Concurso PF para 1.500 vagas: saiba tudo sobre as carreiras em disputa

1163

Publicado nesta sexta-feira (15), edital do concurso PF (Polícia Federal) tem oportunidades para agente (893 postos), escrivão (400) delegado (123) e papiloscopista (84), com salários de até R$ 23,6 mil

Com edital publicado nesta sexta-feira (15) e inscrições a partir de 22 de janeiro, o novo concurso PF (Polícia Federal) preencherá 1.500 vagas imediatas distribuídas entre quatro carreiras.

Estão em disputa chances para agente (893 postos e salário de R$ 12.522,50), escrivão (400 – R$ 12.522,50), delegado (123 – R$ 23.692,74) e papiloscopista (84 – R$ 12.522,50).

Conheça todos os nossos cursos para o concurso PF, gratuitos e pagos. Clique aqui e confira!

Para o cargo de delegado, os concorrentes devem possuir graduação em direito e experiência mínima de três anos em atividade jurídica ou policial. Já as demais funções cobram curso superior em qualquer área.

Por fim, também é exigido que todos os participantes tenham CNH (Carteira Nacional de Habilitação) categoria “B” ou superior.

As quatro carreiras têm jornada semanal de 40 horas. De acordo com o edital, os contratados atuarão, preferencialmente, no Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins, além de unidades de fronteira.

Do total de postos, o edital reserva 20% a candidatos que se autodeclararem negros e 5% a pessoas com deficiência. Confira a distribuição no quadro abaixo:

Concurso PF: atribuições do cargos

Conheça, a seguir, as atividades que fazem parte da rotina de trabalho dos ocupantes dos quatro cargos, conforme as atribuições detalhadas no edital:

  • Delegado: instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação; orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a prevenção e repressão de ilícitos penais; participar do planejamento de operações de segurança e investigações; supervisionar e executar missões de caráter sigiloso; participar da execução das medidas de segurança orgânica, bem como desempenhar outras atividades, semelhantes ou destinadas a apoiar o órgão na consecução dos seus fins.
  • Agente: investigar atos ou fatos que caracterizem ou possam caracterizar infrações penais, observada a competência da Polícia Federal; proceder à busca de dados necessários; executar todas as tarefas necessárias à identificação, ao arquivamento, à recuperação, à produção e ao preparo dos documentos de informações; executar todas as atividades necessárias à prevenção e repressão de ilícitos penais da competência da Polícia Federal; conduzir veículos automotores, embarcações e aeronaves; auxiliar a autoridade policial em todos os atos de investigação, cumprir medidas de segurança orgânica; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.
  • Escrivão: dar cumprimento às formalidades processuais, lavrar termos, autos e mandados, observando os prazos necessários ao preparo, à ultimação e à remessa de procedimentos policiais de investigação; atuar nos procedimentos policiais de investigação, acompanhar a autoridade policial, sempre que determinado, em diligências policiais; responsabilizar-se pelo valor das fianças recebidas e pelos objetos de apreensão; conduzir veículos automotores; cumprir medidas de segurança orgânica; atuar nos procedimentos policiais de investigação; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.
  • Papiloscopista: executar, orientar, supervisionar e fiscalizar os procedimentos de reconhecimento, isolamento, fixação, coleta, acondicionamento, transporte, recebimento, processamento, armazenamento e descarte de fragmentos e impressões papilares, realização de exames e emissão de laudos oficiais papiloscópicos, representação facial humana e prosopografia; operar e gerir bancos e sistemas automatizados de identificação humana civil e criminal; assistir à autoridade policial; desenvolver estudos na área de identificação humana civil e criminal; conduzir veículos automotores; cumprir medidas de segurança orgânica; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Resumo do edital Concurso PF

ÓRGÃO: Departamento da Polícia Federal – PF
ESTADO (S): Nacional
CARGOS:
Agente de Polícia Federal – 893 – (669 AC ,45 PCD e 179 PP)
Escrivão de Polícia Federal – 400 ( 300 AC, PCD 20, 80PP)
Papiloscopista 84 (62 AC, 17 PCD, 5 PP)
Delegado da Polícia Federal 113 (91 AC, 5 PCD, 17 PP)
STATUS: ABERTO
TOTAL VAGAS: 1.500
NÍVEL: Ensino Superior Completo em qualquer área; para delegado, superior em Direito
REMUNERAÇÃO: R$ 11.983,26
BANCA: Cebraspe – https://www.cebraspe.org.br/
DATA DA INSCRIÇÃO: 22/1/2021 a 9/2/2021 Das 10 horas do primeiro dia às 18 horas do último dia (horário oficial de Brasília/DF)
VALOR DA INSCRIÇÃO:
Delegado R$ 250,00
Demais cargos: R$ 180,00
DATA DA PROVA:
21/03/2021 – TARDE
21/03/2021 – MANHÃ e TARDE (Delta)
DATA DO GABARITO PRELIMINAR:
NÚMEROS DE QUESTÕES: 120 (duração da prova: 4h30min)
FORMATO: Certo ou Errado (“C” ou “E”)

| Veja mais notícias aqui! |