Conheça os alfartanos aprovados na PF

42

348_online_presencial_blog

Foi divulgado na última sexta-feira (16), a lista de aprovados na Polícia Federal, e somente o AlfaCon aprovou mais de 340 alunos. Alfartanos de todo o Brasil, que fizeram questão de nos enviar um depoimento falando sobre essa tal sonhada aprovação. Confira:

Fábio Costa de Miranda:

“Só tenho que agradecer à equipe AlfaCon, principalmente ao Evandro. Eu conheci o AlfaCon em dezembro de 2011 no Youtube, e quando vi ele dando uma aula de Direito Administrativo, pensei na hora: Esse bicho é o cara! Aí adquiri uma apostila para PF, a melhor do Brasil. E, a melhor coisa de tudo foi na sexta-feira ouvir o Evandro falando: Alô você. Olha uma foto minha com o flanelinha da promoção, o bicho é meu irmão. Valeu equipe Alfa. Alfartanos Força!”

Luciano Santos:

“Caramba! É verdade mesmo, conferi o dia todo e meu nome não saiu da lista. Realmente eu fui aprovado. Estou muito feliz, consegui o tão sonhado objetivo.
Depois de ser reprovado na prova de Agente da PF 2012, percebi que algo estava errado. Estudava muito, me dedicava demais e quando chegou o dia da prova parecia que estava fazendo concurso para Agente de Polícia da Grécia! Não caiu nada, absolutamente nada do que eu havia estudado. Aquilo foi um banho de água gelada, já havia prestado mais de 15 concursos e sempre ficava no quase. Até que conheci o Alfa! Bendito seja o dia que assisti o vídeo do professor Evandro falando tudo aquilo que eu precisava e a carapuça cabendo em mim perfeitamente. Comecei a estudar com o alfa desde então, comprei todos os cursos que o dinheiro dava: Super Revisão, 72 horas, Área do Assinante, Módulos Isolados das matérias que mais tinha dificuldades e Simulados. A minha dedicação continuou firme, e diferente de muitos eu sempre tive o apoio de meus pais e minha namorada (Pessoas fundamentais para a minha aprovação).

Enfim, chegou a tão esperada prova e para a minha alegria ela era realmente de Escrivão de Polícia do BRASIL! que Maravilha… Naquele momento lembrei do professor Evandro falando: “não adianta estudar coisas desnecessárias, coisas que não cairão na sua prova, vou ensinar somente o que vocês precisam para serem aprovados.” Realmente caiu tudo que estudei e hoje sou uma das pessoas mais felizes desse Brasil! Obrigado Equipe Alfa, Obrigado Professor Evandro.”

Milena Serejo:

“Família Alfa! Estou muito feliz hoje, foi muito bom ver meu nome em uma lista como essa da PF!
Vou tentar ser breve em meu depoimento: Bom, sou carioca mas moro aqui no Piauí há 13 anos (Teresina), tenho 34 anos e nunca gostei de advogar, então resolvi fazer concurso desde que saí da faculdade (em 2004), mas não levei os estudos a sério por um bom tempo. Em 2009 resolvi que era hora de parar de “brincadeira” e resolvi estudar sério, mas escolhi fazer o concurso do Instituto Rio Branco (sim, eu penso em ser diplomata um dia). Como aqui no Piauí não tem preparatório para a carreira fiquei por conta própria nos estudos. Nos 3 anos que fiz a prova o meu avanço foi muito lento, melhorava um pouquinho a cada prova, mas nunca cheguei a passar da primeira fase.

Triste e desmotivada fui parar no Youtube em busca de alguns vídeos que ensinassem a estudar, a manter a motivação, porque alguma coisa eu estava fazendo errado pra avançar tão devagar. Foi aí que encontrei os vídeos do Evandro e do Daniel, em abril/maio de 2012, bem naquela loucura que estava o Alfa por conta do concurso de Agente da PF.

O Evandro e o Daniel simplesmente me contagiaram! Foi como uma luz que apareceu na minha frente. O Evandro disse uma, das muitas frases que ele fala, mas que se aplicou ali, pra mim, naquele momento: ” às vezes o cavalo passa arriado do seu lado, não perca as oportunidades que a vida lhe oferece”. Como ele falou que viria concurso para Escrivão PF, Depen, PRF, e que em 2014 viriam novamente eu pensei: A hora é essa! Levantei da cadeira, me olhei no espelho (hoje estou 7 kg mais magra por conta dos exercícios que comecei a fazer há um ano pro curso da PF. Agora com 55kg, magra e veloz, e falei pra mim mesma, vou comprar essa briga (sempre gostei das áreas policiais também), e foi o que fiz.

