Concurso PM SP 2019: 2.700 vagas para soldado!

185097

Concurso PM SP: carreira de soldado

Este é o segundo edital da PM-SP que oferece 2.700 vagas para a carreira de soldado, proporcionando R$ 3,1 mil de remuneração! A prova será aplicada no dia 24 de novembro e será composta por 60 questões de múltipla escolha, além de uma prova discursiva.

Requisitos

Para o candidato, será necessário escolaridade de nível médio, ter idade entre 17 e 30 anos e carteira nacional de habilitação (CNH) entre as categorias “A” e “B”. Além disso, exige altura mínima de 1m55 para mulheres e 1m60 para homens.

De acordo com a autorização do governado João Doria em novembro, a previsão da PM-SP é chamar os aprovados de novembro 2020 para o curso de formação.

Disciplinas:
  • Língua Portuguesa e Interpretação de Texto – 20 questões.
  • Matemática – 15 questões
  • Conhecimentos Gerais – 15 questões
  • Noções Básicas de Informática – 5 questões
  • Noções de Administração Pública – 5 questões.

Inscrições:

Os candidatos interessados devem se inscrever a partir das 10 horas do dia 15 de agosto até as 23h59 do dia 25 de setembro. O valor da inscrição é de R$50 reais.

Dica:

Segundo o Professor Daniel Lustosa, duas matérias precisam um pouco mais de atenção para quem sonha entrar na PM-SP: Língua Portuguesa e Matemática.  Por isso, estude essas matérias com muita dedicação, mas não esqueça das outras!

Confira as principais informações:

1. Órgão: Polícia Militar
2. Estado: São Paulo
3. Cargo: Soldado
4. Status: ABERTO
5. Vagas: 2.700
6. Nível: Médio
7. Remuneração: R$ 3.164,58
8. Banca: VUNESP
9. Data de inscrição: no período das 10h de 15 de agosto de 2019 às 23h59 de 25 de setembro de 2019
10. Valor de inscrição: R$ 50
11. Data da prova: 24 de novembro de 2019
12. Número de questões: 60
13. Formato: Múltipla Escolha
14. Redação: Sim – texto dissertativo

>> Confira o edital aqui.

Requisitos para o cargo:
São requisitos para a inscrição no concurso público:

  • Ser brasileiro;
  • Ter idade mínima de 17 anos;
  • Ter idade máxima de 30 anos;
  • Ter estatura mínima, descalço e descoberto, de:
  • 1,55 cm se mulher;
  • 1,60 cm se homem;

Etapas concurso PM-SP:

  • Prova objetiva
  • Prova dissertativa
  • Exame de aptidão física
  • Exame de saúde
  • Exame psicológico
  • Avaliação de conduta social
  • Análise de documentos

⇒ Estude gratuitamente para a PM SP – Clique AQUI

Último Concurso:

PM-SP: prova do último concurso aconteceu em julho de 2019

A Polícia Militar de São Paulo está com outro edital em andamento. A seleção também oferece 2.700 vagas para o cargo de Soldado (nível médio), com remuneração inicial de R$3.164,58. A prova dessa seleção aconteceu no dia 27 de julho e a banca responsável também é a VUNESP.

Confira, logo abaixo, as principais informações sobre o novo concurso PM SP Soldado:

  1.  Órgão: Polícia Militar do Estado de São Paulo
  2.  Estados: São Paulo
  3.  Cargo: Soldado PM 2º Classe
  4.  Status: Aberto
  5.  Vagas: 2.700
  6.  Nível: Médio Completo
  7.  Remuneração: R$ 3.164,58
  8.  Banca: Fundação Vunesp
  9.  Data de inscrição:03/05/2019 A 13/06/2019
  10. Valor:R$ 50,00
  11. Data da prova: 28/07/2019
  12. Número de questões: 60
  13. Formato: Múltipla Escolha
  14.  Redação: Sim (Texto Dissertativo)
  15. Validade do concurso: 2 anos

Matérias e Quantidade de Questões

PROVA/TIPO ÁREA DE CONHECIMENTO NÚMERO DE ITENS
Objetiva Língua Portuguesa 20
Objetiva Matemática 14
Objetiva Conhecimentos Gerais 14
Objetiva Noções Básicas de Informática 6
Objetiva Noções de Administração Pública 6
TOTAL   60

 

⇒ Estude gratuitamente para a PM SP – Clique AQUI.

