URGENTE: Concurso para Escrivão da PF avança

18496

ATENÇÃO! Novamente foi movimentado o processo dentro do Ministério Do Planejamento. Ele começou a movimentação ontem, às 08h45 da manhã, no Departamento de Legislação e Provimento. No fim do dia, o processo terminou na Divisão de Concursos Públicos do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. Neste momento o processo para o concurso PF 2017 se encontra na Divisão de Concursos Públicos.

No último dia 28 de julho, o processo com o pedido de concurso para cargos da Polícia Federal foi reaberto na Coordenação de Documentação e Informação/ASTEC-GM/GM/Ministério do Planejamento. Desenvolvimento e Gestão, finalizando no Gabinete/SGP/Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão no mesmo dia.

Confira o protocolo atualizado:

protocolo concurso PF
protocolo concurso PF

 

> Protocolo Integrado

Protocolo do dia 28/07:

A expectativa é que o concurso seja liberado ainda esse ano. O Concurso PF também possui o cargo de agente, escrivão e perito para serem aprovados pelo Planejamento.
Veja todas as informações:

Veja o cenário dos últimos meses
Foi divulgado no dia (21/05), uma nota à imprensa, em que o Governo aponta a redução da equipe na operação Lava Jato, além do corte de verbas previstas para o órgão da PF. O órgão pretende abrir 1.758 vagas no concurso PF.

Com todos estes novos casos de corrupção que surgem a cada dia, por meio da Lava Jato, e que devem continuar a surgir por meio das múltiplas delações premiadas, é questionado se a PF possui policiais suficientes para atender a tamanha demanda e se o atual Governo irá suprir a falta de pessoal na corporação. Mesmo com a expectativa do novo concurso para 1.758 vagas, a carência é muito maior. De acordo com dados apontados pelo presidente da Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais), a corporação conta com uma necessidade de nada menos do que 13.300 servidores. Além disso, caso o concurso para delegados não seja realizado o quanto antes, a carência de pessoal para o cargo pode chegar a 800 servidores, nos próximos anos, em decorrência de 400 aposentadorias previstas.

Processos para concurso avançam

Após meses sem novidades, o processo para a liberação de verbas para a realização dos certames do órgão voltou a avançar no MPOG (Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão).

No caso de Escrivão e Agente, o Ministério da Justiça deve encaminhar uma solicitação ao MPOG até o próximo dia 31 para a complementação de verbas, uma vez que o processo que tramita no Planejamento desde 2015, e que voltou a avançar, ainda tratava apenas das carreiras de Perito e Delegado. Este processo estava parado no MPOG desde junho de 2016, foi redistribuído para diversos setores do MPOG para análise, no último dia 19/05. Com o decreto 8.326, de 10/10 de 2014, o órgão não precisa mais de autorização por parte do MPOG para realizar novos concursos, necessitando apenas de um parecer do órgão sobre as condições financeiras para o preenchimento das vagas.

Vagas

As 1.758 vagas que a PF pretende preencher são:

  • 600 para Agente; 
  • 600 para Escrivão;
  • 461 para Delegado;
  • 67 para Perito.
Remuneração

Agente e Escrivão: R$ 11.897, já incluindo auxílio-alimentação de R$ 458.

Delegado: R$ 22.102,37.

Nível

Agente e Escrivão:

  • Superior completo em qualquer área;
  • CNH (Carteira Nacional de Habilitação) categoria B ou superior;

Delegado:

  • Bacharelado em Direito, com experiência mínima de 3 anos em atividades jurídicas ou policiais.

Já para o cargo de Perito da PF, a formação exigida irá depender da área de atuação, que pode variar em até 18 categorias, que ainda não foram divulgadas.

~Ambos os cargos necessitam de carteira de habilitação na categoria “B” ou superior.~

>> Apostila PF

O que faz um Delegado da PF?

As funções de um Delegado da PF são: instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação, orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a prevenção e repressão de ilícitos penais, participar do planejamento de operações de segurança e investigações, supervisionar e executar missões de caráter sigiloso, participar da execução das medidas de segurança orgânica, bem como desempenhar outras atividades, semelhantes ou destinadas a apoiar o Órgão na consecução dos seus fins.

O que faz um Perito da PF?

