Carreiras policiais: tudo o que você precisa saber

3766

Ser policial, já pensou? Aquele sonho que está aí martelando na sua cabeça pode se realizar sim! E está mais perto do que você imagina! Nesse texto iremos informar para você tudo sobre a carreira policial. Dentro dela, existem 4 áreas: Policia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF) (nível nacional), Polícia Militar (PM) e Polícia Civil (PC) (nível estadual).

Fonte: art 144 CF – segurança pública

Nesse texto você você vai conhecer melhor um pouco mais de cada área:

Por que estudar para a carreira policial?

“É perigoso”, “Não vale a pena”.  Se essas são algumas das inúmeras falas que muitas pessoas respondem quando você fala que quer ser policial, mostre esse texto para elas! A carreira policial, tanto em níveis federais como estaduais, corresponde a uma posição de prestígio diante muitos outros profissionais.

Quais concursos a carreira de policial abrange?

No Brasil existem quatro tipos de polícia: Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar e Polícia Civil. Para atuar nessa área é necessário estar ciente dos pré-requisitos de cada modalidade. Confira abaixo tudo que você precisa saber sobre cada carreira policial.

Policial Federal

POLÍCIA FEDERAL

A carreira do policial federal é uma das mais desejadas e requisitadas do país. A função de um policial federal é importantíssima no Brasil. Eles lidam com tudo que é de interesse da ordem pública federal. Isso envolve desde investigação de crimes contra a União até a simples emissão de passaportes.

As funções na PF

Dentro desse cargo, existem cinco funções principais: Delegado de Polícia Federal, Agente de Polícia Federal, Escrivão, Perito Criminal Federal, Papiloscopista

Quem quer entrar para a Polícia Federal tem que estar disposto a mudar de cidade caso necessário.

Ah, mais uma observação, se você ainda não sabe dirigir, ainda dá tempo de aprender! Todos os aprovados devem possuir carteira de habilitação a partir da categoria B

Agentes federais são a maioria

Normalmente, a maior oferta de vagas dentro da PF é para o cargo de agente, seguindo da de escrivães e papiloscopistas.

Qual a formação necessária para ser um PF?

Para os cargos de Escrivão, Agente e Papiloscopista é necessário nível superior em qualquer área de formação em uma instituição reconhecida e bem avaliada pelo MEC. Já para Delegado de carreira exige-se formação em Direito e para Peritos a formação depende da área de atuação.

Qual a média salarial de um Policial Federal?

Muito se comenta sobre o salário de um PF. Todos sabem que a remuneração é muito boa e faz os olhos brilharem.

Agente e escrivão: R$ 12 mil

Perito e delegado: R$ 22 mil

Esses valores correspondem ao salário inicial, o que pode aumentar bastante com o tempo de serviço e com a formação dos policiais.

                    

Policial Rodoviário Federal

POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL

A principal função de um policial da PRF é realizar atividades envolvendo fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo das rodovias e estradas federais, bem como o atendimento e socorro às vítimas de acidentes de trânsito. O concurso para PRF é muito atrativo pela remuneração que oferece e, também, pela alta quantidade de vagas, fato que faz pensar que é mais fácil de passar, porém, a grande quantidade de concorrentes torna a prova bastante concorrida. Por isso, veja os três passos que levaram o aluno Rafael Leandro a aprovação.

Qual a formação necessária para ser um PRF?

Será necessário um diploma de formação superior em uma instituição reconhecida pelo MEC, não precisa ser um curso específico, pode ser em qualquer área. Outro fator muito importante é possuir a carteira de habilitação na categoria “B”. A primeira etapa do concurso inclui prova objetiva e discursiva, exame de capacidade física, avaliação de saúde, avaliação psicológica, avaliação de títulos e investigação social. A segunda etapa seria o Curso de Formação Profissional de aproximadamente 3 meses.

Qual a média salarial de um Policial Rodoviário Federal?

A remuneração de um PRF varia entre R$9.400,00 inicial e pode chegar em torno de R$15.800,00. O estado também tem autoridade para alterar esses números.

Policial Civil

POLÍCIA CIVIL

A principal função de um Policial Civil é a investigação criminal, atuando em busca de informações, provas, indícios que auxiliam a resolver um crime. Quem escolhe seguir carreira na Polícia Civil pode assumir diferentes cargos, como Delegado, Investigador, Perito Criminal ou Perito Legista. Todos eles são subordinados ao Governo do Estado (ou do Distrito Federal) onde trabalham.

Qual a formação necessária para a carreira de PC?