Prova Objetiva:

  • A Prova Objetiva (Parte I) será avaliada na escala de 0 a 60  pontos.
  • Cada questão terá valor de 1 ponto, sendo considerado habilitado o candidato que obtiver, no mínimo, 30 pontos e somente serão corrigidas as Provas Dissertativas (Parte II) dos candidatos que obtiverem, no mínimo, 30 pontos na Prova Objetiva (Parte I), já considerada a pontuação diferenciada para pretos, pardos e indígenas.

Da prova dissertativa:

A Prova Dissertativa (Parte II) será avaliada na escala de 0  a 40  pontos. Será considerado habilitado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 20 pontos.

Será atribuída nota zero à redação que:

  • fugir ao tema e/ou gênero propostos;
  • apresentar nome, rubrica, assinatura, sinal, iniciais ou marcas que permitam a identificação do candidato;
  • estiver em branco;
  • apresentar textos sob forma não articulada verbalmente (apenas com desenhos, números e/ou palavras soltas);
  • for escrita em outra língua que não a portuguesa;
  • apresentar letra ilegível e/ou incompreensível;
  • apresentar o texto definitivo fora do espaço reservado para tal;
  • apresentar 7 linhas ou menos (sem contar o título);
  • for composta integralmente por cópia de trechos da coletânea ou de quaisquer outras partes da prova;
  • apresentar formas propositais de anulação como impropérios, trechos jocosos ou a recusa explícita em cumprir o tema proposto.

Confira o edital completo publicado no Diário Oficial clicando aqui!

 

Concurso PM-SP 2018:

Sobre o último concurso PM SP Soldado 2018

O último concurso para a Polícia Militar de São Paulo visou o  preenchimento de  2.700 vagas para o cargo de soldado de nível médio. A banca organizadora responsável foi a Fundação VUNESP. 

Principais informações sobre o último certame:

  • Vagas: 2.700
  • Nível: Médio
  • Remuneração: Inicial de R$ 3.049,41
  • Banca: Vunesp
  • Data da inscrição: 22/03 até 19/04/2018
  • Valor: R$ 50,00
  • Prova: 03/06/2018 – Tarde
  • Questões: 60
  • Formato: Múltipla Escolha
  • Discursiva: Sim, redação – dissertação

Exames de Conhecimentos (Partes I e II) será aplicado em um dos seguintes Municípios:

  • Araçatuba;
  • Bauru;
  • Campinas;
  • Piracicaba;
  • Presidente Prudente;
  • Ribeirão Preto;
  • Santos;
  • São José do Rio Preto;
  • São José dos Campos;
  • São Paulo;
  • Sorocaba.

A Prova Objetiva (Parte I) será avaliada na escala de 0 a 60 pontos. Cada questão terá valor de 1 ponto, sendo considerado habilitado o candidato que obtiver, no mínimo, 30 pontos de acordo com o conteúdo programático.

A Prova Dissertativa (Parte II) será avaliada na escala de 0  a 40 pontos, sendo considerado aprovado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 20 pontos.

Atribuições do cargo concurso Polícia Militar de São Paulo

  • O policiamento ostensivo e a preservação da ordem pública.
  • Repressão imediata às infrações penais e administrativas e a aplicação da lei, nas diversas modalidades de policiamento.
  • Primando pela defesa da vida, da integridade física e da dignidade da pessoa humana, em conformidade com os princípios doutrinários de polícia comunitária, de direitos humanos e de gestão pela qualidade, por intermédio da conclusão com aproveitamento do Curso Superior de Técnico de Polícia Ostensiva e Preservação da Ordem Pública, destinado a formar, com solidez teórica e prática, o profissional ocupante do cargo inicial do Quadro de Praças da Polícia Militar.
    Veja o edital de 2018.

