Concurso Sejusp MG: edital aberto com 2.420 vagas para policial penal; saiba detalhes

2368

O novo concurso Sejusp MG (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais) conta com 2.420 vagas para Policial Penal, com iniciais de R$4,6 mil

Mais um edital aberto na carreira policial! Desta vez é o concurso Sejusp MG (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais) que oferece oportunidades para o cargo de Policial Penal. O documento foi publicado na manhã desta quarta-feira (18) em diário oficial.

Ao todo, a corporação deve preencher 2.420 vagas, sendo 1.944 para homens e 476 para mulheres. Para a carreira é exigido o ensino médio completo. A remuneração inicial é de R$ 4.631,25.

💡📚 Clique aqui e conheça nosso curso GRATUITO para o concurso Policial Penal MG!

Os interessados devem ficar atentos ao prazo de inscrição que começa em 22 de outubro e segue aberto até 21 de novembro. A taxa é de R$ 49,16.

A aplicação das provas é prevista para 16 de janeiro de 2022. A banca organizadora da seleção é o Instituto Selecon. Confira o edital aqui.

Assista a análise do edital do concurso Polícia Penal MG 2021

Distribuição das vagas

As 2.420 vagas serão distribuídas entre candidatos homens e mulheres e divididas entre ampla concorrência e pessoas com deficiência. Veja o quadro a seguir:

O quadro mostra informações na seguinte ordem: remuneração inicial do cargo, total de vagas para homens, ampla concorrência e vagas destinadas a candidatos com deficiência. Depois total de vagas para mulheres, ampla concorrência e vagas destinadas à candidatas com deficiência. Ao final, o total de vagas oferecidas no concurso.

Como será a divisão da prova

As provas objetiva (múltipla escolha) e discursiva (redação) terão caráter eliminatório e classificatório e serão constituídas conforme o quadro a seguir:

O que vai ser cobrado na prova do concurso Polícia Penal MG 2021

CONHECIMENTOS BÁSICOS

LÍNGUA PORTUGUESA

Semântica e Estilística: denotação e conotação; sinonímia; antonímia; homonímia; polissemia. Funções de linguagem.2. Leitura e interpretação de textos: informações implícitas e explícitas. Significação contextual de palavras e expressões. Ponto de vista do autor. 3. Tipologia textual e gêne- ros de circulação social: estrutura composicional; objetivos discursivos do texto; contexto de circulação; aspectos linguísticos.4. Texto e Textuali- dade: coesão, coerência e outros fatores de textualidade.5. Variação linguística: heterogeneidade linguística: aspectos culturais, históricos, sociais e regionais no uso da Língua Portuguesa. Linguagem verbal e não verbal.6. Fonética e fonologia: ortografia e acentuação gráfica. Crase.7. Colocação Pronominal: sintaxe de colocação dos pronomes oblíquos átonos.8. Sinais de pontuação como fatores de coesão.9. Morfossintaxe: classes de pala- vras; funções sintáticas do período simples. Sintaxe do período composto: processos de coordenação e subordinação; relações lógico-semânticas.10. Concordância e Regência verbal e nominal aplicadas ao texto. Conhecimento gramatical de acordo com o padrão culto da língua. Ortografia oficial – Novo Acordo Ortográfico. 11. Redação (domínio da expressão escrita).

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: BECHARA, Evanildo. Dicionário da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2011.BUENO, Francisco da Silveira. Gramática de Sil- veira Bueno. São Paulo: Global, 2014.CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. 48 ed. rev. São Paulo: Compa- nhia Editora Nacional, 2010.CEREJA, William Roberto, MAGALHÃES, Thereza Cochar. Gramática Reflexiva: Texto, semântica e interação. São Paulo: Atual, 2013.CEREJA, William Roberto; MAGALHÃES, Thereza A. Cochar; Cleto, Ciley. Interpretação de textos: construindo competências e habilidades em leitura. 3 ed. São Paulo: Atual, 2016. CHALHUB, Samira. Funções da linguagem. Rio de Janeiro: Ática, 1990.CUNHA, Celso; CINTRA, Lindley. Nova Gramática do Português Con- temporâneo. 7 ed. Rio de Janeiro: Lexikon, 2017, 800 p., recurso digital. FÁVERO, Leonor Lopes. Coesão e coerência textuais. São Paulo: Ática, 1997.EMEDIATO, Wander. A fórmula do texto. São Paulo: Geração Editorial, 2017.GARCIA, Othon. M. Comunicação em prosa moderna: aprenda a escrever, aprendendo a pensar. 26. Ed. Rio de Janeiro: FGV, 2007.KOCH, Ingedore V. A coesão textual. São Paulo: Contexto, 1992.KOCH, Inge- dore V. O texto e a construção de sentidos. São Paulo: Contexto, 2003.KOCH, Ingedore V.; ELIAS, Vanda M. Ler e compreender: os sentidos do texto. São Paulo: Contexto, 2012.MARCUSCHI, Luiz Antônio. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Cortez, 2008.SAR- MENTO, Leila Lauar. Oficina de Redação. São Paulo: Moderna, 2013.

