Verbos para concurso público: como começar a estudar?

3642

Cobrado em todo concurso público, o conteúdo de verbos ou concordância verbal é considerado difícil por boa parte dos concurseiros. Comece estudando da maneira correta!

Estudar verbos para concurso público é um dos assuntos mais importantes dentro da disciplina de Língua Portuguesa. Muitos concurseiros têm dúvidas sobre como estudá-los, afinal, é uma das classes de palavras mais que mais caem nos exames. Pode cair em qualquer um, de qualquer nível.

Um verbo, de maneira simples, é uma palavra que indica uma ação. Quase sempre essa regra se aplica às situações da Língua Portuguesa, mas o verbo também pode indicar diversas outras coisas, como estado das coisas, sentimentos, fenômenos naturais.

Uma forma mais completa de explicar sua importância seria a que diz que o verbo é uma classe de palavras variável que indica processos em geral. Em provas de concurso, o assunto mais cobrado dentro desse tema é o emprego dos verbos/flexão verbal.

Os verbos respondem circunstâncias como quem, como, onde e por que. Além disso, ele determina grafia e conjunção de frases e orações. Outros assuntos como pontuação, concordância, interpretação de textos, acentuação, verbos e pronomes são os que geralmente aparecem nas questões e que fazem parte dos pontos comuns nos processos seletivos, podendo garantir até 70% dos acertos nessa matéria.

Por isso, conversamos com a professora de Língua Portuguesa, Giancarla Bombonato, sobre o que você deve levar em consideração ao iniciar seus estudos sobre verbo para algum concurso público.

Quais são os tipos de verbos mais frequentes em concurso público?

Dentro do universo de verbos, pensando nos concursos em geral, os assuntos mais cobrados são verbos impessoais, verbos pronominais, vozes verbais, tempos verbais e transitividade verbal. Com destaque para as vozes verbais, que são geralmente muito cobradas.

Um ponto que você deve prestar atenção logo de início é a dificuldade em entender como o verbo se organiza, tendo em vista que eles podem se apresentar tanto na forma simples (um verbo só) quanto na locução verbal (quando 2 ou mais verbos estão em uma oração). A locução verbal é como se fosse um grupo de verbos com uma função apenas.

Outro grande problema dos concurseiros é em relação à flexão dos verbos. Como conjugar um verbo – levando em conta os tempos presente, passado e futuro, por exemplo -, ou com qual outra classe de palavra o verbo pode combinar são situações frequentes que podem atrapalhar um concurseiro desavisado.

Como começar a estudar verbos para concurso público?

Os verbos são muito cobrados nas provas, em qualquer tipo de banca. Não importa o concurso, sempre é um assunto muito abordado. Se o objetivo é sair na frente dos concorrentes para obter as melhores notas, então vale a pena estudar bastante todos os conteúdos relacionados a verbos.

Além disso, por ser a base para a construção de qualquer tipo de frase, conhecer sobre os verbos é fundamental para outras disciplinas não apenas da Língua Portuguesa.

Muitas questões feitas pelas bancas examinadoras utilizam dos recursos dos verbos para facilitar ou dificultar a compreensão  do assunto que é tratado no texto.

O ideal é começar os estudos pela morfologia, que é a área da Língua Portuguesa responsável por estudar os verbos. Dentro de morfologia, o ideal seria iniciar o tópico verbos a partir da classificação dos verbos.

Começando por aí, você vai conseguir saber todos os tipos de verbos que existem em nossa idioma. Para dar alguns exemplos, existem os verbos regulares, irregulares, impessoais, nominais, e por aí vai.

DICA: comece estudando Língua Portuguesa a partir de agora!

Gostou das dicas? Conte pra gente! Deixe seu comentário! Conheça o AlfaCon!