada para o preenchimento de 350 vagas, para contratações em caráter temporário. Os cargos que serão oferecidos ainda deverão ser confirmados pelo governo, mas o documento antecipa que as oportunidades serão para atuar em projetos de transformação digital em serviços públicos. Desta forma, a tendência é de que sejam oferecidas vagas para profissionais com formação na área de informática e tecnologia. Os interessados devem ficar atentos para novas informações

O documento determina um prazo de seis meses para a publicação do edital, ou seja, até o dia 8 de janeiro. Porém, nos casos de processos seletivos para contratações temporárias, tendo em vista a grande necessidade e urgência pela realização dos trabalhos, os editais costumam ser liberados muito antes do prazo limite de seis meses estipulado nas respectivas autorizações.

Ainda segundo o documento, o prazo de duração dos contratos será de até quatro anos.

Os contratos poderão ser prorrogados, desde que devidamente justificados, com base nas necessidades para a conclusão dos trabalhos

Vale ressaltar que o Ministério da Justiça também conta com a intenção de realizar novo concurso público para o preenchimento de vagas efetivas, aguardando parecer do Ministério da Economia para  365 vagas.

Concurso Ministério da Justiça: saiba como foi a última seleção

O último concurso Ministério da Justiça para contratações em caráter temporário ocorreu recentemente e ainda se encontra em andamento. A seleção recebeu inscrições até 29 de junho, para o preenchimento de 35 vagas, também com duração de contratos por até quatro anos.

A seleção é destinada a quem possui  nível superior em qualquer área ou áreas específicas, com remuneração inicial de R$ 8.300, com jornada de 40 horas semanais.

Há chances para a carreira de atividades técnicas de complexidade gerencial de tecnologia da informação e de engenharia sênior.

Do total de postos, 10 são para a área de engenharia de dados – Big Data (com 1 vaga para portadores de deficiência e 2 para negros) , 13 para analistas de governança de dados – Big Data (1 para portadores de deficiência e 3 para negros) e 12 para a carreira de cientista de dados – Big Data (1 para portadores de deficiência e 2 para negros).

Para cientista de dados é necessário possuir formação superior em informática ou computação e cinco anos de experiência em coordenação de projetos, projetos em ambientes ou linguagem de software, também sendo aceitos mestrado ou doutorado na área, bem como superior em qualquer área com pós-graduação em informática com cinco anos de experiência em tecnologia da informação ou mestrado ou doutorado na área.

Para analista de governança de dados, superior na área de informática ou computação, com cinco anos em tecnologia da informação ou mestrado ou doutorado na área, sendo aceito, ainda, superior em qualquer área, com pós em informática ou computação, com cinco anos em funções de tecnologia da informação. Também são aceitos mestrado ou doutorado na área.

Para engenheiro de dados, formação superior em informática ou computação, com cinco anos de experiência em tecnologia de informação, também sendo considerados mestrado ou doutorado ou superior em qualquer área, com pós-graduação em informática ou computação com cinco anos de experiência ou mestrado ou doutorado.

Seção: Concursos

Esfera: Federal

Estados: AC,AL,AM,AP,BA,CE,DF,ES,GO,MA,MG,MS,MT,PA,PB,PE,PI,PR,RJ,RN,RO,RR,RS,SC,SE,SP,TO

Órgão: Ministério da Justiça e Segurança Pública

Descrição: Novo concurso Ministério da Justiça está autorizado para contratação de pessoal em caráter temporário. Cargos ainda serão anunciados

Escolaridades: Ensino Superior

Vagas: 350