RACIOCÍNIO LÓGICO

Raciocínio lógico: resolução de problemas envolvendo frações, conjuntos, porcentagens, sequencias (com números, com figuras, de palavras). 2. Raciocínio lógico-matemático: proposições, conectivos, equivalência e implicação lógica, argumentos válidos.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: ROCHA, Enrique. (2010) Raciocínio Lógico – Você consegue aprender. Série Provas e Concursos. 3a ed. São Paulo: Impetus. MARIANO, Fabrício. (2012) Raciocínio Lógico para Concursos. Série Provas e Concursos. 5a ed. São Paulo: Campus. IEZZI, Gelson; MURAKAMI, Carlo. Fundamentos de Matemática Elementar 1: Conjuntos e funções. Editora Atual, 2019. IEZZI, Gelson; HAZZAN, Samuel. Fundamentos de Matemática Elementar 4: Sequências, matrizes, determinantes, sistemas. Editora Atual, 2004. HAZZAN, Samuel. Fundamentos de Matemática Elementar 5: Combinatória e probabilidade. Editora Atual, 2013. IEZZI, Gelson; HAZZAN, Samuel. DEGENSZAJN, David Mauro. Fundamentos de Matemática Elementar 11: Matemática comercial, matemática financeira e estatística descritiva. Editora Atual, 2013.

INFORMÁTICA

Conceitos de internet e intranet. 2. Conceitos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados a inter- net/intranet. 2.1. Ferramentas e aplicativos comerciais de navegação, de correio eletrônico, de grupos de discussão, de busca, de pesquisa e de redes sociais. 3. Noções de sistema operacional (ambiente Windows). 4. Edição de textos, planilhas e apresentações (ambientes Microsoft Office e BrO- ffice). 5. Noções de videoconferência.

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL

Direitos e garantias fundamentais: direitos e deveres individuais e coletivos; direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade; direitos sociais; nacionalidade; cidadania e direitos políticos; partidos políticos; garantias constitucionais individuais; garantias dos direitos coleti- vos, sociais e políticos. 2. Poder Executivo: forma e sistema de governo; chefia de Estado e chefia de governo. 3. Defesa do Estado e das instituições democráticas: segurança pública; organização da segurança pública (Constituição da República Federativa do Brasil, de 05 de outubro de 1988, e alterações posteriores e Constituição do Estado de Minas Gerais).

NOÇÕES DE DIREITO PENAL

Aplicação da lei penal. 1.1. Princípios. 1.2. Pena cumprida no estrangeiro. 1.3. Eficácia da sentença estrangeira. 1.4. Contagem de prazo. 1.5. Fra- ções não computáveis da pena. 1.6. Interpretação da lei penal. 1.7. Analogia. 1.8. Irretroatividade da lei penal. 2. O fato típico e seus elementos. 2.1. Crime consumado e tentado. 2.2. Ilicitude e causas de exclusão. 2.3. Excesso punível. 3. Crimes contra a pessoa. 4. Crimes contra o patrimônio. 5. Crimes contra a fé pública. 6. Crimes contra a administração pública. 7. Disposições constitucionais aplicáveis ao direito penal. 8. Crimes Contra a Administração Pública, 9. Crimes praticados por funcionário público contra administração em geral.

NOÇÕES DE DIREITOS HUMANOS E PARTICIPAÇÃO SOCIAL

Declaração Universal dos Direitos Humanos — Resolução 217-A (III) da Assembleia Geral das Nações Unidas, 1948. 2. Regras mínimas da ONU para o tratamento de pessoas presas. 3. Decreto nº 7.037/2009 e suas alterações (Programa Nacional de Direitos Humanos). 4. Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (arts. 62 a 64 da Lei de Execução Penal e suas alterações). 5. Conselhos Penitenciários (arts. 69 e 70 da Lei de Execução Penal e suas alterações). 6. Conselhos da Comunidade (arts. 80 e 81 da Lei de Execução Penal e suas alterações).

