Entenda o que faz um Inspetor da Polícia Civil

93

O inspetor da Polícia Civil é um dos cargos que existem nessa instituição. Muitas pessoas que desejam ingressar na carreira policial ficam com dúvidas sobre quais posições buscar nas organizações. Principalmente, por existirem funções completamente distintas que se encaixam em perfis diferentes.

Mesmo que os profissionais atuem na mesma Polícia Civil, o inspetor tem um dia a dia completamente diferente do Delegado ou Perito, por exemplo. Por isso, é interessante conhecer bem as funções de cada cargo. Dessa forma, você terá mais informações para escolher.

Pensando nisso, resolvemos escrever este artigo. Nele, mostraremos tudo o que um inspetor da Polícia Civil faz e como ingressar nessa profissão. Continue lendo!

O que faz um inspetor da Polícia Civil?

Iniciaremos este artigo demonstrando as principais funções que um inspetor da Polícia Civil deve executar no seu dia a dia. De modo geral, seu papel é manter a ordem pública, atuando diretamente na investigação de crimes.

Também é importante saber que a Polícia Civil tem funções completamente diferentes da Militar, por exemplo. O policial civil atua depois que o crime ocorreu, reunindo provas para encontrar os responsáveis pelos atos ocorridos. Já a Polícia Militar tem como função coibir a prática desses crimes. Por isso, nessa instituição não existem cargos como inspetor, perito etc.

Entre as principais funções do inspetor da Polícia Civil, nós temos:

  • cumprimento de mandatos e despachos;
  • elaboração de relatórios de investigação policial;
  • cumprimento de determinações e autoridades policiais que o inspetor está subordinado, por exemplo, o Delegado;
  • condução de veículos oficiais;
  • emissão de autorizações, certidões e traslados;
  • registro de Boletins de Ocorrência, além de pesquisar antecedentes criminais, bem como consulta de veículos por meio de placas;
  • executar prisões, buscas e apreensões;
  • gerenciamento do banco de dados, bem como informações adquiridas pela Polícia Civil em processos de investigação;
  • manusear armas de fogo, caso ocorra a necessidade;
  • investigação de crimes;
  • colher testemunho de vítimas, testemunhas e investigados;
  • execução de tarefas administrativas;
  • atendimento ao público, em algumas situações.

LEIA TAMBÉM: Concurso Anatel. Conheça tudo sobre os próximos editais da instituição.

Qual o salário e a carga horária de um inspetor da Polícia Civil?

Quando as pessoas levantam dúvidas sobre o salário do inspetor da Polícia Civil, é importante ter em mente que o montante pode variar muito entre os estados brasileiros. Isso porque essa é uma instituição estadual. Ou seja, que cada ente federativo pode estabelecer critérios de remuneração diferentes que alteram seus vencimentos.

Não somente o salário pode ser diferente, mas até mesmo as funções tendem a ser pontualmente diferentes. De acordo com os últimos concursos, o inspetor tem um salário que varia entre R$ 6.500,00 a R$ 9.500,00, aproximadamente.

Quanto à carga horária, também podem existir diferenças entre os estados. Mas, no geral, a Polícia Civil adota em média 40 horas semanas. Além disso, pode haver momentos em que o inspetor da Polícia Civil precise realizar plantões. Esses horários de trabalho extra são remunerados de acordo com o estatuto dos servidores públicos de cada estado.

Qual a diferença entre o investigador e o inspetor da Polícia Civil?

Tecnicamente, as funções do investigador e inspetor da Polícia Civil são muito semelhantes. Contudo, a principal distinção que temos entre os cargos está relacionada ao nível hierárquico. Ou seja, o inspetor está em uma posição acima do investigador. Logo, a forma de chegar até os cargos também é distinta.

Além disso, para se tornar um inspetor da Polícia Civil, o interessado deve ter curso superior completo em qualquer área. Já o investigador pode ser empossado se tiver apenas o ensino médio. Entre as atividades, o investigador deve executar:

  • operação de telecomunicação policial;
  • conduzir os veículos da Polícia Civil em incursões policiais ou investigação;
  • tirar fotografias e realizar o trabalho de carcereiro policial enquanto um acusado estiver sobre a custódia da Polícia Civil etc.

Contudo, além dessas atribuições, o investigador executa muitas das atribuições do inspetor. Assim, a delegacia em que ambos trabalham ou até mesmo a instituição divide as atribuições entre os profissionais para facilitar os trabalhos diários. Além disso, o investigador de Polícia Civil também tem uma função muito importante.

Esse profissional é um subordinado dos oficiais e inspetores. Isso significa que ele integra a área de investigação e prevenção de crimes. O investigador conduz as viaturas da corporação, garante a segurança das autoridades, bem como colhe o depoimento de suspeitos. Ele ainda deve conservar os veículos utilizados, mantendo-os sempre em perfeito estado de uso.

