Concurso Banco do Brasil: você sabe o que faz um escriturário?

3554

Saiba quais são as tarefas de um Escriturário do Banco do Brasil, quanto ganha o profissional e como se preparar para os concursos deste cargo

Para você que deseja trabalhar em um dos principais bancos do país, o melhor momento para começar os estudos é agora. O setor financeiro passa por frequentes processos de reestruturação, e a expectativa de novos concursos públicos para essa área é grande. Nesse caso, novos editais para cargos de nível médio são esperados para este ano. Um deles é para o cargo de Escriturário.

Mas você sabe o que faz esse profissional? E qual é a sua remuneração inicial?

Neste texto vamos tirar essas e outras dúvidas! Confira, agora:

Quais as funções de um escriturário?

No dia a dia, ele é o responsável por resolver os problemas dos clientes nas agências. Entre as atividades mais comuns estão aquelas de caráter administrativo e bancário, como atendimento ao cliente, comercialização de produtos e serviços do banco, controle e apresentação de relatórios à gerência e até mesmo atuação como caixa.

💡📚 Conheça nosso curso GRATUITO para o concurso Banco do Brasil: Escriturário do Banco do Brasil GRATUITO

No último edital divulgado para o concurso, de 2018, as atividades foram descritas desta forma:

  • Prestação de informações aos clientes e usuários
  • Conferência de relatórios e documentos
  • Atualização de dados em sistemas operacionais informatizados
  • Atuação no caixa

Quanto ganha um Escriturário?

O funcionário desta área tem uma carga horária de 30 horas semanais com a remuneração inicial de aproximadamente R$ 4.000,00, valor que já inclui auxílios-refeição e alimentação. Além do salário, o servidor tem direito a alguns benefícios, como: auxílio transporte, participação de lucros, plano de saúde e odontológico e muitos mais.

👉 Últimas notícias: Concurso Banco do Brasil: novo presidente nega possibilidade de privatização

Dessa forma, os funcionários conseguem receber benefícios como 14º, 15º e até 16º salários. Participação nos Lucros (PLR) e as Premiações por atingir as metas são outros pontos muito atraentes. Para se ter ideia, o último valor pago de PLR acrescentou R$ 7.571,33 nos salários dos funcionários da instituição.

Por ano, quem atua como Escriturário no Banco do Brasil pode chegar a receber de R$ 76 mil a R$ 86 mil. Como se já não fosse ótimo, ainda há outros benefícios: descontos em financiamentos, consórcios, empréstimos, isenções de taxas, bolsas de estudo para faculdades e auxílio creche.

Vale ressaltar, que o Banco do Brasil oferece a possibilidade de transferência interna para outras áreas e de ascensão, neste caso, por meio de seleção interna.

Como me preparar para o concurso Banco do Brasil?

Pelos editais serem de nível médio, a concorrência para esses cargos é alta. Por isso, é preciso estudar com antecedência e de acordo com um planejamento. No último concurso, em 2018, foram aplicadas provas objetivas e uma redação, que tiveram duração de cinco horas no total. Para concorrer as vagas, os candidatos precisaram ter a taxa de aproveitamento em, no mínimo, de 60% do total de pontos das provas objetivas, ou o mínimo de 55% do total de pontos nos conhecimentos básicos, ou o mínimo de 60% do total de pontos nos conhecimentos específicos.

Além das matérias básicas (português, matemática, RLM, língua inglesa e atualidades), as provas também cobram disciplinas específicas para o dia a dia de um profissional do setor financeiro, como estatística, informática e conhecimentos bancários.

Aqui no AlfaCon Concursos você consegue se preparar com a ajuda de um time de especialistas e cursos específicos para esse cargo.

💡📚 Compre nosso curso para o concurso Banco do Brasil e comece seus estudos: BB – Escriturário do Banco do Brasil

Conte com a gente!