Oficial PM-SP: último concurso

Concurso para Oficial da PMSP:

Saiu o concurso PM SP para o cargo de oficial. O edital foi publicado no dia 13 de abril, no diário oficial de SP. São 190 vagas totais para ingresso no CFO (Curso de Formação de Oficiais) em 2020.

Inscrições e banca organizadora:

As inscrições do concurso para Oficial da PM SP, foram realizadas no dia 22 de abril até o dia 6 de junho. As inscrições foram feitas pelo site da VUNESP, banca organizadora do certame, e custou R$ 130. Já a prova foi aplicada no dia 30 de junho.

Requisitos e remuneração

A remuneração inicial para o cargo é de R$ 3.095,88. Já os requisitos para ingressar na carreira de Oficial da PMSP são:

  1. nível médio;
  2. ter idade mínima de 17 anos e máxima de 30;
  3. altura mínima de 1,55m para mulheres e 1,60m se homem.

Fases e provas do concurso PM SP

O concurso será composto de 6 etapas, distribuídas da seguinte forma:

  1. Provas objetiva e discursiva;
  2. Teste de Aptidão Física (TAF);
  3. Exames de Saúde;
  4. Avaliação psicológica;
  5. Avaliação da Conduta Social;
  6. Análise de Documentos.

A prova objetiva (1ª parte) que foi aplicada dia 30 de junho, composta por 80 questões e teve duração de 4 horas, distribuídas da seguinte forma:

Ciências Humanas e suas Tecnologias – 24 questões, sendo:

  • História: 8 (oito) questões;
  • Filosofia: 4 (quatro) questões;
  • Sociologia: 4 (quatro) questões;
  • Geografia: 8 (oito) questões;

Linguagens e Códigos – 30 (trinta) questões, sendo:

  • Língua Portuguesa e interpretação de texto: 24 questões;
  • Língua Inglesa ou Espanhola: 6 (seis) questões;

Matemática e Ciências da Natureza – 22 questões, sendo:

  • Matemática: 10 questões;
  • Física: 4  questões;
  • Química: 4 questões;
  • Biologia: 4 questões;

Conhecimentos Específicos – 4 questões, sendo:

  • Noções de Administração Pública: 2 (duas) questões;
  • Noções Básicas de Informática: 2 (duas) questões

O candidato também terá prova dissertativa no valor de 2 horas, que será composta de redação.

Veja o edital aqui!

Autorizado novo concurso PM SP para oficiais e Vunesp será a banca

A Polícia Militar de São Paulo irá realizar um novo concurso PM SP para oficiais para provimento em 2020. A remuneração inicial gira em torno de R$ 3.095,84. O novo certame ofertará 190 vagas. O despacho com a autorização foi publicado nesta sexta-feira, dia 28/09, no Diário Oficial de SP. Confira:

Autorização PM SP
Autorização PM SP

A banca organizadora também foi definida e a responsável pela organização do certame será a Vunesp. Confira o extrato publicado no Diário Oficial:

Vunesp PM SP
Vunesp PM SP

Este é o segundo concurso autorizado em 2018 para oficiais, sendo que já tem um com edital aberto, com provas em novembro, para provimento em 2019. Para participar, o candidato deverá ter os principais requisitos abaixo:

  • Ter idade mínima de 17 anos e máxima de 30;
  • Ter estatura mínima, descalço e descoberto, de: 1.55 cm, se mulher e 1.60 cm, se homem
  • Ter concluído o ensino médio ou equivalente;
  • É permitido o uso de tatuagem, desde que sua simbologia não seja conflitante com os valores policiais-militares e não faça alusão a condutas ilícitas;
  • A tatuagem não pode estar visível na hipótese de uso de uniforme operacional “de verão”, composto por camisa de manga curta e bermuda.

Sem título
Sem título
Sem título
Sem títuloSem título
Sem título
Sem título
Sem título
Sem título
Sem título
Sem título
Sem título
Sem título
Sem título
Sem título
Sem título
Sem título

 
 

Comentários

comentarios