Depoimento aprovado 3º lugar concurso PM PI – Jorge Francisco dos Santos Filho

147

Nome: Jorge Francisco dos Santos Filho
Idade: 23 anos
Cidade/Estado: TERESINA-PI


Por que decidiu estudar para concurso público?

Em busca de estabilidade financeira.

Quanto à sua preparação, por quanto tempo estudou até conquistar esta aprovação? Como era sua rotina de estudo? Se dedicou mais a algum conteúdo ou disciplina específicos? Por quê? Como foi sua experiência? Dedicava mais tempo às básicas ou específicas, ou dividia de igual para igual?

Já tinha uma base pois estudo há muito tempo para concursos. Peguei as disciplinas que tinha mais dificuldade e estudei assim que saiu o edital, o que não é recomendado, mas aproveitei que a primeira prova foi anulada devido a suspeita de fraude e intensifiquei meus estudos. Isso me deu mais tempo para estudar, me dediquei mais às disciplinas específicas pois eram peso 2, fazia muitas questões.

Você apenas estudava para concurso ou precisava conciliar os estudos com trabalho? Como fazia para conciliar?

Precisava conciliar com o trabalho e com a faculdade. Trabalhava pela manhã e fazia faculdade à noite. A gente acaba tendo que priorizar o concurso em detrimento de outras coisas. É o preço a se pagar por algo maior.

Você estudou com quais materiais? Seus materiais e aulas tinham todo o conteúdo necessário para conseguir a aprovação?

Apostilas, lista de questões, vídeoaulas e etc. Os materiais ajudaram bastante!

Você esteve motivado durante todo o período e preparação? Pensou em desistir? O que o desmotivou? O que o manteve ou o fez voltar a ficar motivado com os estudos?

O desânimo sempre bate. Pensei em desistir várias vezes. O que motiva é a busca da realização pessoal, dos sonhos, a busca pela estabilidade, ajudar a família, constituir uma, já que sou novo.

Durante a preparação, sabemos que é preciso abrir mão de muita coisa, amigos, família, festas, enfim… como foi este período para você? Abdicou de muita coisa? Pode dar exemplos? Como foi passar por isso?

Evitei sair algumas vezes mas com disciplina dá para conciliar. Não precisei ficar totalmente recluso mas durante o estudo procurava focar naquele momento em que estava estudando. Abdiquei de muitas coisas, principalmente dos finais de semana.

Você é casado, namora, mora com os pais? Sua família, amigos ou as pessoas que são próximas aceitaram essa sua rotina de estudos? Apoiaram? Teve alguém que acabou se distanciando?

Sou noivo mas ainda moro com meus pais. Aqueles que se afastaram realmente não fazem falta para mim. Já a família, a noiva, os verdadeiros amigos permanecem e me apoiam incondicionalmente.

Você tentou outros concursos públicos antes dessa aprovação? Tentou fazer outras provas apenas para treinar? Como foi a sua experiência?

Eu já fui aprovado em outros dois concursos, PM Maranhão e Guarda Municipal de Teresina, mas infelizmente não consegui passar no TAF pois tinha dificuldade no abdominal. Sempre é bom fazer provas para ir pegando o ritmo e fiz muitas, principalmente de carreiras policiais. Sou perseverante e dessa vez consegui ser aprovado no TAF.

Começou a estudar com edital aberto? Caso não tenha sido este o caso, como foi para se manter motivado mesmo sem edital previsto?

Sempre me mantenho estudando. No caso da Polícia Militar do Piauí comecei a estudar com edital aberto apenas as disciplinas que eu tinha dificuldade.

Como conheceu o AlfaCon?

Nesta vida árdua de concurseiro é impossível não conhecer o Alfacon. Quem busca bons materiais acaba consequentemente por encontrar. Conheci pela internet.

De que forma o AlfaCon te ajudou nessa jornada?

Nas revisões e aulões gratuitos.

Você utilizava alguma técnica específica para aprender e memorizar o conteúdo? Pode compartilhar suas técnicas com a gente?

O que mais me ajudou foi resolver as questões.

Qual foi a maior dificuldade que enfrentou no período em que estudou?

As dificuldades que todo concurseiro enfrenta: falta de dinheiro, estímulo, dúvidas sobre qual carreira focar, fraudes, falta de apoio de algumas pessoas dentre outras coisas.

O que fez para superar esses obstáculos?

Acreditar em um sonho maior.

Quando o concurso se aproxima sabemos que é difícil controlar a ansiedade, nervosismo e até mesmo insegurança. Como foi pra você? Como superou? Potencializou o estudo nos últimos dias ou tentou relaxar um pouco?

Sou muito ansioso, mas nos últimos dias procurei revisar somente e relaxar um dia antes da prova.

O que você acredita que tenha sido realmente efetivo na sua preparação? Houve falha? Onde acredita que tenha falhado?

Revisar e revisar. Eu procuro ver o mesmo assunto várias vezes e responder o máximo de questões sobre determinado assunto. As questões muitas vezes se repetem e as bancas não fogem disso. Sempre tem falhas, sempre se pode estudar mais!

Para finalizar, qual dica você deixaria para aqueles que estão nessa caminhada rumo à aprovação e pensam em desistir?

Desistir não é uma opção. Vários editais se abrindo. Foquem em uma carreira e caiam para cima! Dêem o seu melhor e mantenham a disciplina de estudos. Cada um tem sua melhor forma de estudar, não existe fórmula mágica! E por fim… você pode ser O QUE QUISER, basta ACREDITAR E CORRER ATRÁS. FAÇA A VIDA VALER A PENA!

 

Comentários

comentarios