Concurso TJ MG 1ª Instância: Comissão Formada! Veja!

4055

Concurso TJ MG 1ª Instância: Saiu a comissão!

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (concurso TJ MG) já formou a comissão para a realização para um novo concurso público. A informação foi publicada hoje, dia 29 de maio de 2018, em portaria publicada no Diário Eletrônico de Minas Gerais.

A comissão é composta pelos seguintes membros:

  1. Desembargador Wagner Wilson Ferreira, que a presidirá;
  2. Desembargadora Alice de Souza Birchal;
  3. Desembargadora Hilda Maria Pôrto de Paula Teixeira da Costa;
  4. Bacharel Carlos Schirmer Cardoso, representante da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Minas Gerais – OAB/MG;

II – membros suplentes:

  1. Desembargadora Kárin Liliane de Lima Emmerich e Mendonça;
  2. Desembargadora Denise Pinho da Costa Val.

> Curso TJ/MG – Oficial de Apoio Judicial – clique aqui (videoaulas + pdf’s)

> CURSO TJ/MG – Oficial Judiciário – Clique aqui 

Comissão do concurso TJ MG 1ª instância
Comissão do concurso TJ MG 1ª instância

Ainda não há definição de quais cargos esse novo concurso abrangerá, mas a previsão é que sejam para os mesmos cargos do último concurso, Oficial de Apoio Judicial (Justiça Comum) e Oficial Judiciário (Comissário da Infância e da Juventude), ambos de nível médio. Maiores informações postaremos aqui.

Último concurso TJ MG 1ª instância

O último certame foi realizado em 2017 e teve, aproximadamente, 103 mil inscritos. Foram ofertadas 15 vagas totais, sendo 10 para o cargo de Oficial de Apoio Judicial e 5 para Oficial Judiciário – Comissário da Infância e da Juventude. A remuneração inicial é de R$ 3.457 para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais. As provas foram aplicadas nas cidades de Belo Horizonte, Diamantina, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberlândia e Varginha.

Das provas

As provas do Concurso e a sua duração, por cargo/especialidade, foram as seguintes:

Provas concurso TJ MG
Provas concurso TJ MG
Infográfico TJ MG
Infográfico TJ MG

A prova objetiva foi composta de 80 questões, sendo 25 para Língua Portuguesa, 15 para Informática, 25 para Direito e 15 para Atos de Ofício.

Último edital 2017

Concurso TJ MG: Novo concurso em pauta para a 2ª instância.

O concurso TJ MG está preparando um novo concurso para a 2ª instância, segundo o setor de concursos do órgão. O trabalho para a elaboração desse novo edital está acontecendo internamente e ainda não há previsão para a publicação do novo edital.

A Comissão do concurso TJ MG já está formada e trabalhando para os detalhes do novo certame. Os cargos também ainda não foram informados porém a previsão é que sejam ofertadas vagas para Técnico Judiciário (Classe C) e Oficial Judiciário (Classe D) de nível superior e médio, respectivamente.

Último concurso TJ MG 2ª instância

O último concurso foi realizado em 2011 pela banca organizadora Fumarc ofertando cadastro de reserva para nível médio e superior nos cargos de técnico judiciário e oficial judiciário com diversas especialidades. Na época a remuneração inicial era de até R$ 3 mil.

A jornada de trabalho é de 30 horas semanais, à exceção dos cargos que têm regulamentação em legislação específica.

DAS PROVAS:

O Concurso constou de provas, conteúdos, número de questões e duração,
conforme disponibilizado abaixo:
Concurso TJ MG 2ª Instância
Concurso TJ MG 2ª Instância
Concurso TJ MG 2ª Instância provas
Concurso TJ MG 2ª Instância provas

Último edital TJ MG 2ª instância

 

>>Curso para TJ MG

Requisitos e funções

  • Oficial de Apoio Judicial

​Requisitos: para concorrer às vagas o candidato precisa de certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo 2º grau), expedido por Instituição de Ensino reconhecida pelo MEC.]

Funções: o candidato que assumir o cargo será responsável por: realizar atos para subsidiar a movimentação do processo e demais serviços administrativos; redigir e digitar matéria relacionada a sua área de atuação; entre outras.

  • Oficial Judiciário – Especialidade: Comissário da Infância e da Juventude

Requisitos: O candidato deve ter certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo 2º grau), expedido por Instituição de Ensino reconhecida pelo MEC.

Funções: o aprovado será responsável por auxiliar no preparo de processos, promover medidas preliminares de instrução relativas a crianças e adolescentes, determinadas pelo juiz; lavrar auto de infração, quando constatar violação das normas de proteção à criança e ao adolescente que tipifiquem infrações administrativas; entre outras.

>>Apostila TJ MG

Disciplinas

As disciplinas que serão cobradas na prova objetiva são:

  1. 20 questões de Língua Portuguesa,
  2. 15 de Noções de Informática,
  3. 20 de Noções de Direito e
  4. 25 de Atos de Ofício.

Confira o edital completo:

 

 

Comentários

comentarios