Concurso TJDFT: nova seleção segue em pauta e pode ocorrer este ano

396

Sem concurso vigente, o TJDFT (Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios) pode iniciar logo os preparativos para organizar nova seleção

Cresce a expectativa pela realização do novo concurso TJDFT. Sem realizar nova seleção desde 2015, o órgão acumula nada menos do que 605 vagas em aberto e já avalia a realização de novo certame desde 2019. De acordo com as últimas informações, os estudos para uma nova seleção para a área de apoio já estão sendo retomados, o que torna possível que o edital seja efetivamente publicado ainda em 2021.

Conheça nosso curso GRATUITO: TJ DFT – Técnico Judiciário – Área Administrativa – GRATUITO

Da atual carência de pessoal, 216 são para juízes, mas a grande maioria diz respeito à área de apoio, sendo 208 técnicos judiciários e 181 analistas judiciários, cargos previstos para a nova seleção. No caso de técnico, para concorrer é exigido ensino médio e para analistas, nível superior. As remunerações atuais são, respectivamente, de R$ 3.163,07 e R$ 5.189,71.

Vale ressaltar que o tribunal já conta com previsão no projeto de lei do orçamento 2021 para suprir 111 vagas no decorrer do ano, embora o documento, que ainda precisa ser votado no Congresso Nacional, não indique qualquer distribuição por cargos.

Leia mais: Carreira Tribunal: 10 concursos previstos para 2021

Concurso do TJDFT: último edital

O último concurso TJDFT, realizado em 2015, contou com uma oferta de 80 vagas imediatas, além de cadastro reserva. Das ofertas disponibilizadas, 13 foram reservadas às pessoas negras ou portadoras de deficiência. A banca organizadora, na ocasião, foi o Cespe/UnB, atual Cebraspe.

Candidatos com o nível médio puderam concorrer a técnico judiciário na área administrativa (35). Além disso, também foram oferecidas oportunidades de técnico judiciário nas áreas de apoio especializado – enfermagem (1) e apoio especializado – programação de sistemas (1).

Leia mais: “Tudo deu certo, estamos aprovados”, diz casal que passou no concurso TRT 

Para nível superior, as opções foram para analistas judiciários nas seguintes áreas: apoio especializado – análise de sistemas (1); apoio especializado – biblioteconomia (1); apoio especializado – psicologia (1); apoio especializado – suporte em tecnologia da informação (1); apoio especializado – medicina/clínica médica (1); apoio especializado – medicina/ginecologia-obstetrícia (1); apoio especializado – medicina/neurologia (1); apoio especializado – medicina/pediatria (1); apoio especializado – medicina/psiquiatria (1); apoio especializado – odontologia/dentística (1); judiciária (31); e judiciária – oficial de justiça avaliador federal (2).

| Veja mais notícias aqui! |