História Geral para concursos: o que estudar?

268

O professor de História do AlfaCon Thiago Pereira traz dicas importantes para quem precisa estudar História para concursos públicos, mas tem dificuldades em assimilar as matérias dos conteúdos programáticos indicados

O estudo da disciplina História para concurso público exige dos interessados muita disciplina, perseverança e uma enorme capacidade de visão crítica dos processos histórico. A disciplina costuma ser cobrada principalmente nos concursos para as carreiras militares, como na ESA (Escola de Sargentos das Armas) — que concentra o conteúdo mais em História do Brasil — e na EsPCEx (Escola Preparatória de Cadetes do Exército) — que elabora questões de História do Brasil e de História Geral —, e também para concursos da carreira policial.

“Os concursos para a Polícia Militar, em todos os estados e no Distrito Federal, cobram conhecimentos em História Geral e História do Brasil. Sendo que algumas PMs também trazem no conteúdo programático a exigência da história do estado, como aconteceu agora em 2021 no concurso PM PR, por exemplo”, explica o professor de História do AlfaCon Thiago Pereira. Confira uma das aulas preparatórias do professor para esse concurso:

Diante desse fato, a orientação de Thiago Pereira é que os concurseiros que buscam uma colocação nessas áreas mantenham os estudos da disciplina em dia. Para esses, a dica é olhar o conteúdo programático assim que o edital for divulgado e verificar os tópicos para ajustar os estudos para o processo seletivo. “A plataforma do AlfaCon é extremamente completa, com todos os assuntos e matérias da disciplina que são cobradas em concursos públicos. E o que não tem, a produção de conteúdo é rápida e constante”, avisa o professor.

Já para os concurseiros que sentem alguma dificuldade em assimilar a disciplina, seja por defasagens acumuladas nos ensinos fundamental e médio, ou apenas por não sentirem afinidade com a disciplina, o conselho do professor Thiago é: estude a história com um olho no passado e outro no presente.

“Os acontecimentos históricos são, em sua grande maioria, cíclicos. Se você pensar bem, as situações se repetem, sejam econômicos, sociais ou culturais. É claro que nada acontece do mesmíssimo jeito. Porém, é necessário conhecer e estudar os acontecimentos passados para que eles não se repitam de forma trágica no nosso futuro. E é isso que deixa a história tão fascinante“, afirma Thiago Pereira.

👉 Leia mais: Carreiras militares: 1.880 vagas previstas para 2022

O que mais cai em História Geral para concursos públicos?

O professor Thiago Pereira fez uma rápida lista com os assuntos que mais costumam ser cobrados na disciplina de História nos concursos públicos para as carreiras militar e policial. Confira:

  • Período colonial;
  • Sociedade açucareira;
  • Conflitos no período regencial;
  • Era Vargas;
  • Guerras Mundiais;
  • Guerra fria;
  • Globalização;
  • Economia Cafeeira

Uma boa forma de aprender sobre esses assuntos é fazendo uma linha do tempo relacionando os assuntos. E, claro, resolvendo muitas questões, de acordo com o professor Tiago Pereira.

Um assunto que é recorrente no concurso da PM SP, por exemplo, são os períodos das duas Grandes Guerras. Por isso, segundo Thiago Pereira, é importante que esses dois eventos sejam bem assimilados pelos concurseiros. Além desses dois tópicos, costuma cair perguntas sobre a Guerra Fria, Globalização e políticas Neoliberais.

👉 Leia mais: Concursos 2022: mais de 40 mil vagas previstas para a carreira policial

3 dicas de como estudar História para ter êxito em concursos

Além de ter um bom material didático, Thiago Pereira costuma aconselhar seus alunos a ler e fazer pesquisas em sites confiáveis ao estudar História para concurso público. “Com as aulas do AlfaCon é possível superar essa defasagem. Muitos dos nossos alunos se saíram muito bem nas provas de História nas carreiras militares em 2021”, afirma, ao deixar três dicas do como estudar a disciplina.

1. Estude a história com um olho no passado e outro no presente
De acordo com Thiago Pereira, o aluno consegue observar o que ele domina, e o que não domina, precisa precisa recuperar para assimilar os conteúdos. A dica, neste caso, é fazer uma dobradinha entre videoaulas e apostilas para criar embasamento, e só então partir para os testes (exercícios).

Resolver uma quantidade suficiente de exercícios para verificar o que aprendeu também é necessário no estudo de História, segundo o professor Thiago.

2. Assista a documentários, séries e filmes e leia bons livros
Pedagogicamente falando, muitos alunos conseguem estudar bem só com videoaula. Mas é preciso considerar que nem todos têm essa facilidade. “Muitos precisam escrever para, através desses registro, conseguir absorver o conteúdo para dominar o assunto”, explica Thiago. Por isso, para esses alunos, o professor Thiago Pereira costuma indicar a leitura de livros e filmes, porque isso ajuda a entender, interpretar e compreender o contexto histórico.

“Mesmo que os filmes não sejam fidedignos porque não têm esse compromisso — a arte não precisa exatamente expressar só a verdade, mas passeia pelo assunto histórico e traz à baila algumas informações históricas muito importantes“, afirma o professor.

3. Faça resumos em mapas mentais e/ou linhas do tempo

A última dica de como estudar história tem a ver com resumos, linhas do tempo e mapas mentais. São ferramentas de estudo muito úteis e, geralmente, bem coloridas e divertidas, que facilitam muito assimilar os acontecimentos históricos. A sugestão do professor Thiago Pereira é que o aluno escolha um conteúdo específico, como as Grandes Guerras Mundiais, e faça um mapa mental e depois uma linha do tempo.

“Coloque no centro a data mais importante desse período e vá fazendo ligações e puxando setas e desenhos que se relacionem ao tema. Essa estratégia facilita muito o estudo e a memorização de datas importantes. Depois que você relacionar e correlacionar os eventos mais importantes desse assunto, parta para a linha do tempo!”, ensina o professor do AlfaCon.

👉 Leia mais: 7 dicas simples de como fazer um mapa mental

Como criar uma linha do tempo para estudar História Geral para concursos?

O Blog do AlfaCon produziu um exemplo de linha do tempo, seguindo a orientação do professor Thiago Pereira, para você ter uma ideia de como isso funciona. A sugestão é que você prossiga com essa linha, dando sequência aos acontecimentos: a Guerra Fria, a globalização e o crescimento das políticas neoliberais.

[INFOGRAFICO]

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here