“Tudo deu certo, estamos aprovados”, diz casal que passou no concurso TRT 

3434

Conheça a história do casal de ex-alfartanos aprovado em vários concursos de Tribunal Regional do Trabalho

Giulia Remonato Rocha e Marcos Rocha, um casal de ex-alfartanos, são mais um exemplo de que vale a pena investir no seu futuro. Os dois foram aprovados no concurso TRT (Tribunal Regional do Trabalho) e mudaram de vida. Ela passou no TRT 11, enquanto ele no TRT 2 e TRT 15. “Vale muito a pena, eu faria tudo de novo”, fala Giulia.

Eles começaram a estudar para concursos porque a Giulia não estava satisfeita com o trabalho antigo dela. Marcos, embora gostasse do trabalho dele, também conta que “precisava de mais, buscava mais”. Os dois, que são de Cascavel, então resolveram conhecer o AlfaCon.  

“Chegamos  no Alfa, começamos a conversar, tivemos uma empatia com o (professor) Tales, que já era Oficial de Justiça. Ele explicou tão bem o caminho, parecia tão claro quando ele falava para nós, que pensamos ‘é isso que a gente quer’”, diz Marcos.

Depois disso, eles se preparam financeiramente e decidiram que um sairia do emprego para se dedicar integralmente aos estudos e o outro continuaria trabalhando para pagar as contas. Mas, assim que o primeiro fosse aprovado, a situação se inverteria. Giulia foi  a escolhida para focar só nos estudos primeiro.  

Concurso TRT 11ª: a vez da Giulia

“Eu vi o edital do TRT 11, um edital enorme e falei: ‘é nesse que eu vou mirar’”, conta Giulia. Durante a sua preparação, ela se programava com metas. “Colocava metas para seguir diariamente. Eu imprimi o edital e estabelecia o que ia estudar a cada dia”, explica. 

A ex-alfartana acertou 56 questões de 60 na prova do TRT 11. “Era um resultado muito bom, uma prova muito difícil. Só que a concorrência estava enorme, tinha uns 50 mil inscritos. Eu estava muito ansiosa pelo resultado”, diz. Mas deu tudo certo: Giulia passou em 7º lugar para o cargo de técnico e em 8º para o cargo de analista. 

Leia mais: 10 concursos da Carreira Tribunal previstos para 2021

Concurso TRT 2ª e 15ª: a vez do Marcos

Após a Giulia ser nomeada e começar a trabalhar, era a vez do Marcos. Eles se mudaram para Manaus (AM), onde fica o TRT 11, e ele continuou estudando com o material do AlfaCon online, além de já carregar a bagagem do curso presencial.   

Minha forma de estudar era diferente da dela. Eu sou muito metódico, as coisas precisam ser muito bem organizadas, planejadas. Todos os dias, até o fim do concurso, eu começava estudar às 7h30, parava uns 15 minutos às 10h, voltava, estudava até meio-dia, almoçava, voltava às 13h, ficava até umas 14h30/15h. Fiquei 6 meses em Manaus, que foi o tempo de abrir os editais do TRT 2 e do TRT 15. E eu consegui a aprovação”, explica Marcos.   

Dicas de estudo

Para quem continua na jornada pela conquista do cargo público, a dica do casal é ter disciplina. “Todo dia estudar, estar atualizado, comprometido. É uma fila, parece clichê, mas realmente é uma fila. Se você se mantém estudando, se mantém focado, uma hora você vai chegar num nível alto de ter o seu nome na parte de cima da lista. Quem se mantém focado, comprometido, consegue”, fala Marcos. 

Giulia também orienta a escutar os professores:

“Eles estudam isso, eles analisam como passar para concurso. Tudo o que eles dizem realmente dá certo. A dica dos resumos do (professor do AlfaCon) Tales nos ajudou muito. Foi realmente o método que vimos que ali chegou nossa aprovação.”    

Gostou da história do casal? Assista ao vídeo que o AlfaCon fez com a Giulia e o Marcos e conheça mais detalhes dessa história de sucesso, estudos e dicas. Motive-se e foco total nos concursos, a próxima vaga pode ser a sua!

| Gostou da dica? VEJA MAIS AQUI! |

19 Comentário

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here