Concurso SEJUSP MG: dicas para preparar um plano de estudos

292

O edital na mão é um detalhe muito importante na elaboração de um bom plano de estudos para o concurso do Sejusp MG, de acordo com o professor do AlfaCon Filipe Ávila

O concurso Sejusp MG (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais) oferece 2.420 vagas para o cargo de Policial Penal. Serão 1.944 para homens e 476 para mulheres. Para a carreira é exigido o ensino médio completo. A remuneração inicial é de R$ 4.631,25.

A organizadora é o Instituto Selecon. Os interessados devem ficar atentos ao prazo de inscrição, no período de 22 de outubro a 21 de novembro. E também já podem iniciar um planejamento de estudos mais objetivo.

A primeira etapa do processo seletivo, com a aplicação das provas objetivas e uma Redação, está prevista para o dia 16 de janeiro de 2022. A prova objetiva será composta por 60 questões, versando sobre:

  • Língua Portuguesa (20 pontos)
  • Informática Básica (5 pontos)
  • Noções de Direito (10 pontos)
  • Direitos Humanos (20 pontos)
  • Legislação Especial (40 pontos)
  • Raciocínio Lógico (5 pontos)

Professor da área policial do AlfaCon, Filipe Ávila traz dicas valiosas de estudos para montar um bom plano de estudos nesta reta final de preparação, já com o edital na mão.

👉 Leia mais: Concurso Sejusp MG: edital aberto com 2.420 vagas para policial penal; saiba detalhes

Concurso Sejusp MG: como ajustar seu plano de estudos

De acordo com o professor Filipe Ávila, o Selecon costuma cobrar muito a “letra da Lei” em suas provas para concursos públicos. Dessa maneira, orienta os futuros candidatos a se familiarizarem com o tipo de questão que deverá aparecer no exame.

“Há muitas semelhanças entre o Selecon e o Instituto AOCP. Pode treinar por provas aplicadas por essa banca também, que recentemente aplicou as provas da Polícia Civil do Estado do Pará”, orientou Ávila.

O professor ainda chama a atenção para o detalhe importante na grade de disciplinas que serão cobradas na etapa objetiva. “A disciplina que tem o maior número de questões e também o maior peso é Legislação Especial. Então, o candidato deve dar total atenção a essa disciplina na hora de montar seu plano de estudos“, disse Filipe Ávila.

Com o edital na mão, é imprescindível ainda, segundo o professor, analisar não só o conteúdo programático, como também as referências bibliográficas divulgadas. E, claro, separar um tempo para fazer exercícios.

“Na reta final, é recomendável fazer muito simulado, muito exercício, para saber os pontos que necessitam reforço de estudos. Mais uma dica é procurar estudar o maior número de temas relacionados a Lei de Execução Penal. Dar uma atenção especial para essa disciplina, logicamente, estudando todas as outras, certamente será um diferencial nesse concurso“, alertou Filipe Ávila.

💡📚 Conheça o nosso curso GRATUITO para o concurso Policial Penal MG

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here