Quanto às atividades de telecomunicações policiais, esses profissionais podem executar algumas atividades de operação e conservação dos aparelhos de comunicação. Geralmente, se o investigador possuir afinidade com esse tipo de equipamento, a própria delegacia pode organizar esse tipo de função.

LEIA TAMBÉM: Afinal, como se preparar para o Concurso PC/DF? Saiba mais!

Quem pode ser inspetor da Polícia Civil?

Antes de qualquer coisa, é importante ter em mente que, para ser um inspetor da Polícia Civil, é preciso ser aprovado em um Concurso Público. Mas, além disso, é necessário que o candidato cumpra alguns requisitos. São eles:

  • ser brasileiro nato;
  • ter idade a partir de 18 anos;
  • possuir habilitação válida na categoria B, no mínimo;
  • estar em dia com suas obrigações eleitorais e militares para os homens;
  • ser graduado em qualquer curso superior devidamente reconhecido pelo MEC.
  • ter aptidão física e mental para assumir o cargo e realizar as atribuições básicas;
  • não possuir nenhum tipo de problema penal que incompatibiliza o candidato a ingressar no cargo público;
  • estar apto com sua saúde com comprovação por meio de exame médico pré-admissional e teste físico.

Além disso, alguns estados podem exigir outros tipos de obrigações. Portanto, é sempre muito importante consultar o edital do concurso público, bem como a legislação estadual que regulamenta a Polícia Civil.

LEIA TAMBÉM: Concurso INSS. Veja como se preparar!

Como ser um inspetor da Polícia Civil?

Como você já sabe, para ser um inspetor da Polícia Civil, é preciso ser aprovado em todas as fases de um concurso público. Ele inicia com as provas objetivas, que têm as disciplinas cobradas de acordo com cada certame. Mas, geralmente, as bancas examinadoras cobram as seguintes disciplinas:

  • Português;
  • Raciocínio lógico/matemático;
  • Conhecimentos gerais;
  • Direito Penal e Processual Penal;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Administrativo etc.

Além das provas objetivas, o inspetor da Polícia Civil precisa ser aprovado em outras etapas. Por exemplo, a maioria dos certames exigem a apresentação de títulos. Essa etapa é classificatória, ou seja, adiciona pontos e altera a colocação do candidato.

Além disso, os concursos públicos exigem testes físicos. Geralmente, o candidato faz algumas provas que envolvem a execução de flexões de braços, barra fixa, entre outros exercícios. Por fim, finaliza o teste com o famoso e temido Cooper. Basicamente, é uma corrida livre com tempo cronometrado.

Diferentemente da prova de títulos, o teste físico é eliminatório. Ou seja, se o candidato não for aprovado, ele será desclassificado e não poderá prosseguir nas próximas etapas do certame. Além disso, o candidato é submetido aos exames médico e psicológico.

Caso ocorra alguma alteração mais séria, o candidato também será desclassificado do certame. Para finalizar, o candidato precisa passar pelo curso de formação. Mesmo após todas essas etapas ainda é preciso se preparar para atuar na Polícia Civil.

Afinal, essa instituição atua diretamente com a segurança pública. Logo, os profissionais que atuarão na Polícia Civil precisam estar muito bem preparados. Por isso o curso de formação é tão importante. O curso de formação é organizado pela própria instituição e exige uma frequência e pontuação mínimas para que o candidato seja aprovado.

Após todas essas etapas, o candidato finalmente será um inspetor da Polícia Civil e começará a desempenhar suas atribuições. Além disso, os inspetores, mesmo após a aprovação no concurso público, precisam passar por cursos de reciclagem e formações fornecidas pela própria instituição. Isso é importante para que ele se mantenha atualizado e também pode servir para facilitar eventuais promoções.

LEIA TAMBÉM: Afinal, como funciona a escolha de concurso público? Saiba mais!

Existe a possibilidade de estudar para ambos os cargos?

Quem deseja prestar concursos públicos para investigador e inspetor pode se preparar para ambos ao mesmo tempo. Isso porque as matérias são praticamente as mesmas. Mas tenha muita atenção, pois o conteúdo programático pode mudar, tendo em vista que um se trata de um cargo de nível superior e outro de nível médio.

Geralmente, quando um candidato se prepara para inspetor de Polícia Civil, ele já consegue abranger boa parte dos conteúdos programáticos para o investigador. Contudo, é preciso verificar se existe possibilidade de realizar ambas as provas no mesmo concurso público. Afinal, em alguns casos, ambas as provas ocorrem no mesmo período do dia, exigindo que o candidato escolha um dos cargos.

Agora que você sabe quais são as funções do inspetor da Polícia Civil e como ingressar nesse cargo, chegou o momento de se preparar. Utilize como base editais passados e comece a estudar o quanto antes para os diversos concursos públicos que surgirão nessas instituições espalhadas pelos estados brasileiros.

Para ajudar, confira a nossa página contendo os concursos da Polícia Civil que estão em aberto ou que já ocorreram.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here