Como se preparar para concursos na área da saúde

44

Estudantes e recém-formados em Enfermagem sentem dificuldade em se preparar para os concursos públicos na área da Saúde. Entenda os motivos e saiba como estudar corretamente.

Quando você entra em uma faculdade ou um curso técnico relacionado à área da Enfermagem, espera-se que ao final da formação você saiba de tudo aquilo que é necessário sobre a profissão, com os conhecimentos mais atuais e modernos possíveis para atuar em qualquer setor, incluindo o serviço público. Infelizmente, no caso dos concursos na área da saúde, essa lógica não tem sido verdadeira.

Os editais costumam avaliar dos candidatos conhecimentos diferentes daqueles que são ensinados nas graduações. Mesmo assim, não é preciso desistir da sua faculdade, muito menos ficar com raiva por ter ‘perdido’ alguns anos de formação.

Neste texto vamos entender os motivos pelos quais os conteúdos relacionados à Enfermagem para concursos públicos são diferentes dos assuntos aprendidos nas universidades. Além disso, você também vai aprender a iniciar sua preparação para esses exames.

Por que minha formação em Enfermagem não é o suficiente para passar nos concursos na área de saúde?

A professora Janaína Bezerra explica que boa parte das faculdades e dos cursos técnicos estão preocupados em formar o profissional para atuar na atenção básica, na assistência e  no atendimento hospitalar. Ou seja, a formação do indivíduo é toda pensada para a prática da profissão.

Ele será preparado para atuar em diferentes setores da Saúde, como o hospitalar, por exemplo, podendo ser responsável pelo cuidado de pacientes internados e de uma rotina administrativa de um hospital. Laboratórios, consultórios, centros de internação, ambulatórios, eventos e, inclusive, o serviço público também são áreas de atuação possíveis.

Então por que o que aprendi não serve? A primeira contradição nesse percurso é o fato de que para passar em um concurso público, toda essa quantidade de habilidades e competências adquiridas durante sua formação não servem para as provas. E esse é o maior motivo de frustração de muitos concurseiros.

💡📚 Conheça nosso curso online e GRATUITO para áreas da saúde: Básico para Todas as Áreas da Saúde

“Eu também passei por essa experiência quando fui concurseira e, atualmente, como professora, percebo que o problema continua”, conta Janaína. A professora passou a entender que os livros que lia para a faculdade não eram sobre os assuntos que caíam nos certames. “Isso me gerou muita ansiedade e angustia sobre a minha preparação”.

Foi passando por frequentes reprovações que ela se deu conta de que seus estudos tinham algum problema. Começou a comparar os editais com suas apostilas da faculdade e percebeu que estava aprendendo assuntos desconexos com a própria prova. Sua rotina de de preparação recomeçou por completo.

Comecei comprando livros de questões de concursos para enfermagem. E ai minha ficha caiu sobre o que de fato eram os conteúdos que eu precisava estudar.

Quais assuntos são cobrados nos concursos na área da Saúde?

Por mais que os concursos públicos da Saúde avaliem conhecimentos básicos muito parecidos, como Língua Portuguesa, Matemática, Legislação do SUS e Informática – o que pode parecer simples em um primeiro momento -, os estudantes precisam saber que protocolos e portarias do Ministério da Saúde são os grandes temas a serem estudados.

Isso porque as provas estão dando maior importância a esses assuntos. Diretrizes sobre como seria atuar em determinadas situações e circunstâncias no dia a dia da profissão são as questões mais frequentes nos concursos. Como o Ministério da Saúde atualiza suas diretrizes constantemente, muito do que os próprios estudantes podem aprender na faculdade já estão defasados em relação à realidade brasileira.

“A literatura que temos acesso na faculdade muitas vezes já não reflete o que acontece no dia a dia da Saúde. Além disso, a área Médica tem passado por mudanças cada vez mais rápidas por conta da tecnologia, outro fator que dificulta a capacidade das universidades de acompanharem as novidades”, diz Janaína.

Como iniciar a preparação para concursos da Enfermagem?

O primeiro passo para começar sua preparação é planejar o cargo para o qual você pretende concorrer. Isso porque é comum os concurseiros estudarem a partir de um edital que não corresponde ao cargo. Normalmente, concursos para a área da Saúde apresentam vagas para áreas parecidas, como Enfermeiro e Técnico de Enfermagem, por exemplo.

No entanto, as disciplinas que estão no edital e a quantidade de questões das provas são diferentes. Sendo assim, identifique qual vaga você pretende conquistar, e estude de acordo com o edital referente a ela.

👉 Leia mais: Quais são as matérias básicas para Concursos na área da Saúde?

Outro item de destaque é a capacidade de atualização do estudante. Como mencionamos antes, as bancas organizadoras estão cada vez mais conteudistas, isto é, com questões que pedem maiores detalhes sobre portarias e legislações do Ministério da Saúde.

Por isso, a necessidade de acompanhar as novidades sobre a instituição é essencial na preparação. A dica é sempre procurar acessar os sites do Ministério da Saúde e das instituições subordinadas a ele para ficar sempre atento a possíveis mudanças.

Além disso, exercitar os assuntos, resolvendo questões e simulados ajudam a memorizar o conteúdo estudado e conhecer o estilo de questões que a banca costuma fazer.

DICA: Comece por identificar como e quais assuntos as bancas perguntam nas provas. Observar as diferenças de assuntos que as diferentes bancas cobram nos exames é uma boa maneira de saber qual disciplina você deve começar a estudar.

Gostou? Conta pra gente! Deixe seu comentário!

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here