Concurso PRF: liminar que suspendia seleção é derrubada; entenda

768

Justiça havia atendido a um pedido do Ministério Público Federal para que a banca revesse os critérios adotados para reserva de 20% das vagas a candidatos negros no concurso da PRF (Polícia Rodoviária Federal)

A União conseguiu derrubar a decisão liminar da 3ª Vara Federal de Sergipe que suspendia o concurso da PRF (Polícia Rodoviária Federal). Com isso, o Cebraspe (Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos) anunciou na noite de ontem (18) a retomada a seleção.

Na semana passada, a Justiça havia atendido a um pedido do MPF (Ministério Público Federal) para que a regra de cotas adotada para correção das provas discursivas fosse revista pela banca, a fim de garantir a reserva de 20% dos postos a candidatos negros em todas as fases do certame, e não apenas na apuração da classificação final.

👉 Leia mais: Concurso PRF: tudo sobre o cargo de policial rodoviário federal

No entendimento do MPF, a Lei de Cotas (Lei 12.990/2014) estava sendo descumprida, uma vez que candidatos negros que obtiveram nota suficiente para também concorrerem às vagas de ampla concorrência foram computados pela banca apenas na relação destinada a cotistas.

A decisão que derrubou a liminar é do desembargador federal Rogério Fialho Moreira, do TRF5 (Tribunal Regional Federal da 5ª Região). Ele acatou o pedido da União por entender que a suspensão do concurso compromete o trabalho da PRF e gera “grave lesão à ordem administrativa”. O MPF ainda pode recorrer.

Para o magistrado, além de impedir “a complementação do efetivo de policiais rodoviários federais necessários a atender as demandas do país”, os prejuízos decorrentes da paralisação afetariam os próprios candidatos, “que terão sua nomeação significativamente retardada, e à população que ficará privada por tempo indefinido do policiamento efetivo e adequado nas rodovias federais”.

💡📚 Conheça nosso curso online e GRATUITO para o concurso PRF: Unificado Forças Federais (Depen – PF – PRF)

Etapas da seleção

Válidas pela primeira fase do concurso da PRF, as provas objetiva e discursiva foram aplicadas em 9 de maio. Em seguida, a banca iniciou a convocação dos candidatos aprovados para as seguintes etapas:

  • exame de aptidão física;
  • avaliações psicológica e de saúde;
  • análise de títulos;
  • apresentação de documentos;
  • investigação social.

👉 Leia mais: Concurso PRF 2021: veja o que é exigido no TAF

Notícias Anteriores

Concurso PRF oferece iniciais de R$ 10,3 mil para nível superior. Mais de 304 mil candidatos disputam as 1.500 vagas ofertadas

Boa notícia pra quem perdeu o prazo de envio dos documentos exigidos no edital do concurso PRF 2021! É que agora tem uma nova data para a entrega dos papéis necessários à investigação social e à verificação do cumprimento dos requisitos exigidos para cada fase do certame, inclusive para a matrícula no Curso de Formação Profissional.

Se você não conseguiu entregar a tempo, fique de olho! O envio dos documentos já pode ser feito a partir desta sexta, 16, e o prazo é até às 18h do dia 19 de julho. Quem já enviou no prazo anterior não necessitam ser reenviados.

💡📚 Conheça nosso curso online e GRATUITO para o concurso PRF: Polícia Rodoviária Federal

A informação foi dada pelo Diário Oficial da União, veja a publicação completa aqui.

Notícias anteriores

Acabam de ser publicados o resultado final da avaliação discursiva e a convocação para as próximas fases do concurso da PRF (Polícia Rodoviária Federal) destinado a preencher 1.500 vagas (clique aqui para ter acesso ao documento).

De acordo com o cronograma definido pelo Cebraspe (Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos), as próximas fases estão agendadas para:

•  exame de aptidão física, em 19 e 20 de junho;
•  
envio de documentos e preenchimento da ficha de informações pessoais para investigação social, das 10h às 18h de 21 de junho;
•  
avaliação psicológica, em 27 de junho.

👉 Leia mais: Concurso PRF 2021: confira as próximas etapas depois da aplicação das provas

Ainda sem datas definidas, as demais etapas do certame incluem: avaliação de saúde, análise de títulos e curso de formação. Válidas pela primeira fase, as provas objetiva e discursiva foram aplicadas em 9 de maio.

Em caso de dúvidas, os candidatos podem obter mais informações com a banca por dois canais de comunicação: telefone (61) 3448-0100 e e-mail sac@cebraspe.org.br.

👉 Leia mais: Concurso PRF: tudo sobre o cargo de policial rodoviário federal

Concurso PRF: detalhes sobre o edital

No total, 304,3 mil candidatos disputam 1.500 vagas imediatas para policial rodoviário. A carreira cobra curso superior em qualquer área e oferece salário inicial de R$ 10.357,88 – já considerando o auxílio alimentação de R$ 458.

Do total de oportunidades, 1.125 são para ampla concorrência. As outras 375 chances estão distribuídas da seguinte forma: 300 reservadas a candidatos negros e 75 a pessoas com deficiência.

Há também a expectativa de convocação de 500 excedentes no início de 2022, totalizando 2.000 nomeações, segundo informou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

👉 Leia mais: Carreira Policial: quais concursos fazer depois da PF e PRF?

Resumo do Concurso PRF 2021

PRF – Polícia Rodoviária Federal
Vagas: 1500
Taxa de inscrição: De R$ 180,00
Cargos: policial rodoviário, policia rodoviaria federal
Áreas de Atuação: Segurança Pública
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário: Até R$ 10357,00
Organizadora: Cebraspe
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO