Concurso TJ DFT: presidente confirma novo edital para o segundo semestre

182

Sem concurso vigente, o TJ DFT (Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios) pode iniciar logo os preparativos para organizar nova seleção

A publicação do edital do novo concurso TJ DFT (Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios) está prevista para ocorrer no segundo semestre deste ano. A confirmação foi feita pelo próprio presidente do órgão, Romeu Gonzaga Neiva, em entrevista para o portal Correio Brasiliense.

A seleção deverá ser para o preenchimento de postos na área de apoio, mas ele não descarta, ainda, a contratação de magistrados. “A nossa ideia é viabilizar o concurso no segundo semestre, mas estamos estudando. Há, inclusive, conversas para fazer concurso para magistrados também, por conta das perdas de colegas por aposentadorias e até pela Covid-19”, disse. Novas informações devem ser anunciadas em breve.

💡📚 Conheça nosso curso GRATUITO para o concurso TJ DFT: Técnico Judiciário do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios – Área Administrativa

Na área de apoio, o órgão conta com necessidade de 389 servidores, enquanto para magistrados a carência é de 216 juízes. Na área de apoio são 208 técnicos judiciários e 181 analistas judiciários, cargos previstos para a nova seleção. No caso de técnico, para concorrer é exigido ensino médio e para analistas, nível superior. As remunerações atuais são, respectivamente, de R$ 7.591,36 e R$ 12.455,30, já considerando a gratificação por atividade judiciária.

Vale ressaltar que o tribunal já conta com previsão no orçamento 2021 para suprir 111 vagas no decorrer do ano, embora o documento não indique qualquer distribuição por cargos.

👉 Leia mais: Tribunal de Justiça: o que faz um escrevente?

Concurso do TJ DFT: último edital

O último concurso TJ DFT, realizado em 2015, contou com uma oferta de 80 vagas imediatas, além de cadastro reserva. Das ofertas disponibilizadas, 13 foram reservadas às pessoas negras ou portadoras de deficiência. A banca organizadora, na ocasião, foi o Cespe/UnB, atual Cebraspe.

Candidatos com o nível médio puderam concorrer a técnico judiciário na área administrativa (35). Além disso, também foram oferecidas oportunidades de técnico judiciário nas áreas de apoio especializado – enfermagem (1) e apoio especializado – programação de sistemas (1).

👉 Leia mais: Carreira Tribunal: 10 concursos previstos para 2021

Para nível superior, as opções foram para analistas judiciários nas seguintes áreas: apoio especializado – análise de sistemas (1); apoio especializado – biblioteconomia (1); apoio especializado – psicologia (1); apoio especializado – suporte em tecnologia da informação (1); apoio especializado – medicina/clínica médica (1); apoio especializado – medicina/ginecologia-obstetrícia (1); apoio especializado – medicina/neurologia (1); apoio especializado – medicina/pediatria (1); apoio especializado – medicina/psiquiatria (1); apoio especializado – odontologia/dentística (1); judiciária (31); e judiciária – oficial de justiça avaliador federal (2).

| Veja mais notícias aqui! |