Concurso PC AL: edital para delegado também deve sair neste semestre, confirma secretário

404

Além de 500 vagas de agente e escrivão, concurso PC AL (Polícia Civil do Alagoas) deve incluir mais 50 vagas de delegado, com iniciais de R$ 12,5 mil

O novo concurso PC AL  (Polícia Civil do Estado do Alagoas), autorizado pelo governador Renan Junior, em 12 de janeiro, deve ter todos seus editais publicados ainda neste semestre. Ao todo, a seleção já conta com 500 vagas iminentes, com editais que devem ser publicados nas próximas semanas.

Além disso, também existem mais 50 em pauta, para a carreira de delegado. De acordo com o secretário de planejamento, gestão e patrimônio do estado (Seplag), Fabrício Marques Santos, para esta carreira o edital deve ser publicado a partir de maio, até, no mais tardar, primeira quinzena de julho.

💡📚 Conheça nosso curso GRATUITO para o concurso PC AL: Agente e Escrivão da Polícia Civil de Alagoas

As 500 vagas iniciais já contam, inclusive, com aval da Procuradoria Geral do Estado (PGE AL) para assinatura do contrato com a banca, que será o Cebraspe. A expectativa é de que o contrato seja assinado nos próximos dias, para que o edital de abertura de inscrições possa efetivamente ser publicado, até meados de maio.

Do total de postos, 368 são para agente e 132 para escrivão. No primeiro caso, a remuneração inicial é de R$ 2.071,80 para escrivão e R$ 3.800 para agentes. Para as duas carreiras é exigida formação de nível superior. No caso de agente, além da escolaridade, os interessados deverão possuir carteira de habilitação.

No caso de delegado, com edital até julho, para concorrer é necessário possuir formação de nível superior em direito, com inicial de R$ 12.593,22.

💡📚 Conheça nosso curso GRATUITO para concurso de Delegado: Curso Delegado de Policia

Concurso PC AL: saiba como serão feitas as seleções

O novo concurso PC AL já conta com disciplinas e etapas definidas.

No caso de agente, as provas objetivas contarão com as seguintes disciplinas:

  • Noções de direito penal
  • Noções de direito processual penal
  • Noções de direito constitucional
  • Noções de direito administrativo
  • Legislação complementar
  • Medicina legal
  • Informática
  • Língua portuguesa

Além disso, a seleção contará com prova discursiva sobre atualidades, testes de aptidão física (barra, flexão abdominal, flexão de braços e corrida de 12 minutos), prova prática de digitação, exames laboratoriais e médicos, avaliação psicológica, investigação social e curso de formação.

No caso de escrivão, as provas objetivas serão sobre:

  • Noções de direito penal
  • Noções de direito processual penal
  • Noções de direito constitucional
  • Noções de direito administrativo
  • Legislação complementar
  • Medicina legal
  • Informática
  • Língua portuguesa

👉 Leia mais: Qual a diferença entre a carreira de Delegado Civil e Delegado Federal?

Posteriormente, a seleção contará com prova discursiva de atualidades, testes físicos (barra, flexão abdominal, flexão de braços e corrida de 12 minutos), prova prática de digitação, exames médicos e laboratoriais, investigação social e curso de formação.

Por fim, para delegado, a prova objetiva será sobre:

  • Direito Penal
  • Direito Processual Penal
  • Direito constitucional
  • Direito administrativo
  • Direito civil
  • Legislação complementar
  • Medicina legal
  • Língua portuguesa
  • Informática

A prova discursiva deve versar sobre direito direito penal, direito processual penal e direito constitucional. O teste físico incluirá barra, flexão abdominal, flexão de braços e corrida de 12 minutos. Posteriormente, haverá exames laboratoriais e médicos, avaliação psicológica, análise de títulos, investigação social e curso de formação.

👉 Leia mais: “Você precisa ter sangue no olho”, aconselha delegado para concurseiros da carreira

Concurso PC AL: veja como foi último edital

O último concurso PC AL ocorreu em 2012, quando foram oferecidas 400 vagas, sendo 240 para agentes, 120 para escrivães e 40 para delegados. A organizadora foi o Cebraspe e a seleção contou com provas objetivas e discursivas, provas de aptidão física, avaliação prática de digitação para o cargo de escrivão, avaliação psicológica, análise de títulos para delegado, investigação social e de conduta pessoal e exames médicos. Além disso, os aprovados foram submetidos a uma segunda etapa, composta de curso de formação policial.

| Veja mais notícias aqui! |

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here