AOCP e Instituto AOCP são bancas diferentes. Conheça as características!

386

As questões dessas duas bancas, em geral, não são “de grande complexidade”, mas as notas de corte são altas. Entenda o perfil de cada uma para não ser surpreendido em concursos

A AOCP e o Instituto AOCP são bancas diferentes. Você sabia disso? Embora a AOCP faça parte do Instituto AOCP e as duas sejam parceiras, essas bancas atendem concursos públicos diferentes, explica Alvaro Junior, professor de Direito Constitucional e Pessoa com Deficiência do AlfaCon

Segundo Alvaro, o Instituto AOCP, apesar de ser pouco conhecido entre os candidatos, é uma banca que já organizou grandes concursos, como o da Polícia Civil do Espírito Santo, Polícia Militar de Santa Catarina e Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Atualmente, é o escolhido para o certame da Polícia Civil do Pará. 

A AOCP, por sua vez, atua há mais de uma década e é mais voltada para concursos estaduais e municipais. Entre eles, estão os de prefeituras, câmaras municipais e secretarias municipais e estaduais. Essa organizadora também já esteve à frente do concurso da Polícia Militar do Tocantins, Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro e para algumas carreiras do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística)

Se uma delas for a escolhida para o certame que você vai prestar, é essencial entender o perfil dela antes para não ser pego de surpresa nas questões. Confira abaixo detalhes sobre as características das bancas AOCP e Instituto AOCP, provas, temas mais cobrados e muito mais.    

Principais características das bancas

As provas objetivas das bancas AOCP e Instituto AOCP, em geral, são focadas na área de atuação do cargo em disputa e não são consideradas de “grande complexidade”.

“São questões com enunciados e textos mais simples, sem as famosas pegadinhas”, diz o professor.

Por outro lado, as notas de corte são muito altas. “Portanto, é necessária muita atenção ao fazer as provas, porque apenas um ponto pode deixar o candidato sem a vaga desejada.”  

Outra característica importante dessas duas bancas é que elas têm um padrão mediano de exigência para todas as disciplinas. Por isso, a orientação de Alvaro é sempre estar bem preparado e estudar o conteúdo programático cobrado no edital do certame.

Temas mais cobrados nas bancas

As questões das bancas AOCP e Instituto AOCP normalmente são no formato múltipla escolha, com cinco alternativas (A, B, C, D e E).

Na disciplina de Direito, uma característica muito importante é a cobrança da literalidade da legislação, ou seja, a Lei Seca nas questões. “Desta forma, não há muito destaque para jurisprudência e doutrina. Os assuntos mais cobrados nas provas de Direito Administrativo, por exemplo, são Licitações e Agentes Públicos, enquanto em Direito Constitucional são Direitos e Garantias Fundamentais e Organização dos Poderes”, explica.

Já em Língua Portuguesa, os temas que mais caem estão relacionados a conhecimentos linguísticos e interpretação de texto. “Gramática, tipologia, morfologia e sintaxe são alguns pontos”, diz Alvaro. 

Para o professor, a parte de Informática é a mais simples nas provas dessas organizadoras de certames. “Pedem só conhecimentos básicos sobre o funcionamento dos sistemas operacionais Linux e Windows e ferramentas do Pacote Office.” 

Em alguns concursos dessas bancas há ainda a elaboração de textos. No caso da AOCP, quando cobra redação, é uma dissertação argumentativa ou questão discursiva sobre assuntos específicos do edital. 

Outras dicas para enfrentar as provas da AOCP e do Instituto AOCP

  • Conheça totalmente o edital do concurso que você vai fazer;
  • Comece os seus estudos o quanto antes;
  • Resolva muitas questões de provas anteriores da banca;
  • Tenha atenção máxima na hora de resolver as questões;
  • Confie na sua preparação e no conhecimento adquirido.

Bons estudos e boa sorte! Conte com a equipe de professores do AlfaCon.

Além disso, conheça também o perfil de outras bancas:

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here