LEGISLAÇÃO ESPECIAL

Lei nº 9.455/1997 e suas alterações (antitortura). 2. Lei nº 12.846/2013 e suas alterações (anticorrupção). 3. Lei nº 13.869/2019 (abuso de autori- dade). 4. Lei nº 8.429/1992 e suas alterações (improbidade administrava). 5. Lei nº 10.826/2003 e suas alterações (Estatuto do Desarmamento). 6. Lei nº 11.343/2006 e suas alterações (Lei de Drogas). 7. Lei nº 13964/2019 (aperfeiçoa a legislação penal e processual penal). 8. Lei nº 7.210/1984 (Lei de Execução Penal). 9. Lei nº 13.675/2018 (disciplina a organização e o funcionamento dos órgãos responsáveis pela segurança pública; cria a Polí- tica Nacional de Segurança Pública e Defesa Social; institui o Sistema Único de Segurança Pública) e Decreto de Regulamentação nº 9.489/2018. 10. Lei Estadual nº 869, de 05 de julho de 1.952 e suas alterações posteriores – Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado de Minas Gerais; 11. Lei Estadual n.º 11.404, de 25 de Janeiro de 1994 (Contém Normas de Execução Penal); 12. Lei Estadual nº 14.695, de 30 de julho de 2.003, que insti- tuiu a carreira de Agente de Segurança Penitenciário; 13. Regulamentos e Normas de Procedimentos do Sistema Prisional de Minas Gerais (ReNP).

REFERÊNCIAS LEGISLATIVAS

Constituição da República Federativa do Brasil, de 05 de outubro de 1988, e alterações posteriores: Título II: Dos Direitos e Garantias Fundamentais; Capítulo I: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos; Capítulo II: Dos Direitos Sociais; Capítulo III: Da Nacionalidade; Título III: Da Organi- zação do Estado; Capítulo I: Da Organização Político-Administrativa; Capítulo VII: Da Administração Pública; Seção I: Disposições Gerais; Seção II: Dos Servidores Públicos; Título VIII: Da Ordem Social; Capítulo I: Disposição Geral; Declaração Universal dos Direitos Humanos; Lei Estadual nº 869, de 05 de julho de 1.952 e suas alterações posteriores – Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado de Minas Gerais; Lei Federal n.º 7.210, de 11 de Julho de 1984 (Institui a Lei de Execução Penal) e alterações posteriores; Lei Federal n.º 9.455 de 07 de abril de 1.997 (Lei da Tortura) e alterações posteriores; Lei Estadual n.º 11.404, de 25 de Janeiro de 1994 (Contém Normas de Execução Penal); Lei Estadual nº 14.695, de 30 de julho de 2.003, que instituiu a carreira de Agente de Segurança Penitenciário/Policial Penal ; Código Penal Brasileiro (Decreto-Lei n° 2.848/40 e suas alterações posteriores). Parte Especial – Título XI – Dos Crimes Contra a Administração Pública, Capítulo I. Dos crimes praticados por funcionário público contra administração em geral; Regulamento Disciplinar Prisional da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública do Estado de Minas Gerais (REDIPRI).

Atribuições do cargo de Policial Penal MG

  1. Garantir a ordem e a segurança no interior dos estabelecimentos prisionais;
  2. Desempenhar ações de vigilância interna e externa dos estabelecimentos prisionais, inclusive muralhas e guaritas, bem como em órgãos e locais vinculados ou de interesse do Sistema Prisional;
  3. Exercer atividades de escolta e custódia de presos;
  4. Executar operações de transporte escolta e custódia de presos em movimentações externas, bem como de transferências interestaduais ou entre unidades no interior do Estado;
  5. Realizar buscas periódicas nas celas;
  6. Realizar revistas nos familiares e visitantes dos presos;
  7. Prestar segurança a profissionais diversos que fazem atendimentos especializados aos presos nas unidades prisionais;
  8. Conduzir presos à presença de autoridades;
  9. Adotar as medidas necessárias ao cumprimento dos alvarás de soltura, obedecidas as normas próprias;
  10. Informar ao preso sobre seus direitos e deveres de conformidade com o Regulamento Disciplinar Prisional – REDIPRI e demais normas vigentes;
  11. Verificar sobre a necessidade de encaminhar presos a atendimentos especializados;
  12. Entregar medicamentos aos presos, observada a prescrição médica;
  13. Prestar assistência em situações de emergência: primeiros socorros, incêndios, transporte de enfermos, rebeliões, fugas e outras assemelhadas;
  14. Preencher formulários, redigir e digitar relatórios e comunicações internas;
  15. Participar de comissões de classificação e de disciplina, quando designado;
  16. Exercer outras atividades que vierem a ser incorporadas ao cargo por força de dispositivos legais.

