CONCURSO EsPCEx 2020: confira a análise da Redação

1672

No último final de semana, foi realizada a primeira fase do concurso EsPCEx 2020. Ela foi divida em duas etapas, uma delas foi aplicada no dia 26 de setembro, e cobrou assuntos de Português, Física, Química e a famigerada Redação. No dia seguinte, 27, os participantes fizeram a avaliação com questões de Matemática, Geografia, História e Inglês.

A divulgação dos candidatos aprovados, segundo site oficial da Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx), deve ocorrer até 27 de novembro deste ano. E em 21 de janeiro de 2021, os aprovados devem se apresentar para a segunda fase do concurso.

E enquanto espera que tal ver a análise que o professor de Língua Portuguesa e Redação do AlfaCon, Volney Ribeiro, fez da prova discursiva?!

~ INSCREVA-SE NO CANAL DO ALFACON E TENHA ACESSO A CONTEUDOS EXCLUSIVOS! ~

Veja abaixo a análise da redação do concurso EsPCEx 2020:

A prova de redação da EsPCEx 2020 abordou o seguinte tema: “Apenas uma sociedade versada na ciência pode escolher o seu destino responsavelmente”. O segredo para uma boa redação nesse certame, inicialmente, era compreender o tema e sua relação com os quatro textos de apoio apresentados, todos relacionados à mesma ideia, convergindo para a confirmação daquilo que o tema postula.

A prova parece sugerir o roteiro de texto que sua redação deveria seguir, a partir da disposição dos textos motivadores, tendo como ponto de partida o primeiro texto motivador e como alvo a confirmação da frase-síntese desses textos, que é a temática, devidamente sinalizada na prova.

Na sua dissertação argumentativa, texto em prosa, com número de linhas entre 25 e 30 (nem menos nem mais), você poderia fazer sensíveis paráfrases dos textos motivadores. O que não se aceita é a cópia literal deles. No entanto, sabemos que a paráfrase pode ser perigosa, tendo em vista que muitos alunos têm bloqueio quando precisam pensar além do que os textos de apoio trazem de conteúdo.

Vale ressaltar, porém, que a leitura e a compreensão dos textos motivadores da prova eram condições necessárias para a exposição e a defesa do ponto de vista que sua redação deveria apresentar. Diante disso, quanto à essência dos textos motivadores, destacamos que:

      1. No texto 1, a ciência é apresentada como “coisa mais precisa”. Há o destaque de que ela desperta um sentimento sublime de admiração.
  • No texto 2, faz-se uma abordagem histórica do conhecimento científico, ressaltando-se que ele é uma conquista recente da humanidade e que a ciência produz o conhecimento a partir da razão.
  • No texto 3, são abordados os “benefícios dos investimentos em ciência”, com ênfase para a necessidade de investimento em pesquisas de todos os campos do conhecimento, inclusive em áreas que podem não despertar interesse da sociedade em um momento específico.
  1. No texto 4, estabelece-se a relação entre ciência e tecnologia, deixando claro que é preciso “mudar de rumo para não perder o futuro”.

Depois dessa abordagem que trazem os textos motivadores, em que há uma confluência de  ideias positivas em relação à ciência e ao conhecimento científico, esperava-se que os candidatos abordassem a temática: “Apenas uma sociedade versada na ciência pode escolher o seu destino responsavelmente”.

Sob o viés dos textos motivadores e da temática dada, sua redação deveria enfatizar:

  • a importância e a necessidade de uma sociedade versada em ciência;
  • o poder de escolha e de arbítrio responsável do próprio futuro como resultado do conhecimento científico.

Na introdução do seu texto, era preciso que você fizesse a apresentação e a contextualização do tema, com um posicionamento claro em relação ao tema (tese). No parágrafo introdutório, espera-se, sempre, que se apresente o roteiro de texto que o desenvolvimento deve seguir: isso pode ser a parte final da introdução.

No desenvolvimento, parágrafos 2 e 3 (ou 2, 3 e 4), a banca espera que os candidatos apresentem os melhores argumentos para fundamentação do ponto de vista, sendo
obviamente, favoráveis, e não contrários, àquilo que a temática declara.

Por fim, a conclusão podia ser uma síntese ou uma proposta de intervenção. Embora a proposta de intervenção esteja mais vinculada a temas sociais ou polêmicos, uma ou outra forma de concluir seria igualmente satisfatória.

A expectativa da banca elaboradora da proposta, sem dúvida, era a de que os alunos
demonstrassem fluidez no tema, facilidade de exposição de ideias e uma abordagem
interessante do assunto, considerando que todos os candidatos já nasceram em um mundo em que ciência e tecnologia são realidades comuns em seu cotidiano.

 

~ VEJA MAIS NOTÍCIAS AQUI! ~