Carreiras Militares : tudo o que você precisa saber

3395

Carreiras Militares e suas vantagens

Os militares são profissionais capacitados e autorizados a usar a força para uma boa manutenção da segurança e soberania do país. As Forças Armadas são instituições que agem em situações de guerra ou em missões especiais e estão presentes, tanto em grande escala quanto pequena. As Carreiras Militares são compostas por: Marinha, Exército e Aeronáutica

Porque estudar para a carreira militar?

A rotina de um profissional militar exige muito comprometimento e disciplina. Porém, existem diversos benefícios, a carreira é estável e de acordo com seu merecimento e tempo de serviço são feitas promoções e é possível crescer dentro da sua área.

Saiba todos os concursos para Militares

EXÉRCITO

Os profissionais do exército tem como objetivo principal defender a constituição e proteger a pátria. Para isso, eles precisam fortalecer a mente e o corpo. Os soldados, por exemplo, são essenciais nas missões que o Exército está envolvido,trazendo enormes responsabilidades e compromissos.

São oferecidas anualmente 910 vagas para homens e 100 vagas para mulheres de acordo com o exército

A prova teórica contém questões de matemática, português, história e geografia. A prova prática que seria o exame de aptidão física (EAF), exige que os candidatos atinjam determinados índices mínimos para a aprovação, que seria:

Fonte:https://g1.globo.com/educacao/guia-de-carreiras/noticia/2019/02/01/carreira-militar-saiba-como-entrar-nas-forcas-armadas-depois-de-concluir-o-ensino-medio.ghtml

Qual a formação necessária para ser do exército?

Não existe uma obrigatoriedade em ter nível superior para prestar concurso público nessa carreira. Dependendo da função é apenas necessário o ensino médio completo, porém, existem outras funções que exigem ensino superior.

ESA- Dicas de Inglês

MARINHA

A escola Naval é a instituição que forma profissionais para o corpo da armada (que opera navios), para a intendência (que cuida das questões financeiras e do abastecimento) e para a fuzilaria naval (para atuar em combates em terra, a partir do mar). Os oficiais podem tornar-se também aviadores navais e, assim, pilotar aviões e helicópteros pertencentes à Marinha.

Voltada para homens e mulheres, a instituição forma oficiais para atuar a bordo de navios do Corpo da Armada, Corpo de Fuzileiros Navais, que fazem as operações militares e a segurança das instalações de terra da Marinha, e do Corpo de Intendentes, que atua na área administrativa.

Depois de formado, o aspirante é declarado guarda-marinha e pode passar por cursos complementares.

Formação necessária

Para prestar concurso público em carreiras marinhas é necessário ter o ensino médio completo. Para determinadas profissões é obrigatório ter o nível superior.

AERONÁUTICA

Dentro dessa área existem três grupos: aviação, intendência (apoio logístico) e infantaria (combate direto) . A infantaria aceita apenas homens mas os outros dois grupos aceitam ambos os sexos.

Dentro do força aérea existem alguns cursos que é possível concorrer:

  • Curso de Formação de Oficiais Aviadores da Aeronáutica (CFOAV)
  • Curso de Formação de Oficiais de Infantaria da Aeronáutica (CFOINF)
  • Curso de Formação de Oficiais Intendentes da Aeronáutica (CFOINT)
  • Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica (CFS)
  • Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA)

Esses cursos duram 5 anos e para entrar é preciso passar nas matérias de português, matemática, física, química e inglês.

Conheça nosso preparatório grátis para a EPCAR

Formação necessária

Assim como nas outras carreiras, tudo depende da área escolhida. É possível prestar concurso com o nível médio porém, existem alguns cargos que exigem ensino superior.

Média salarial:

A média salarial se refere no geral das carreiras militares. Existem muitas áreas dentro dessa carreira e dependendo do nível de escolaridade e da função será um determinado valor. Na classe de Oficiais Subalternos, os Segundo-Tenentes possuem salário de R$ 7.490,00 e o Primeiro-Tenente de R$ 8.245,00 agora em janeiro de 2019. Quanto aos Oficiais Intermediários, os salários são de R$ 9.135,00 para Capitão-Tenente e Capitão

Comentários

comentarios