Concurso PM TO: “cronograma será discutido terça”, confirma coronel

222

Novo concurso PM TO (Polícia Militar do Tocantins) será realizado para 1.000 vagas, com exigência de ensino médio e inicial de R$ 4,4 mil

O aguardado novo  concurso PM TO (Polícia Militar do Tocantins)  para o cargo de soldado está cada vez mais próximo de ter início. Circula nas redes sociais um vídeo no qual o chefe de estado maior da corporação, coronel Márcio Antônio Barbosa de Mendonça explica que será realizada, na próxima terça-feira, 3 de novembro, uma reunião para definir o cronograma da seleção.

“Todos os trâmites para o lançamento da seleção foram cumpridos pela comissão e pela banca organizadora. Agora, na terça-feira, dia 3, faremos uma reunião com a banca para justamente tratar do calendário do concurso”, diz. Novas informações devem ser anunciadas nos próximos dias.

(Comece seus estudos com o curso GRATUITO para Soldado de Polícia Militar de Tocantins – PM TO)

O concurso será para o preenchimento de 1.000 vagas de soldados, cargo que exige apenas ensino médio para ingresso. Além disso, os interessados devem possuir idade de 18 a 32 anos e altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres. A remuneração inicial  é de R$ 4.758,56, após o término do curso de formação.

O certame já conta, inclusive, com contrato assinado com a banca, que será o Cebraspe.

Vale ressaltar que a Assembleia Legislativa do Tocantins (ALE TO), em dezembro de 2019, aprovou o projeto de lei que altera a idade limite para ingresso no órgão, que passou de 30 para 32 anos.

A comissão do concurso é presidida pelo servidor Márcio Antônio Barbosa de Mendonça e conta, ainda, com os seguintes membros: Dosautomista Honorato de Melo, Lorena Alfonso Cavalcante Fernandes, Valéria Rosana Bento Gaali e Diego Alexandre Martins de Melo.

| Inscreva-se no canal do AlfaCon e tenha acesso a conteúdos exclusivos! |

Concurso PM TO: mudanças na carreira

Mesmo com edital do concurso PM TO iminente, a carreira pode passar por alterações. O governo estadual anunciou., recentemente, que pretende publicar uma medida provisória com o objetivo de aperfeiçoar a composição da graduação dos soldados e do Corpo de Bombeiros.

Com isto, o governo pretende criar uma segunda classe, na qual os aprovados nas seleções para a carreira serão imediatamente enquadrados. Ainda não está confirmado se isto poderá ser adotado já no próximo edital.

De acordo com o governador Mauro Carlesse, a medida é necessária em decorrência da diminuição do efetivo e iminência de novas transferências para a reserva. Os atuais servidores já em atividade não sofrerão alterações, já sendo automaticamente enquadrados na primeira classe. Com isto, a administração também pretende permitir a contratação e mais profissionais para a área de segurança.

A mudança também busca se adequar aos critérios da reforma da Previdência, que aumentou de 30 para 35 anos necessários de serviço na ativa.

| Estude para concursos de graça com o AlfaCon! |

Concurso PM TO: saiba mais sobre a última seleção

O último concurso PM TO teve início em 2018, quando foram oferecidas 1.040 vagas, sendo 900 para homens, 100 para mulheres e 40 para oficiais, com 36 para homens e 4 para mulheres.

A organizadora foi o Instituto AOCP e o processo foi cancelado em abril de 2019, o que somente foi oficializado em setembro. Em 24 de setembro, a corporação confirmou que segue com as devidas tratativas, inclusive

| Veja mais notícias aqui! |