Daquele dia em diante, guardei todos os meus livros e resumos de 3 anos de estudo. Comprei a apostila do Alfa, preparatória pra Escrivão e fui comprando as aulas aos poucos, conforme eu ia sentindo necessidade. Aprendi a estudar com o Evandro e com o Daniel. Comecei a acompanhar as aulas gratuitas, nunca perdi uma. Amei os madrugadões, 72 hs, SRV, tudo!

Não tive problemas com relação a largar a vida social de lado, isso eu já tinha largado há 3 anos quando resolvi estudar pro IRBr, o meu problema maior era a autodisciplina, e isso aprendi a ter com o Alfa, tanto é que em apenas 1 ano consegui ver meu nome na lista. É lógico que se o concurso não tivesse sido suspenso eu não teria passado, afinal não teria tido tempo suficiente pra me preparar. Mas deu tudo certo.
Esse concurso da PF eu não esperava passar, afinal no gabarito preliminar eu fiquei com 54 pontos, muito distante dos 70 que eu vi hoje! Mas já estava Feliz por conta do meu desempenho nas provas do Depen (78 pontos no gabarito preliminar) e PRF (69 pontos no preliminar). Estou muito feliz mesmo, faço tudo direitinho, do jeito que o Evandro manda (Evandro adoro suas broncas), e agora estou colhendo os frutos, detalhe, nunca passei em concurso nenhum!

Sei que ainda tem muitas fases pela frente, mas já venho me preparando para o TAF desde que me inscrevi no concurso, antes dele ser suspenso, hoje tenho orgulho de conseguir correr 7 a 8 km 3 vezes na semana, nado todo dia 2 mil metros e agora consigo fazer a barra (construí uma aqui em casa para treinar todos os dias) e consigo dar aquele pulo (pulo 1,90m) e só tenho 1,60 de altura. Muito feliz com esse avanço que dei nessa parte da preparação também!

Evandro, Daniel e toda a família Alfa, amo vocês porque vocês me tiraram da inércia que eu estava e me mostraram que quando a gente quer alguma coisa é preciso levantar a bunda da cadeira e correr atrás, isso eu aprendi com vocês, uma lição de vida, uma postura que adotei há um ano e que vou levar para o resto da minha vida. Não vejo mais obstáculos na minha frente, não vejo mais as dificuldades, mudei minha forma de encarar os desafios, é tudo apenas uma questão de paciência e perseverança. Passar no concurso foi consequência dessa nova forma de encarar a vida!! Muito obrigada!”

Leandro Alves:

“Quando abri a página de classificação, chorei por uns 2 minutos, amanhã é o aniversário do meu pai, não poderia dar presente melhor pra ele do que essa aprovação. Agora é correr contra o tempo pra consegui atingir o resultado no TAF principalmente na natação.”

Clayton Fernandes:

“Galera do Alfacon, não gosto de puxar saco mas sou justo. Desde o momento que comecei a estudar pelas aulas de vocês minhas notas subiram muito. Minhas notas que ficavam entre 50 e 60 pontos agora ficam geralmente acima de 70 pontos líquidos. O motivo que me levou a estudar pra concurso foi um pé na bunda que levei de uma ex-noiva (8 anos entre namoro e noivado) que passou em um concurso e começou a se achar melhor que eu. Agora finalmente consegui passar num concurso melhor que o dela e tô com uma namorada mais gostosa que ela. Quero agradecer pelo incentivo e dedicação dos professores, principalmente durante os aulões e madrugadões.
Abraço!”

Luana Carreras:

“Como me sinto? Vou tentar ser sucinta. Com a sensação de dever cumprido. Com relação a vocês, tenho que reconhecer a importância e qualidade do trabalho de vocês! Preparados, atenciosos! Verdadeiros EDUCADORES! Nota 10! Por fim, quero também parabenizar pela iniciativa maravilhosa de disponibilizar o gabarito extraoficial gratuitamente, o que beneficia o aluno de inúmeras formas: tanto do ponto de vista teórico quanto pela ótima motivacional! Obrigada e parabéns!”