Resumo do concurso

ÓRGÃO: A SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA -SEJUSP
ESTADO (S): Minas Gerais – MG
CARGO: Agente de Segurança Penitenciário/Policial Penal
STATUS: ABERTO
VAGAS: 2420 (1.944 Masculinos e 476 femininos)
NÍVEL: Ensino Médio Completo
REMUNERAÇÃO: R$ 4.631,25
BANCA: INSTITUTO SELECON: www.selecon.org.br
DATA DA INSCRIÇÃO: 22/10/2021 a 21/11/2021, observado o horário de Brasília
VALOR DA INSCRIÇÃO: R$ 49,16
DATA DA PROVA OBJETIVA: 16/01/2022
DATA DO GABARITO PRELIMINAR: 16/01/2022
NÚMEROS DE QUESTÕES: 60
FORMATO: Múltipla Escolha (04 alternativas: “A”, “B”, “C” e “D”)
REDAÇÃO: Sim, o mínimo de 20 (vinte) linhas e o máximo de 30 (trinta) linha
VALIDADE DO CONCURSO: 02 anos
EDITAL (2021): http://jornal.iof.mg.gov.br/xmlui/handle/123456789/253343

Notícias anteriores

Concurso Polícia Penal MG: edital para 2.420 vagas sai nesta quarta (18)

A espera chegou ao fim para quem pretende participar do concurso Sejusp MG (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública). Acontece que o edital de abertura de inscrições para o preenchimento de 2.420 vagas de policial penal deve ser publicado na próxima quarta-feira, 18 de agosto. A confirmação foi feita pelo subsecretário de inteligência e integração da Secretaria de Justiça, Christian Vianna de Azevedo, por meio de live em suas redes sociais. “A empresa amanhã vai fazer as últimas alterações no edital, sugeridas pela assessoria jurídica. Na terça o secretário assina o edital e ele é publicado na quarta”, disse.

Do total de oportunidades, 1.944 são para homens e 476 para mulheres. A carreira exige ensino médio completo e a remuneração é de R$ 4.631,25. Os últimos acertos estão sendo feitos em conjunto com a banca organizadora, que será o Instituto Selecon.

O subsecretário já havia anunciado a previsão de publicar o edital em agosto, com provas entre o final de setembro e início de outubro.

💡📚 Conheça nosso curso online e GRATUITO para o concurso Depen MG: Agente de Execução Penal – Polícia Penal

Concurso Depen MG: saiba como serão as provas

O concurso Depen MG deverá contar com seis etapas, de acordo com o subsecretário de inteligência:

  • provas objetiva e de redação, de caráter eliminatório e classificatório;
  • provas de aptidão psicológica e psicotécnica, de caráter eliminatório;
  • exames médicos, de caráter eliminatório;
  • prova de condicionamento físico, de caráter eliminatório;
  • investigação social, de caráter eliminatório;
  • curso de formação técnica e profissional, de caráter eliminatório e classificatório.

💡📚 Conheça nosso curso online e GRATUITO para o concurso Depen MG: Unificado Forças Federais (Depen – PF – PRF)

“O curso de formação profissional vai ser mais longo, com 680 horas/aula, divididas em 110 dias, quase quatro meses, e durante o curso o candidato vai receber uma bolsa-auxílio no valor de R$ 2.315, equivalente a 50% do salário inicial da carreira”, disse o subsecretário, em julho.

Concurso Depen MG: saiba como foi a última seleção

O último concurso Depen MG ocorreu em 2018, quando foram oferecidas 4 mil vagas de cadastro reserva de pessoal. Na ocasião, a banca organizadora foi o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) e a seleção foi composta de quatro etapas, incluindo provas objetivas, avaliação psicológica, comprovação de idoneidade e conduta ilibada e curso introdutório.

👉 Leia mais: Concurso Depen: o que faz o Agente Federal de Execução Penal?

Resumo do Concurso

Vagas: 2420
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Agente Penitenciário
Áreas de Atuação: Segurança Pública
Escolaridade: Ensino Médio
Faixa de salário: De R$ 4631,00
Organizadora: Selecon
Estados com Vagas: MG

87 Comentário

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here