Concurso PF: tudo sobre o cargo de papiloscopista

567

Entenda o que faz o papiloscopista, quanto ganha, etapas do concurso PF e outros detalhes sobre o cargo

Se você é fã de filmes ou séries policiais sobre investigação de crimes, provavelmente já deve conhecer um pouco a respeito do papiloscopista. Cargo superimportante para a PF, esse é o profissional que coleta e analisa fragmentos humanos em locais de crime, e que também pode cumprir tarefas administrativas. 

E a boa notícia é que há vagas para esse cargo no Concurso PF (Polícia Federal), que está com edital aberto. No total, há 84 vagas disponíveis. Nesta matéria, entenda melhor quais são as funções desse profissional, quanto ganha e as exigências para concorrer a uma dessas vagas. Confira abaixo tudo o que você precisa saber sobre o papiloscopista.

Conheça o nosso curso GRATUITO: Papiloscopista da Polícia Federal

O que faz um papiloscopista da PF? 

O papiloscopista é o profissional que faz uso da papiloscopia – ou datiloscopia –, ciência forense que trata da identificação humana por meio das impressões digitais. As principais atividades do papiloscopista, de acordo com o edital da PF, são as seguintes:

  • executar, orientar, supervisionar e fiscalizar os procedimentos de reconhecimento, isolamento, fixação, coleta, acondicionamento, transporte, recebimento, processamento, armazenamento e descarte de fragmentos e impressões papilares, realização de exames e emissão de laudos oficiais papiloscópicos, representação facial humana e prosopografia;
  • operar e gerir bancos e sistemas automatizados de identificação humana civil e criminal;
  • assistir à autoridade policial;
  • desenvolver estudos na área de identificação humana civil e criminal;
  • conduzir veículos automotores;
  • cumprir medidas de segurança orgânica;
  • desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Leia mais: Concurso PF: veja o que estudar com o edital aberto

Quanto ganha?

A remuneração para um papiloscopista em início de carreira é de R$ 12.522,50. Além disso, o profissional recebe benefícios como auxílio-alimentação, ganhos adicionais por lotação em fronteira, entre outros. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais em regime de tempo integral e com dedicação exclusiva.

O que a PF exige para a vaga de papiloscopista?

Os papiloscopistas da PF são profissionais de nível superior. Portanto, o requisito para concorrer a uma das vagas é ter uma graduação em qualquer área de formação

Há também outras exigências comuns para todos os cargos do Concurso da PF:

  • Ser brasileiro ou português amparado pelo Estatuto da Igualdade;
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais e em gozo dos direitos políticos;
  • Estar quite com o serviço militar, se do sexo masculino;
  • Ter completado 18 anos de idade na data de matrícula do curso de formação profissional;
  • Possuir carteira de identidade civil e carteira nacional de habilitação, categoria “B”, no mínimo;
  • Ter aptidão física e mental para exercício do cargo.

Como são as provas para papiloscopista da PF?

O Cebraspe (Cespe) é a banca organizadora do Concurso da PF. E as etapas de provas para o cargo de papiloscopista são:

  • Prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Exame de Aptidão Física, de caráter eliminatório;
  • Avaliação médica, de caráter eliminatório;
  • Primeiro momento da avaliação psicológica, sem caráter eliminatório.

Leia mais: Concurso PF: saiba tudo sobre o TAF

A prova objetiva vale, no total, 120 pontos e é constituída por questões no formato Certo ou Errado (“C” ou “E”). Conforme o edital da PF, serão cobrados conhecimentos nas disciplinas:

  • Língua Portuguesa;
  • Direito Administrativo; Constitucional; Penal e Processual Penal;
  • Legislação Especial;
  • Estatística;
  • Raciocínio Lógico;
  • Informática;
  • Biologia;
  • Física; e
  • Química.

A prova discursiva, por sua vez, vale 13 pontos e consiste em uma redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, com base em tema formulado pela banca examinadora.

Após ser aprovado em todas essas etapas, os classificados ainda devem passar pela Academia Nacional de Polícia, localizada no Distrito Federal.

Leia mais: Concurso PF: veja exemplo de redação nota máxima

Como se preparar?

O concurso da PF vem aí: já está com provas marcadas para março deste ano. E se você deseja concorrer a uma das vagas de papiloscopista, está mais do que na hora de iniciar os seus estudos! 

O AlfaCon, curso preparatório que já aprovou mais de 119 mil candidatos em concursos Brasil afora, tem cursos online e apostilas completas e específicas para quem deseja ser papiloscopista da PF. Acesse abaixo e saia na frente dos outros candidatos!

Bons estudos e conte com a equipe do AlfaCon nessa jornada!

| Gostou da dica? VEJA MAIS AQUI! |