Israel Terra:

“Venho estudando desde 2009 para concursos, mas confesso que não tinha foco e nem sabia estudar. Eu fazia todos os concursos que saíam e apenas estudava por apostilas de banquinhas, contudo sem obter êxito. Cansado de tantas derrotas em minha caminhada de concurseiro, resolvi dar uma parada nos estudos e só retornar em 2010, e assim fiz. Prestei o concurso do MPU daquele ano (2010), me matriculei em um curso preparatório (considerado o melhor do DF), mas infelizmente não passei nem na prova objetiva e nem perto da nota mínima. Então em 2011, resolvi buscar uma saída na iniciativa privada, onde me daria um retorno financeiro mais rápido, tendo em vista a longa caminhada de insucesso nos certames públicos. Tirei uma das certificações mais difíceis de informática, que é a área onde sou formado (Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas), e saí entregando currículos nas empresas através de sites de emprego, porém algo me impedia de obter uma vaga: minha pouca idade e experiência na área, já que com 20 anos de idade eu nunca tinha trabalhado. Frustrado novamente, decidi me dedicar de corpo e alma aos concursos de área policial, que sempre foram meu sonho de vida. Em fevereiro de 2012, minha mãe sofreu um acidente de carro com meu pai, vindo a falecer 5 dias depois. Eu estava completamente arrasado! Busquei no Senhor forças para continuar caminhando, e três dias após a sua morte fui para Minas Gerais prestar o concurso do INSS: e adivinhem? Mais uma vez reprovado. Nesse mesmo ano, havia boatos da possível publicação do edital da PMDF, e sabendo disso me matriculei mais uma vez em um curso preparatório aqui no DF, me inscrevi em um site de questões na Internet e até o dia da prova (que se deu apenas em 2013), fiz cerca de 4700 questões. Fui confiante para a prova, pois apesar de não ter feito o concurso da PMGO, baixei a prova em casa e resolvi todas as questões daquele certame, obtendo uma pontuação para ficar em os 400 primeiros. Resultado: não fui aprovado por 1 questão na PMDF. Toda aquela expectativa, toda confiança da família, dos amigos, tinham ido por água abaixo. Após essa reprovação desanimei por uma semana e retornei aos estudos, só que dessa vez sabia que precisava de algo mais, um empurrãozinho para a aprovação. Então, vendo vídeos de relatos de aprovados na PF 2012 no Youtube, encontrei a Equipe Alfaconcursos, que tinha ocupado cerca de 40 % das vagas com seus alunos. Confesso que chorei quando vi o Jerônimo e os outros aprovados dando depoimento, então pensei: Polícia Federal é o topo mais alto (na minha opinião) das carreiras policias, então vou confiar na MELHOR EQUIPE DO BRASIL, tendo em vista esse grande número de aprovações. Então comecei a estudar com a Equipe Alfa no começo de Junho, e vi todas as vídeoaulas em tempo recorde.

Eu assistia cerca de umas 8 por dia, fazendo resumos em meu caderno apesar de ter o material em PDF. Fiz mais uma tonelada de exercícios, fiz todos os simulados e mesmo tomando pau em todos, revisava cada questão errada, e certa também. Assisti a todos os aulões, madrugadões, e fui para a prova com o seguinte pensamento: o que podia ser feito até aqui, foi feito, mas já que não sei o propósito de Deus pra mim, eu entrego minha vida nas mãos dele e fará conforme a sua vontade. E adivinhem? 80 na Prova Objetiva e 7,50 na redação! Nem acreditei quando vi meu nome na lista de aprovados. Eu não posso nem acreditar, com 23 anos aprovado na PF. Não entendi porque não tinha passado antes, mas agora faz sentido: Ele tinha algo muito melhor pra mim.
Agradeço a toda Equipe Alfa, porque sem vocês eu não teria obtido esse excelente resultado.”

Ednéia Silveira:

“É isso ai, graças a ajuda do Alfa e muita fé no papai do céu, consegui tal aprovação. Muito obrigada a todos os professores, Evandro, Sena, Marcelo, Pablo, Che, enfim, a todos, pois vocês fizeram parte de uma grande conquista em minha vida! Mesmo sendo via on-line.
Dois anos e meio de muita dedicação e perseverança que valeram muito a pena.
Fiz 79 pontos na objetiva e 8,5 na redação, com essa nota ainda consegui ficar dentro das vagas, agora é focar nas outras fases.
Moro em Anchieta/SC, no extremo oeste de Santa Catarina, se morasse mais perto daria pessoalmente um abraço em vocês.”

Flaviane Mello:

“Bom, deixei um recadinho para o Evandro e para o alfa no facebook descrevendo a importância de vocês para mim. O Evandro principalmente foi essencial para eu acordar para a vida, saber me organizar, vê que o estudo é contínuo e a disciplina essencial. Há 1 ano eu conheci o Alfa e tudo mudou. Aprendi que os cursinhos de minha cidade são um lixo e que tinha que me virar com online. Ainda não caiu minha ficha, me questiono se não é um sonho e vejo todo tempo a lista no diário da União e no site da Cespe. Obrigada por tudo, mesmo sem me conhecer, saibam que foram CRUCIAIS no meu preparo. Ainda quero ir conhecer o Alfa presencial um dia e pagar uma bolsa pro online SE a posse chegar.”

Comentários

comentarios