Concurso TJ RJ: Cebraspe é definida como banca examinadora

1653

O concurso do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, com 100 vagas na área de apoio, definiu que a banca que organizará o concurso será a Cebraspe.

A previsão, conforme prometido pelo presidente do TJ RJ, Desembargador Claudio de Mello Tavares, o edital será divulgado ainda no mês de janeiro. As provas acontecerão até junho

O Concurso do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro está em fase de elaboração do projeto do edital

O próximo passo, depois da formação de comissão do Concurso do TJ RJ, o próximo passo é a elaboração do termo de referência da seleção. O documento que antecipará o edital, será a divulgação da escolha da banca organizadora. A expectativa é que a finalização desse processo seja no fim do mês para que a definição da banca tenha início na sequência.

Outro ponto que também precisa ser acertado é o quantitativo exato de vagas.

O Presidente do TJ RJ, Claudio de Mello Tavares, disse em agosto que seria um total de 100 vagas para técnico e analista judiciário. Porém, a distribuição das vagas para cada carreira ainda está em definição.

Remuneração pode chegar a 9,9 mil reais

Para o cargo de Técnico será exigido nível médio completo de escolaridade. O cargo conta com a remuneração de R$ 5.556,06

Já para o cargo de Analista Judiciário, é necessário possuir o nível superior em Administração, Direito, Contabilidade ou Economia.

Nas demais funções, pede-se graduação na respectiva área de interesse. A remuneração para níveis superior são de R$ 8.059,89 – exceto na área de Execuções de Mandado, cujo valor inicial passa para R$ 9.972,05

Instituída comissão

O novo concurso do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro já formou as novas comissões organizadoras do novo concurso para técnicos e analistas judiciários. De acordo com a publicação ao Diário Oficial da Justiça Eletrônico, os integrantes foram nomeados pelo Presidente do órgão, desembargador Claudio de Mello Tavares.

Ao todo, foram designadas três comissões, sendo uma para técnico judiciário. As outras são para analistas com e sem especialidades. Em todos os casos, os grupos são compostos pelos mesmos membros.

Presidente do TJ RJ confirma edital com 100 vagas!

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro TJ RJ confirmou que o novo certame ofertará 100 vagas imediatas e formação de cadastro reserva para cargos de Técnico e Analista Judiciário.

De acordo com Presidente do Tribunal Claudio de Mello Tavares, o novo certame será publicado no máximo até janeiro. “O edital deverá ser publicado em dezembro ou, no máximo, em janeiro. O concurso [as provas] será realizado no primeiro semestre de 2020”, afirmou Tavares.

Cargos para o TJ RJ

Concurso TJ RJ

  • Concurso:  Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (Concurso TJ RJ)
  • Banca organizadora: a definir
  • Cargos: Técnico e Analista Judiciário
  • Escolaridade: níveis médio e superior
  • Número de vagas: 100 (previstas)
  • Remuneração: Inicial de até R$ 10 mil
  • Situação: ANUNCIADO!

Presidente do TJ RJ prevê 50 vagas para juiz!

O presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, desembargador Claudio de Mello Tavares, revelou uma previsão de sair edital no próximo mês (setembro) e uma quantidade de 50 vagas para juízes substitutos!

Porém, o desembargador não declaro uma data específica. O cronograma será definido pela banca examinadora junto com a Fundação Vunesp, anunciada como organizadora da seleção para magistratura.

” Vou dar o andamento o mais rápido possível”, garantiu Tavares

O presidente do tribunal, identificou que os preparativos para juiz deram início na gestão anterior com a formação da banca examinadora. Tavares, afirmou que dará continuidade com esse processo.

Requisitos

O candidato para juiz deve ter bacharelado em Direito, por no mínimo 3 anos. O interessado também deve ter idade até 65 anos na data de inscrição e 3 anos de atividade jurídica. A remuneração foi reajustada para R$ 30.404,42

Concurso TJ RJ: etapas

1º etapa: Prova objetiva seletiva, de caráter eliminatório e classificatório;

2º etapa: Prova discursiva e prática, de caráter eliminatório e classificatório;

3º etapa: Sindicância da vida pregressa e investigação social, exame de sanidade física e mental e exame psicotécnico, de caráter eliminatório;

4º etapa: Prova oral, de caráter eliminatório e classificatório;

5º etapa: Avaliação de títulos, de caráter classificatório.