GABARITO PRF: Ética – Confira os comentários aqui!

6910

GABARITO PRF 2019: Gabarito e correção prova de Ética

Olá, alfartanos! A prova do concurso PRF foi realizada neste domingo, dia 03 de fevereiro de 2019. Nossa equipe de professores reuniram-se para fazer os comentários das provas. Confira, nesta postagem, o GABARITO PRF 2019: Gabarito e correção prova de Ética, do nosso professor Thallius Moraes.

GABARITO PRF: Comentários de Ética

Gabarito PRF Ética
Gabarito PRF Ética

ÉTICA – THÁLLIUS MORAES

Questão 41

Gabarito: ERRADO

Comentários: A moralidade administrativa não se restringe unicamente à distinção entre o bem e o mal, conforme rege o Decreto 1.171 de 1994:

III – A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção entre o bem e o mal, devendo ser acrescida da ideia de que o fim é sempre o bem comum. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do servidor público, é que poderá consolidar a moralidade do ato administrativo.

 

 

 

 

Questão 42

Gabarito: ERRADO

Comentários: Esses primados devem orientar o servidor tanto no exercício de sua função, como também fora dela, conforme trata o Decreto 1.171 de 1994:

I – A dignidade, o decoro, o zelo, a eficácia e a consciência dos princípios morais são primados maiores que devem nortear o servidor público, seja no exercício do cargo ou função, ou fora dele, já que refletirá o exercício da vocação do próprio poder estatal. Seus atos, comportamentos e atitudes serão direcionados para a preservação da honra e da tradição dos serviços públicos.

 

 

 

 

Questão 43

Gabarito:  CERTO

Comentários: Desviar servidor para o atendimento de interesses particulares é uma das condutas vedadas na no Decreto 1.171, assim como ser conivente com erro ou infração em função de seu espírito de solidariedade. Em caso de violação de tais proibições, o servidor poderá ser submetido a Comissão de Ética:

XV – E vedado ao servidor público;

  1. c) ser, em função de seu espírito de solidariedade, conivente com erro ou infração a este Código de Ética ou ao Código de Ética de sua profissão;
  2. j) desviar servidor público para atendimento a interesse particular;

XVI – Em todos os órgãos e entidades da Administração Pública Federal direta, indireta autárquica e fundacional, ou em qualquer órgão ou entidade que exerça atribuições delegadas pelo poder público, deverá ser criada uma Comissão de Ética, encarregada de orientar e aconselhar sobre a ética profissional do servidor, no tratamento com as pessoas e com o patrimônio público, competindo-lhe conhecer concretamente de imputação ou de procedimento susceptível de censura.

 

 

 

 

 

Questão 44

Gabarito: CERTO

Comentários: A embriaguez em serviço (que não é tolerada uma única vez, muito menos de forma habitual) é uma das condutas vedadas pelo Decreto 1.171. Fora de serviço é vedada a embriaguez de forma habitual. Em caso de violação de tais vedações, o servidor poderá sofrer a penalidade de censura, aplicável pela Comissão de Ética.

XV – E vedado ao servidor público;

  1. n) apresentar-se embriagado no serviço ou fora dele habitualmente;

XVI – Em todos os órgãos e entidades da Administração Pública Federal direta, indireta autárquica e fundacional, ou em qualquer órgão ou entidade que exerça atribuições delegadas pelo poder público, deverá ser criada uma Comissão de Ética, encarregada de orientar e aconselhar sobre a ética profissional do servidor, no tratamento com as pessoas e com o patrimônio público, competindo-lhe conhecer concretamente de imputação ou de procedimento susceptível de censura.

 

>> Confira a correção ao vivo clicando aqui << 

 

 

 

 

 

 

Comentários

comentarios