Ao contrário da PM, a Polícia Civil tem como exigência mínima de formação o ensino superior completo. Para alguns cargos são aceitos diploma em qualquer área e, para outros, é fundamental uma formação específica. Cada estado define as exigências para o concurso a ser realizado, por isso o candidato deve estar atento as especificidades de cada edital.

Qual a média de remuneração de um Policia Civil?

A remuneração de um policial civil dependerá do cargo e, também, de cada estado que tem a liberdade de estabelecer um valor.

Policial Militar

POLÍCIA MILITAR

A Polícia Militar é responsável pela segurança da sociedade, aplicação das leis e prevenção ao crime. Para ser PM é necessário prestar concurso público para prova de Soldado ou de Oficial. O primeiro caso abrange provas objetivas e dissertativas com questões de Português, Matemática, História, Exame Psicológico e Aptidão Física. Após a aprovação o participante passa por um curso de formação policial. Como é uma carreira estadual, cada governo pode aplicar determinadas regras para o processo seletivo. Por isso é necessário prestar atenção nas notícias para os concursos para Polícia Militar do seu estado.

Qual o nível de formação necessário para a carreira de PM?

Na maioria dos casos, para ingressar na Polícia Militar os candidatos devem possuir nível médio completo.  

Qual a média de remuneração de um Policial Militar?

Não existe uma resposta ideal para essa pergunta. Pois, cada estado tem autonomia para estabelecer um valor

Mas, em média, seria:

Soldado: De 2.500,00 a 4.100,00

 

COMO COMEÇAR A ESTUDAR PARA A CARREIRA POLICIAL?

  • Seja organizado
  • Tenha um cantinho de estudos
  • Faça muitas questões
  • Conheça a banca organizadora do seu concurso
  • Faça simulados
  • Não tenha medo de errar e aprender
  • Estude com bons materiais

A jornada até o seu sonho está mais perto do que você imagina!

Você já conhece o nosso material Sou + 2.0? O curso mais completo e personalizado feito para você!

 FASES DOS CONCURSOS:

Os concursos para área policial costumam ter várias fases, todas elas muito importantes para quem sonha ingressar nessa carreira.

  1. Prova objetiva + redação
  2. Teste de aptidão física (TAF)
    • Barra fixa
    • Teste de impulsão horizontal
    • Natação
    • Teste de corrida
  3. Avaliação médica
  4. Avaliação psicológica
  5. Avaliação de títulos
  6. Curso de formação profissional

Importante: essas fases costumam variar de concurso para concurso, principalmente nos de nível estadual. Por isso, leia com atenção o edital, ele contém todas as informações que você deve saber sobre a prova, teste físico e etc. 

Saiba algumas vantagens sobre as Carreiras Policiais que o professor William Notario apontou:

1) Boas remunerações
Os concursos de Policiais possuem excelentes remunerações, por exemplo, Agente e Escrivão de Polícia Federal ingressando com aproximadamente R$ 12.000,00 e Policial Rodoviário Federal com aproximadamente R$ 10.000,00 – informações com base no último edital dos respectivos órgãos. Isso se aplica também aos concursos de Polícias Civis, que também contam com remunerações atrativas, por exemplo, a Polícia Civil do DF.
2) Grande quantidade de provas
No Brasil temos vagas para Polícia Militar, Civil, Federal e Rodoviária Feral, ou seja, anualmente são inúmeras vagas para preencher todos os estados e o DF, além das vagas federais. Sendo assim, o candidato que estuda para essa carreira sempre estará tendo oportunidades.
3) Grande quantidade de nomeações
Embora os editais contemplem inicialmente poucas vagas, sempre temos grandes quantidades de convocações para as próximas fases do concurso, por exemplo, teste de aptidão física, exames médicos e avaliação psicológica. Existem variações, mas alguns chegam a nomear centenas de candidatos, por exemplo, o que acontecem recentemente com as Polícias Federal e Rodoviária Federal.
4) Núcleo das disciplinas 
Ao escolher estudar para a carreira policial, o candidato tem um núcleo de disciplinas que são cobradas em todos os concursos dessa carreira, ou seja, estando bem nessas disciplinas, que chamamos de básicas, as chances sempre são maximizadas, ficando a cargo somente de estudar as específicas para cada tipo de concurso.
5) Qualidade e satisfação de vida
O trabalho nas polícias geram uma ótima satisfação pessoal, até porque, geralmente estão ligados a um sonho de criança ou uma motivação especial na vida, mesmo existindo as atribuições de risco, as funções exercidas são consideravelmente seguras, diante dos treinamentos e protocolos da segurança pública.

Comentários

comentarios