Concurso TJ PI: novo presidente do órgão quer realizar concurso

100

Novo presidente do Tribunal de Justiça do Piauí diz que pretende realizar mais concursos no órgão durante sua gestão

Boas notícias para quem espera pelo concurso TJ PI! É que o novo presidente empossado, José Ribamar Oliveira, e seu vice, o desembargador Raimundo Eufrásio, já assumiram a gestão revelando o desejo de realizar uma seleção para o preenchimento de vagas no Tribunal de Justiça do Estado do Piauí.

Em seu discurso, o presidente empossado falou sobre a contratação de novos servidores e sua intenção em reduzir a cultura de contratação de terceirizados para servidores efetivos.

Quer estudar para o concurso TJ PI? Clique aqui e conheça nosso curso GRATUITO para o cargo de Técnico Judiciário – Área Administrativa do Tribunal de Justiça do Piauí 
“Estamos nos utilizando de terceirizados com mão de obra competente, mas o certo é que façamos concurso para que a pessoa venha prestar um serviço de qualidade. O terceirizado é uma mão de obra que aos poucos vamos deixando de lado para implementar a realização de concursos”, pontuou o novo presidente.

 

Na ocasião da posse, esteve presente o governador do Estado do Piauí, Wellington Dias, e Dr. Pessoa, prefeito da capital Teresina. Além deles, estiveram presentes o presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, deputado Themístocles Filho, e do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Nunes Marques.

De acordo com José Ribamar Oliveira, o objetivo é chegar no posto com a missão de dar continuidade a uma gestão que, segundo ele, foi muito bem avaliada.

“Caminhamos para a implementação do juízo completamente digital, pois os avanços nessa área possibilitará um judiciário mais célere e mais próximo dos anseios sociais, uma meta ousada, mas que queremos colocar em prática à frente do judiciário piauiense”, pontou o novo presidente do TJ-PI.
Leia mais: Carreira Tribunal: 10 concursos previstos para 2021

Último concurso TJ PI

O último concurso TJ PI, realizado em 2015, ofertou 180 vagas para nível superior. Por isso, há expectativas de que o novo concurso contemple vagas para nível médio, no cargo de técnico judiciário.

O vencimento básico para o posto analista judiciário do TJ/PI era de R$ 5.218,71. O valor ainda conta com auxílio alimentação (R$ 1.000) e auxílio saúde (R$ 300), totalizando um rendimento mensal de R$ 6.518,71.

No último concurso as oportunidades foram distribuídas pelas seguintes áreas/cargos:

  • Judiciária (escrivão judicial e oficial de justiça e avaliador);
  • Apoio Especializado (análise de sistemas/banco de dados, análise de sistemas/desenvolvimento, análise de sistemas/telecomunicações, auditor, contador, enfermeiro, engenheiro eletricista, médico, nutricionista, odontólogo, psicólogo e psiquiatra);
  • Administrativa (analista administrativo e analista judicial)

A banca responsável pela organização do concurso TJ PI foi a Fundação Getúlio Vargas (FGV) e chegou a ser suspenso por suspeita de fraude. A prova objetiva foi composta por 100 questões: 30 de Língua Portuguesa e 70 de Conhecimentos Específicos. reuniram 100 questões, sendo 30 serão de Língua Portuguesa e 70 de Conhecimentos Específicos, nestes foram inclusas as disciplinas de Raciocínio Lógico e Legislação Específica.

Leia mais: FGV: conheça as principais características da banca

| Veja mais notícias aqui! |

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here