Aula de Gramática: entenda o que é morfossintaxe

1322

Entender a importância da morfossintaxe é fundamental para fazer diferença nas provas de Língua Portuguesa nos concursos públicos

Excetuando a interpretação textual, todas as questões de Língua Portuguesa que caem em provas de concursos públicos são questões de morfossintaxe. Por definição, pode-se dizer que a morfossintaxe é a análise da função e a ligação dos termos da oração. Ou seja, morfossintaxe é a Gramática inteira, que é dividida em três partes:

  1. Morfologia
  2. Sintaxe
  3. Semântica

O estudo da morfologia diz respeito à classificação das palavras de acordo com as suas características. São as famosas classes gramaticais. Já a sintaxe define a função (concordância, regência) e a posição (ordem direta da oração) das palavras e expressões em um período. Semântica diz respeito a figuras de linguagem (“fugas” discursivas da língua), polissemia (uma palavra que reúne vários significados) e outras propriedades que estudam o significado e a interpretação dos significados das palavras, frases ou expressões dentro de um específico contexto.

“Morfossintaxe é igual a Língua Portuguesa e Língua Portuguesa é igual a morfossintaxe. Para dominar a Gramática, é preciso estudar primeiro a teoria e, depois de entender, partir para a aplicação teórica, com a realização de exercícios“, explicou o professor Alexandre Soares.

👉 Leia mais: Dicas de Língua Portuguesa: Gramática

blog AlfaCon Morfossintaxe concurso publico

Quando analisamos uma oração, considerando a relação entre a classe gramatical de uma palavra e sua função sintática, estamos fazendo uma análise morfossintática. A análise morfológica faz um exame das classes de palavras de uma oração de forma individual. Essas classes são:

  • substantivo
  • adjetivo
  • artigo
  • verbo
  • numeral
  • pronome
  • preposição
  • advérbio
  • conjunção
  • interjeição

Já a análise sintática examina como um todo a relação das palavras de uma oração. Ou seja, a função que os termos desempenham na sua formação. Esses termos são:

  • sujeito
  • predicado
  • complemento verbal
  • complemento nominal
  • agente da passiva
  • adjunto adnominal
  • adjunto adverbial
  • aposto

“A morfossintaxe é o entendimento, ao mesmo tempo, da morfologia e da sintática. Com isso podemos entender quais a funções que uma classe gramatical pode exercer numa oração”, explicou Soares.

Agora é abraçar a Gramática e cuidar para que o conteúdo estudado fique em dia!

2 Comentário

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here