As funções de um Perito da PF são: realizar exames periciais em locais de infração penal, realizar exames em instrumentos utilizados, ou presumivelmente utilizados, na prática de infrações penais, proceder pesquisas de interesse do serviço, coletar dados e informações necessários à complementação dos exames periciais, participar da execução das medidas de segurança orgânica e zelar pelo cumprimento das mesmas, desempenhar outras atividades que visem apoiar técnica e administrativamente as metas da Instituição Policial, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Etapas do concurso – Perito PF

1. Prova Objetiva

  • Conhecimentos básicos (50 itens)
  • Conhecimentos específicos (70 itens)

2. Prova Discursiva

Elaboração de texto narrativo, dissertativo e/ou descritivo, com, no máximo, 30 linhas.

3. Exame de aptidão física

  • Teste em barra fixa
  • Teste de impulsão horizontal
  • Teste de corrida de 12 (doze) minutos
  • Teste de natação (50 metros)

4. Exame médico

Aferir se o candidato goza de boa saúde física e psíquica para suportar os exercícios a que será submetido durante o Curso de Formação Profissional e para desempenhar as tarefas típicas da categoria funcional.

5. Avaliação psicológica

Aplicação e avaliação de baterias de testes e instrumentos psicológicos científicos, que permitem identificar a compatibilidade de aspectos psicológicos do candidato com as atribuições do cargo, visando verificar, entre outros:

  • Capacidade de concentração e atenção;
  • Tipos de raciocínio;
  • Controle emocional (emotividade, segurança, estabilidade emocional, extroversão, vulnerabilidade, entre outros);
  • Relacionamento interpessoal (confiança, altruísmo, ponderação, assertividade, complacência, entre outros);
  • Capacidade de memória;
  • Características de personalidade (senso de dever, autodisciplina, ordem, dinamismo, persistência, entre outros).

6. Avaliação de títulos

Etapas do concurso – Delegado PF

1. Prova Objetiva

  • 120 questões

2. Discursiva

A prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, aborda os objetos de avaliação de Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Constitucional e Direito Administrativo. É composta por duas partes:

  • 3 Questões dissertativas
  • Elaboração de peça profissional

3. Exame de aptidão física

  • Teste em barra fixa
  • Teste de impulsão horizontal
  • Teste de corrida de 12 (doze) minutos
  • Teste de natação (50 metros)

4. Exame médico

5. Avaliação psicológica

Aplicação e avaliação de baterias de testes e instrumentos psicológicos científicos, que permitem identificar a compatibilidade de aspectos psicológicos do candidato com as atribuições do cargo, visando verificar, entre outros:

  • Capacidade de concentração e atenção;
  • Tipos de raciocínio;
  • Controle emocional (emotividade, segurança, estabilidade emocional, extroversão, vulnerabilidade, entre outros);
  • Relacionamento interpessoal (confiança, altruísmo, ponderação, assertividade, complacência, entre outros);
  • Capacidade de memória;
  • Características de personalidade (senso de dever, autodisciplina, ordem, dinamismo, persistência, entre outros).

6. Avaliação de títulos

7. Prova oral 

  • Direito Penal
  • Direito Processual Penal
  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo

Concurso PF 2014

concurso_pf_linha_do_tempo_concursos_2014_alfacon

O concurso PF 2014 ofertou 600 vagas para Agente de Polícia Federal. A remuneração inicial era de R$ 7.514,33 com exigência de nível superior.

>> Edital PF 2014

O que faz um Agente da PF?

As funções de um Agente da PF são: executar investigações e operações policiais na prevenção e na repressão a ilícitos penais, dirigir veículos policiais, cumprir medidas de segurança orgânica, desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Concurso PF 2013

concurso_pf_linha_do_tempo_concursos_2013_alfacon

O concurso PF 2013 ofertou 500 vagas imediatas divididas em 350 para Escrivão e 150 para Delegado. As remunerações eram de R$ 7.514,33 a R$ 14.037,11.

Concurso PF 2012

concurso_pf_linha_do_tempo_concursos_2012_alfacon

Os primeiros editais da PF 2012 foram publicados no início do ano e ofertaram 100 vagas para Papiloscopista e 500 para Agente da PF. Já no meio do ano saiu mais um edital da PF com 100 vagas para o cargo de Perito e 150 para Delegado.

Edital Delegado PF 2012  | Edital Perito PF 2012 | Edital Papiloscopista PF 2012 | Edital Agente da PF 2012

>> Curso Escrivão PF

Comentários

comentarios