Senado Federal: seleção está prevista no projeto do orçamento 2021

146

O aguardado  concurso Senado Federal , mesmo apos ter sua comissão desfeita, no último  dia 26 de agosto, pelo presidente da casa, Davi Alcolumbre, segue em pauta. A seleção acaba de ter mais uma confirmação de que deve mesmo ocorrer, no mais tardar, no decorrer de 2021. Acontece que a seleção está prevista no projeto de lei do orçamento 2021, entregue na última segunda, 31 de agosto, no Congresso Nacional. O documento confirma o preenchimento de todas as 40 vagas no próximo ano. Novas informações serão confirmadas em breve

A tendência é de que os procedimentos sejam retomados na próxima gestão administrativa do Senado, uma, uma vez que o mandato de Alcolumbre vai até fevereiro. O processo estava em fase de escolha da banca organizadora. Porém, o nome já estaria supostamente definido, de acordo com fontes ligadas ao órgão: o Cebraspe.

De acordo com a portaria 5 de 2020, publicada por Alcolumbre no diário oficial da União, que desfaz a comissão organizadora, os motivos são a crise de saúde pública ocasionada pela pandemia de Covid 19 e as incertezas relativas a questões orçamentárias ocasionadas pela crise de saúde.

Do total de 40 vagas que serão oferecidas, 24 são para cargos com exigência de ensino médio e 16 de nível superior, além de formar cadastro reserva de pessoal. As remunerações, reajustadas recentemente, chegam a R$ 34.443,96.

Para quem possui ensino médio, o concurso pode contar com 24 vagas para o cargo de  técnico legislativo nível II – policial legislativo. Neste caso, o inicial é de R$ 21.181,21, considerando salário de R$ 4.874,87, gratificação de atividade legislativa de R$ 9.788,12, gratificação de representação de R$ 2.521,02 e gratificação de desempenho de R$ 2.924,92,além de vale-alimentação de R$ 982,28

Para analista legislativo, de nível superior, são 12 postos, sendo 2 para a área de administração, 1 para arquivologia,  1 para assistente social, 1 para contabilidade, uma para enfermagem, 1 para informática legislativa, 2 para processo legislativo, 1 para registro e redação parlamentar, 1 para engenharia do trabalho e 1 para engenharia eletrônica e telecomunicações. Para estas carreiras, o inicial é de R$ 27.218,91, incluindo salário básico de R$ 7.056,51, gratificação de atividade legislativa de R$ 10.804,35, gratificação de representação de R$ 4.141,67 e gratificação de desempenho de R$ 4.233,90, além do vale alimentação de R$ 982,28

Por fim, ainda para quem possui nível superior, o concurso prevê 4 vagas para advogados. O inicial é de R$ 34.433,96 incluindo salário de R$ 7.970.84, gratificação de atividade legislativa de R$ 14.946,02, gratificação de representação de R$ 5.762,32 e gratificação de desempenho de R$ 4.782,50, além dos R$ 982,28 de vale-alimentação

Edital Senado Federal – Saiba como foi o último concurso

O edital Senado Federal foi publicado em seu último concurso em 2011, quando foram oferecidas 260 vagas. A banca organizadora, na ocasião, foi a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Do total de oportunidades, 142 foram para o cargo de analista legislativo em diversas áreas, 9 para consultor legislativo em diversas áreas, 84 para técnico legislativo em diversas áreas e 25 para técnico legislativo na área de polícia legislativa.

Seção: Concursos

Esfera: Federal

Estados: DF

Áreas: Administrativa,Operacional

Órgão: Senado Federal

Descrição: Concurso Senado Federal, para o preenchimento de 40 vagas, teve seus preparativos suspenso em decorrência de pandemia e questões orçamentárias, mas segue em pauta

Cargos: Técnicos e Analistas

Vagas: 40

Salario: de R$ 20198.00 até R$ 33451.00

Previsão Concursos: 16/04/2019